Riccardi Andrea: na web

Riccardi Andrea: em redes sociais

Riccardi Andrea: revista de imprensa

change language
você está em: home - news newsletterlink

Support the Community

  
4 Setembro 2015 | TIRANA, ALBÂNIA

Sant'Egidio: da Itália para a Albânia, o "desembarque ao contrário," de quem foi migrantes vence muros e medos #peaceispossible

Ex-refugiados e migrantes que atravessam o mar na direção oposta à migração de 20 anos atrás, para dizer que a integração é uma realidade.

 
versão para impressão

Partirão esta noite de navio de Bari para Durres e a partir de domingo participarão do encontro internacional de Tirana "A paz é sempre possível" (6-8 de Setembro)
 
ROMA - Ontem, no início dos anos noventa, alguns deles chegaram à Itália com barcos de borracha e navios, fugindo amedontrados. Imagens que lembram as deste dias. Hoje, os mesmos, decidiram fazer a viagem em sentido inverso. Da Itália para a Albânia, para dizer a todos,  de um e do outro lado do mar, de não ter medo. Porque a integração é possível. Como já aconteceu com eles no nosso País. Mas também para explicar que para tentar de mandar parar o atual grande êxodo de migrantes, a única maneira é construir urgentemente a paz onde há conflitos, não fechar os olhos perante os países que sofrem, ajudá-los a crescer.

É o "desembarque ao contrário ": um grande grupo de imigrantes e ex-refugiados, agora "novos europeus", bem integrados na Itália, partirá esta noite de Bari de navio em direcção a Durres, para, em seguida, chegar a Tirana, onde no domingo abrir-se-á o encontro internacional "A paz é sempre possível", promovido pela Comunidade de Sant'Egidio. A eles juntar-se-ão no mesmo navio, jovens italianos de diferentes cidades, para realizar juntos uma travessia contra a corrente sob o lema do diálogo e da convivência.

"Queremos chegar a Albânia - explica Dawood - para enviar uma mensagem forte a partir daquele país que viveu uma emigração em massa no passado, mas que agora é um modelo de coexistência; nós sabemos que não se pode parar o êxodo atual do Sul o mundo se nada se faz para impedir os conflitos em curso. As religiões podem fazer muito pela paz. Juntar-nos-emos a elas, em Tirana, para dizer à Europa e ao mundo que não devemos ter medo. É necessário conhecer-se, encontrar-se, trabalhar: os muros são o passado, a integração é o futuro "

O encontro é às 19h30 no porto de Bari para partir com o navio "Claudia Prima". Amanhã de manhã o "desembarque ao contrário" em Durres,  a seguir a Tirana até 8 de Setembro para participar do encontro internacional "A paz é sempre possível", onde os "novos europeus" juntar-se-ão a milhares de adultos e "Jovens pela Paz ", de todo o continente.


 LEIA TAMBÉM
• NOTÍCIA
22 Fevereiro 2017

A nossa resposta comum às migrações é em quatro verbos: acolher, proteger, promover e integrar.

IT | DE | FR | PT
17 Dezembro 2016

Dia Mundial dos Migrantes: Europa e comunidade internacional impotentes e culpados perante refugiados e guerras

IT | DE | FR | PT
todas as notícias
• IMPRIMIR
20 Maio 2017
Avvenire

Marcia pro migranti. A Milano in centomila per abbattere i muri e costruire ponti

18 Maio 2017
Avvenire

"I corridoi umanitari? Sono alternativi agli sbarchi"

18 Maio 2017
Famiglia Cristiana

La sfida dei migranti per i leader del mondo

22 Abril 2017
Famiglia Cristiana

«Se accogliessimo due migranti per comune in Italia ci sarebbe posto per tutti»

8 Março 2017
Vatican Insider

Andrea Riccardi: “I corridoi umanitari e i muri che condannano all’infecondità”

8 Março 2017
La Repubblica - Ed. Roma

Roma, Lidia e Pauline, storie di donne e di battaglie

todos os press releases
• EVENTOS
8 Fevereiro 2017 | ROMA, ITÁLIA

Una storia di successo: presentazione del progetto di inclusione lavorativa de ''Il Paese della Sera''

14 Dezembro 2016 | GENOA, ITÁLIA

Volevo un posto dove ci fosse la pace - I rifugiati si raccontano

Todas as reuniões de oração pela paz
• PENA DE MORTE NO
7 Outubro 2015
UNITED STATES

The World Coalition Against the Death Penalty - XIII world day against the death penalty

5 Outubro 2015
EFE

Fallece un preso japonés tras pasar 43 años en el corredor de la muerte

24 Setembro 2015

Pope Francis calls on Congress to end the death penalty. "Every life is sacred", he said

12 Março 2015
Associated Press

Death penalty: a look at how some US states handle execution drug shortage

12 Março 2015
AFP

Arabie: trois hommes dont un Saoudien exécutés pour trafic de drogue

9 Março 2015
Reuters

Australia to restate opposition to death penalty as executions loom in Indonesia

9 Março 2015
AFP

Le Pakistan repousse de facto l'exécution du meurtrier d'un critique de la loi sur le blasphème

9 Março 2015
AFP

Peine de mort en Indonésie: la justice va étudier un appel des deux trafiquants australiens

28 Fevereiro 2015
UNITED STATES

13 Ways Of Looking At The Death Penalty

15 Fevereiro 2015

Archbishop Chaput applauds Penn. governor for halt to death penalty

11 Dezembro 2014
MADAGÁSCAR

C’est désormais officiel: Madagascar vient d’abolir la peine de mort!

3 Dezembro 2014

5th Circuit Court of Appeals stops execution of Scott Panetti!

ir para nenhuma pena de morte
• DOCUMENTOS

Programme Tirana 2015 - Peace is always possible ENGLISH

todos os documentos