Riccardi Andrea: na web

Riccardi Andrea: em redes sociais

Riccardi Andrea: revista de imprensa

change language
você está em: home - news newsletterlink

Support the Community

  
28 Agosto 2008

Jovens da paz em Moçambique: um Verão na esteira da amizade

 
versão para impressão

Jovens da Paz e Moçambique: uma amizade que não teme tempo nem distância. Também este ano, na verdade – é o terceiro ano consecutivo – um grupo de Jovens da Paz de Roma, passou o mês de Agosto nos centros DREAM de Moçambique.

A aguardá-los estavam velhos e novos amigos: antes de mais, as crianças do centro nutrimental de Matola, onde com algumas delas se criou uma relação que não receia as distâncias. O centro nutrimental assegura às crianças a possibilidade de crescerem bem e é uma alegria reencontrar os velhos amigos mais crescidos, de boa saúde e.... prontos para festejar.

O empenho dos jovens romanos estendeu-se também a outros pequenos, como os seguidos pelo Centro DREAM de Machava, os hóspedes da casa-família e as crianças órfãs do Instituto de MUMEMO onde todos os fins-de-semana, foram organizadas jornadas de férias com mais de 170 crianças. A estas uniram-se as crianças hóspedes do Instituto gerido pelas freiras franciscanas.

De regresso a Roma, contam-nos estes dias especiais:

“De segunda a quinta, tivemos a oportunidade de trabalhar lado a lado com os activistas nos centros DREAM, ajudando no armazém dos géneros alimentícios e acompanhando os operadores nas visitas de assistência a domicílio. Ficámos todos muito marcados pela tenacidade dos activistas em irem ter e às vezes, procurar, chegando até mesmo a caminhar durante várias horas, todas as pessoas seguidas, mesmo aquelas com endereços aproximativos.
Uma grande parte do trabalho realizou-se depois no Centro nutrimental de Matola, animando os dias das crianças com brincadeiras, festas e actividades; sempre no Centro nutrimental, uns de nós ocupou-se da ajuda à “escolinha", onde cerca de 15
crianças em idade pré-escolar frequentam uma creche. Vivemos ainda mais o espírito de DREAM participando na oração com os activistas e na da prisão de máxima segurança de Machava.
Os fins-de-semana, de sexta a domingo, foram a ocasião para oferecer alguns dias de férias, subdividindo em dois turnos, as cerca de 170 crianças: 150 de Matola, uma quinzena de crianças doentes de Machava e os hóspedes da nossa casa-família.
Tivemos assim ocasião de falar do País do Arco-Íris, realizando várias actividades, tal como a construção da Arca de Noé, as máscaras de todos os animais, ensinando as cantigas dos movimentos e desenhando. Os momentos das actividades eram quase solenes com as crianças concentradíssimas a desenhar, pintar e construir as máscaras. Todos construíram colares e pulseiras “arco-íris” com palhinhas coloridas e corda que continuaram a usar até ao dia da nossa partida; muitos usavam a própria máscara até mesmo na cama. Para muitos, foi a ocasião de uma vida verdadeiramente de criança, com brincadeiras, refeições abundantes e uma cama cómoda.

No momento da partida, muitas crianças beijaram e abraçaram as camas onde tinham dormido...
As colónias realizaram-se junto de um Instituto de irmãs franciscanas para crianças órfãs que se uniram às nossas actividades e festas. São crianças muito tristes, muitas vezes de cabeça rebaixada, que pediam unicamente uma carícia. No momento da partida, uma delas, J., de 14 anos, disse que terminada a colónia, regressara a tristeza.
No último dia da nossa maravilhosa aventura organizámos uma grande festa no Centro nutrimental onde um grupo de crianças com trajes tradicionais realizou algumas danças típicas para nos cumprimentar. Muitas crianças perguntaram-nos quando é que seriam as próximas férias juntos.
Despedir-nos não foi fácil. Foram dias de grande alegria, onde sentimos recompor-se a família humana entre pessoas do Norte rico e do Sul do mundo”.


 LEIA TAMBÉM
• NOTÍCIA
9 Março 2017
MAPUTO, MOÇAMBIQUE

Comida e rosas na prisão feminina de Ndlavela em Moçambique, onde a pobreza é também feita de abandono

IT | ES | DE | PT
14 Janeiro 2017
MOÇAMBIQUE

Moçambique: Uma trégua que dá esperança

20 Dezembro 2016
FAISALABAD, PAQUISTÃO

Prémio do Ministério dos Direitos Humanos do Paquistão à Comunidade de Sant'Egidio pelo seu trabalho com os pobres

IT | EN | DE | FR | PT | NL | ID
7 Dezembro 2016
LONDRES, REINO UNIDO

Em Londres, há uma mesa para os pobres, chama-se de ''Our Cup of Tea''. O vídeo da BBC

IT | EN | ES | DE | FR | PT | NL | HU
16 Novembro 2016
BEIRA, MOÇAMBIQUE

o Jubileu da Misericórdia na periferia africana: a oração de Sant'Egidio com os idosos de Nhangau

IT | ES | DE | PT
5 Outubro 2016
MAPUTO, MOÇAMBIQUE

Em Moçambique a 4 de Outubro o encontro das religiões pela paz

IT | PT
todas as notícias
• IMPRIMIR
15 Abril 2017
Redattore Sociale

Pranzo di Pasquetta solidale per 250 senza dimora

14 Abril 2017
Giornale di Arona

Riscoprire il vero significato della Pasqua con i volontari della Comunità di Sant'Egidio

10 Abril 2017
Vatican Insider

Senzatetto e poveri, apre la “Lavanderia del Papa”

10 Abril 2017
Radio Vaticana

Aperta "Lavanderia di Papa Francesco" per i senzatetto

5 Abril 2017
Il Secolo XIX

Le mamme solidali cucinano torte per i senzatetto

2 Abril 2017
La Vanguardia

La Michelin de los pobres

todos os press releases
• DOCUMENTOS

La Comunità di Sant'Egidio e i poveri in Liguria - report 2015

Sintesi, Rapporti, Numeri e dati sulle persone senza dimora a Roma nel 2015

Le persone senza dimora a Roma

La povertà in Italia

Alcune storie raccolte al telefono della Comunità di Sant’Egidio - 2014

Gli aiuti umanitari in Siria e Libano

todos os documentos
• LIVROS

A Paz. Como Moçambique saiu da guerra





CIEDIMA

Rapporto sulla povertà a Roma e nel Lazio 2012





Francesco Mondadori
todos os livros

FOTOS

183 visitas

238 visitas

165 visitas

151 visitas

150 visitas
todos os meios de comunicação relacionados