Riccardi Andrea: na web

Riccardi Andrea: em redes sociais

Riccardi Andrea: revista de imprensa

change language
você está em: home - news newsletterlink

Support the Community

  
26 Abril 2010

Duas conferencias feitas pela escritora Ceija Stojka, sobrevivente ao holocausto dos Rom durante a Segunda Guerra Mundial, na Hungria, promovidas pela Comunidade de Sant'Egidio

 
versão para impressão

Sob convite da Comunidade de Sant’Egidio, de 21 a 22 de Abril, em Budapeste e em Pannonhalma, na Hungria, decorreram duas importantes conferências da escritora austríaca Ceija Stojka, sobrevivente ao “Porrajmos”, o holocausto dos ciganos durante a segunda guerra mundial. 

O primeiro encontro teve lugar no liceu dos beneditinos em Pannonhalma, onde a senhora Stojka foi saudada calorosamente também pelo abade Asztrik Várszegi. O segundo, na capital, foi organizado conjuntamente com a Faculdade de Teologia da Universidade Católica Pázmány Péter de Budapeste e pelo bispo auxiliar János Szekely, responsável da pastoral para os ciganos na conferência episcopal da Hungria.

Nas ambas ocasiões, a senhora Stojka foi escutada por um público numeroso e atencioso, composto sobretudo por jovens estudantes universitários e secundários. 

Ceija Stojka contou a história da perseguição, a sua deportação e a sua prisão nos campos de extermínio de Auschwitz, Ravensbrück e Bergen-Belsen que ela viveu quando era criança juntamente com os seus familiares entre os quais muitos foram assassinados. Para além dos factos contados de forma aguda e emocionada, ofereceu também uma reflexão aprofundada sobre a actualidade do seu testemunho. 

"Porquê também hoje - perguntou-se – no início do novo século, em países europeus, os ciganos, somente porque tais, sobretudo crianças e outros inocentes são humilhados, maltratados e – como aconteceu na Hungria – até mortos? Com grande firmeza, dirigiu um convite ao seu público jovem: “Deixeis que os meus netos vivam. Aliás ajudei-los a viver. Vós sois o meu manto protector. Se vós defendeis os ciganos, os pequenos, defendereis a vós mesmos. Desta maneira tornar-vos-eis protectores para vós mesmos.”


 LEIA TAMBÉM
• NOTÍCIA
14 Novembro 2011

Roma, no Auditorium Antonianum, domingo 13 de Novembro: cerimónia inaugural do novo ano lectivo da escola de língua e cultura italiana e a entrega de diplomas.

IT | ES | DE | FR | PT | CA | NL
23 Março 2011

Crotone e Lampedusa (Itália) - Povos de Paz e a Comunidade de Sant'Egídio nos centros de acolhimento para emigrantes e refugiados

IT | ES | FR | PT | CA | NL
20 Março 2011

Roma: Idosos e jovens emigrantes, juntos para a "Festa da Primavera" no bairro Esquilino

IT | ES | DE | FR | PT | CA
22 Março 2011

Celebração do 43º aniversário da Comunidade de Sant'Egídio em Bujumbura (Burundi)

IT | DE | FR | PT | RU
18 Julho 2017
BERLIM, ALEMANHA

A mensagem dos jovens de Berlim à Europa: No More walls, mais muros não.

IT | EN | ES | DE | PT | CA
todas as notícias
• IMPRIMIR
11 Maio 2017
Avvenire

Traccia bruciante

11 Maio 2017
Il Messaggero Veneto

Rogo camper. Obiettivo integrazione: il rimedio mai adottato

7 Abril 2017
Vatican Insider

Giornata dei Rom, Sant’Egidio: “Antigitanismo ancora diffuso contro un popolo di bambini”

8 Julho 2017
Avvenire

Stop alla «clandestinità» per legge si governino «flussi» e si creino opportunità

8 Julho 2017
Il Fatto Quotidiano

Andrea Riccardi: "Non è un'invasione, servono altri toni"

6 Julho 2017
Avvenire

Sant'Egidio. Madri e figli rifugiati a scuola d'integrazione

todos os press releases
• DOCUMENTOS
Comunità di Sant'Egidio

Cinque proposte sull’immigrazione

Appello al Parlamento ungherese sui profughi e i minori richiedenti asilo

Corso di Alta Formazione professionale per Mediatori europei per l’intercultura e la coesione sociale

Dove Napoli 2015

Comunità di Sant'Egidio: Brochure Viva gli Anziani

Analisi dei risultati e dei costi del programma "Viva gli Anziani"

todos os documentos

FOTOS

969 visitas

1021 visitas

936 visitas

965 visitas

948 visitas
todos os meios de comunicação relacionados