Riccardi Andrea: na web

Riccardi Andrea: em redes sociais

Riccardi Andrea: revista de imprensa

change language
você está em: home - news newsletterlink

Support the Community

  
7 Setembro 2014

Zygmunt Bauman: o diálogo no tempo da sociedade líquida

Não devemos dar ao diálogo uma estrutura formal com um programa padrão, mas fazer surgir ideias, estando dispostos a viajar numa estrada com dois sentidos, tornando-se mestres e alunos ao mesmo tempo.

 
versão para impressão

 Retomando algumas expressões do Papa Francisco, Zygmunt Bauman, um escritor polonês e intelectual, conhecido pelos seus estudos sobre a sociedade líquida, interveio na assembleia inaugural do encontro internacional, 'a Paz é o futuro', organizado pela Comunidade de Sant'Egidio em Antuérpia, na Bélgica, cem anos após o início da Primeira Guerra Mundial: "o diálogo não é uma série de monólogos em que os oradores  tentam subjugar-se uns aos outros. O diálogo é a arte mais importante que queremos aprender para manter a paz n planeta". A pessoa que recusa o diálogo "é uma pessoa corrupta, que conhece somente a colaboração, não a amizade; que divide o próximo em colaboradores ou inimigos. Nós sabemos como se enfrentam hoje os adversários. "O amor, ao contrário, "é alegria pela existência do outro". Na sociedade láquida Internet, ao invés de uma ferramenta útil, "pode tornar-se uma das formas que permite de negar tudo o que não se quer ver." No entanto, existem três níveis para se deslocar do monólogo ao diálogo. O primeiro passo é a 'sociabilidade', graças à qual podemos aceitar os outros ao nosso redor. Isto permite de percorrer o caminho da solidariedade que é um processo de reconciliação que leva à unidade. A unidade é substância do diálogo, arte indispensável. Nesse sentido, segundo Bauman o diálogo eficaz é o informal, "aberto e baseado na cooperação. Não devemos dar ao diálogo uma estrutura formal com um programa padrão, mas fazer surgir ideias, estando dispostos a viajar numa estrada com dois sentidos, tornando-se mestres e alunos ao mesmo tempo. Isso é o que permite de aprender a aceitar que se pode estar errado".


 LEIA TAMBÉM
• NOTÍCIA
8 Setembro 2014

O Grande Mufti do Cairo, "O Islão é uma religião de diálogo, o extremismo deve ser erradicado"

IT | EN | ES | DE | FR | PT
8 Setembro 2014

O guardião do Sagrado Convento no encontro internacional Sant'Egidio. São Francisco, a natureza e o desenvolvimento sustentável

IT | EN | FR | PT
11 Novembro 2014
OUAGADOUGOU, BURKINA FASO

Também em Burkina Faso "A paz é o Futuro": representantes das religiões se reúnem no Espírito de Assis

IT | EN | ES | DE | FR | PT
31 Outubro 2014
SAN SALVADOR, EL SALVADOR

O Espírito de Assis em El Salvador: das religiões o compromisso de construir um futuro de paz

IT | EN | ES | FR | PT
22 Setembro 2014
NAKURU, QUÊNIA

Chega no Quênia a mensagem de Antuérpia de 2014: A paz é o futuro

IT | EN | ES | DE | FR | PT
22 Setembro 2014
PRINCETON, UNITED STATES

Poverty and peacemaking: um congresso, uma mensagem de paz

IT | EN | ES | FR | PT
todas as notícias
• IMPRIMIR
28 Setembro 2014
Catalunya Cristiana

Construir un futur sense guerra

28 Dezembro 2014
La Vanguardia

"La paz es el futuro"

21 Outubro 2014
Internazionale

Sant'Egidio ricorda Christophe De Margerie

8 Outubro 2014
La Croix du Benin

Sant'Egidio organise une rencontre interreligieuse à Fidjrossè

1 Outubro 2014
Rocca

Anversa.Audacia di una pace complessa

26 Setembro 2014
Il Ticino

Voci da tutto il mondo contro gli orrori della guerra

todos os press releases
• EVENTOS
27 Setembro 2014 | MOÇAMBIQUE

De Antuérpia a Moçambique: Peace is the Future em Nampula, Quelimane e Tete

Todas as reuniões de oração pela paz
• DOCUMENTOS

Antwerp 2014 Peace is The future - Programme EN

Antwerpen 2014 Programma in Italiano

todos os documentos