Riccardi Andrea: na web

Riccardi Andrea: em redes sociais

Riccardi Andrea: revista de imprensa

change language
você está em: home - news newsletterlink

Support the Community

  
13 Novembro 2014

Na República Checa e na Eslováquia, Sant'Egidio recorda os pobres mortos pela dureza da vida na rua

Em Praga, Brno e Bratislava, tantos nomes e tantas luzes para testemunhar a tragédia da pobreza e a esperança de uma amizade que não quer esquecer ninguém

 
versão para impressão

Por ocasião da Festa de Todos os Santos, as Comunidades de Sant'Egidio, na República Checa e na Eslováquia celebraram a memória de todos aqueles que morreram na estrada e aos quais a Comunidade permaneceu próxima nestes anos.

Em Praga, celebrou-se a Liturgia Eucarística, presidida pelo cardeal Dominik Duka, Arcebispo da cidade. Durante a celebração foram lembrados todos os nomes daqueles que tinham morrido, a partir do da Vera, amiga idosa, que morreu pobre e abandonada no lixo. Muitas luzes iluminavam o amor e a bondade do Senhor, que nos ensinou a abraçar tantos com essa memória.

Na liturgia participaram, assim como muitos amigos de rua, muitos religiosos e operadores sociais da cidade.

Em Brno houve uma oração, seguida por uma marcha com velas, para lembrar Pavel, um jovem espancado até a morte no ano passado, enquanto ele estava a dormir na rua. Hoje, o lugar onde Pavel foi morto, uma placa doada à cidade pela Comunidade de Sant'Egidio de Brno recorda morte dele.

Mesmo em Bratislava, Eslováquia, celebrou-se uma liturgia presidida pelo bispo auxiliar da cidade, Mons. Jozef Hal'ko, que lembrou que a solidariedade é o único meio eficaz para nunca mais deixar morrer as pessoas na rua.