change language
você está em: home - news newsletterlink

Support the Community

  
19 Abril 2016 | PRAGA, REPÚBLICA CHECA

"Eu tinha 17 anos, quando me trancaram em Auschwitz." Os jovens de Sant'Egidio encontram Hana, que sobreviveu à Shoah

 
versão para impressão

"Eu tinha 17 anos, quando me trancaram em Auschwitz." Este é o título do encontro dos jovens da Comunidade Sant'Egidio de Praga com Hana Hnátová, uma senhora de 92 anos, judia, irmã do famoso escritor checo Arnost Lustig.
Hana foi convidada para contar aos jovens a sua própria história dolorosa, com 17 anos de idade, que viveu por vários anos em quatro campos de concentração (Terezín, Auschwitz, Freiberg, Mautthausen).
Até recentemente, Hana nunca quis falar sobre o seu passado. Mas, após a morte do seu irmão, sentiu a responsabilidade de transmitir às gerações futuras uma mensagem de paz e uma forte rejeição de qualquer preconceito ou discriminação.
"Fico feliz em ver tantos jovens, eu estou feliz quando eu posso ficar convosco - disse -. Vocês, meninas são tão bonitas com o vosso cabelo encaracolado e longo. Em Auschwitz, cortaram os nossos cabelos para tirar a nossa beleza. Mas eles não conseguiram tirar a nossa solidariedade, a vontade de nos ajudarmos uns aos outros. Nós, que podíamos trabalhar, até partilhamos o último pedaço de pão com aqueles que eram mais fracos".
 

Seu testemunho tocou profundamente os que escutavam e provocou nos jovens presentes o desejo de se comprometerem para que esses valores, guardados com coragem pela geração que viveu a terrível experiência do Holocausto, não se percam, numa altura em que a Europa, perante o desafio da migração, mostra ter mais necessidade disso do que nunca
.

 

 LEIA TAMBÉM
• NOTÍCIA
25 Janeiro 2017

Rumo ao Dia da Memória da Shoah #pernondimenticare

IT | PT
27 Julho 2009

Férias de verão com as crianças ciganas na República Checa: uma resposta contra a violência anticigana

IT | DE | FR | PT | ID
15 Outubro 2017
ROMA, ITÁLIA

OS VÍDEOS da marcha em memória da deportação dos judeus de Roma a 16 de Outubro de 1943

IT | PT | HU
15 Outubro 2016
ROMA, ITÁLIA

Memória da deportação dos judeus romanos de 16 de outubro de 1943: uma raiz de humanidade contra a indiferença

IT | ES | DE | FR | PT | RU
11 Maio 2016
PÉCS, HUNGRIA

Hungria: a marcha de Sant'Egidio e da comunidade judaica de Pécs para não esquecer as vítimas da Shoah

IT | ES | DE | PT | CA | RU | HU
todas as notícias
• IMPRIMIR
31 Janeiro 2014
Corriere della Sera - Ed. Milano

«Ho visto il Male e vi dico di credere nella speranza»

11 Novembro 2015
El digital D Barcelona

Unes dues-centes persones recorden la Nit dels vidres trencats

22 Janeiro 2018
Roma sette

Liliana Segre senatrice a vita

20 Janeiro 2018
Corriere della Sera - Ed. Milano

«Senza Liliana non avremmo il Memoriale»

19 Janeiro 2018
RomaSette.it

“Siamo qui, siamo vivi”: la famiglia Sarano, salvata da un sottufficiale tedesco

18 Janeiro 2018
SIR

Giornata della memoria: Impagliazzo (Sant’Egidio), “non bisogna dimenticare, in un periodo in cui sentiamo qualcuno ancora invocare la difesa della razza bianca

todos os press releases
• EVENTOS
30 Janeiro 2018

Memoria della deportazione dalla Stazione di Milano

18 Janeiro 2018 | ROMA, ITÁLIA

'Siamo qui, siamo vivi. Il diario inedito di Alfredo Sarano e della famiglia scampati alla Shoah'. Colloquio sul libro

16 Novembro 2017 | FLORENÇA, ITÁLIA

Marcia in memoria della deportazione degli ebrei di Firenze

Todas as reuniões de oração pela paz
• DOCUMENTOS

Per un mondo senza razzismo – per un mondo senza violenza

todos os documentos

FOTOS

599 visitas

582 visitas

534 visitas

593 visitas

632 visitas
todos os meios de comunicação relacionados