Riccardi Andrea: na web

Riccardi Andrea: em redes sociais

Riccardi Andrea: revista de imprensa

change language
você está em: home - news newsletterlink

Support the Community

  
6 Setembro 2014 | ANTUÉRPIA, BÉLGICA

Chega a Antuérpia o Islão sunita que condenou as violências do Estado islâmico jihadista (Is), na Síria e no norte do Iraque.

 
versão para impressão

 O Grande Mufti do Egipto, Shawki Ibrahim Abdel-Karim Allam chegou hoje na cidade belga para participar do Encontro organizado pela Comunidade de Sant'Egidio Peace is the Future, Religion and Cultures in Dialogue 100 Years after World War I, que se realiza em Antuérpia de 7 a 9 de Setembro.

Após a violência que no norte do Iraque levou à morte de milhares de civis inocentes, o Grande Mufti, disse recentemente que "o Isis é um perigo para o Islão", declarando-se a favor do pedido de que os terroristas fossem considerados responsáveis pelos seus crimes, e fossem entregues à justiça.

O Grande Mufti do Egipto, que ocupava este cargo desde Fevereiro de 2013 e passou por um longo ensino na Universidade de al-Azhar, também disse: "É um erro manifesto designar um grupo terrorista que é o ISIS como um estado islâmico, porque viola todos os valores islâmicos, os objetivos mais elevados da lei islâmica, bem como os valores universais compartilhados por toda a humanidade ".

Ele também afirmou: "Grupos extremistas sedentos de sangue são uma ameaça para o Islão e distorcem a sua imagem. Eles derramaram o sangue e espalham a corrupção sobre a terra, enfraquecendo as nações, e dando a oportunidade a outros para nos destruir e para intervir nos nossos assuntos, sob o pretexto de combater o terrorismo".

Desde 2012, o cargo de Grande Mufti do Egipto já não é sob a responsabilidade do governo mas eletivo. Shawki Ibrahim Abdel-Karim Allam foi eleito pelo Conselho Ulema; é o segundo maior título religioso do país e desempenha um papel importante no sentido de garantir a legitimidade religiosa do trabalho do governo.


 LEIA TAMBÉM
• NOTÍCIA
2 Janeiro 2017

2017 as crianças de todo o mundo pedem a paz.

IT | EN | ES | DE | FR | PT | CA
2 Janeiro 2017

Boas notícias do Congo: alcançou-se um acordo sobre as eleições. O papel decisivo da Conferência Episcopal

IT | ES | DE | FR | PT
1 Janeiro 2017

Paz em todas as terras: o vídeo da marcha e do Angelus do Papa Francisco

IT | ES | DE | FR | PT
8 Dezembro 2016

Líbia, Sant'Egidio: primeira reconciliação entre Misrata e Zintan

IT | ES | DE | FR | PT
21 Novembro 2016
ROMA, ITÁLIA

Paz na República Centro-Africana: os líderes religiosos de Bangui em Sant'Egidio relançam a plataforma para a reconciliação

IT | ES | DE | FR | PT | CA
14 Novembro 2016
BRUXELAS, BÉLGICA

Continua o compromisso de Sant'Egidio para o Iraque: hoje em Bruxelas um dia de Estudo com o Comité para a Reconciliação

IT | ES | DE | FR | PT
todas as notícias
• IMPRIMIR
2 Janeiro 2017
Aachener Zeitung

Zahlreiche Kerzen symbolisieren die Brandherde auf der Erde

2 Janeiro 2017
Il Secolo XIX

Marcia della pace, in 1.500 con i profughi

2 Janeiro 2017
La Nazione

Fiaccole accese per la pace

2 Janeiro 2017
Vatican Insider

Congo, Sant’Egidio: soddisfazione per l’accordo sulle elezioni

2 Janeiro 2017
SIR

Marcia pace: Comunità Sant’Egidio, migliaia a Roma e in altre città italiane

2 Janeiro 2017
Zenit

Impagliazzo: “Dopo l’attentato di Istanbul, la nostra marcia assume un significato più forte”

todos os press releases
• EVENTOS
1 Janeiro 2017 | ROMA, ITÁLIA

A marcha Paz em todas as Terras em Roma

Todas as reuniões de oração pela paz
• DOCUMENTOS

Libya: The humanitarian agreement for the region of Fezzan, signed at Sant'Egidio on June 16th 2016 (Arabic text)

Nuclear Disarmament Symposium on the 70 th anniversary of the atomic bomb. Hiroshima, August 6 2015

todos os documentos
• LIVROS

Religioni e violenza





Francesco Mondadori

Hacer la paz





Proteus
todos os livros