Riccardi Andrea: na web

Riccardi Andrea: em redes sociais

Riccardi Andrea: revista de imprensa

change language
você está em: home - news newsletterlink

Support the Community

  
9 Setembro 2014

De Mare Nostrum a Frontex Plus: "entre os europeus responsabilidade compartilhada"

No Encontro Internacional de Sant'Egidio Em Antuérpia, reflexões e propostas sobre imigração e Europa

 
versão para impressão

A passagem do bastão de 'Mare Nostrum' para 'Frontex plus' não deve levar a um fracasso. A tentativa em curso pelo governo italiano - explicou Mario Morcone, chefe do departamento do Ministério do Interior no Encontro da Comunidade de Sant'Egidio em curso Em Antuérpia - "visa incentivar uma cooperação mais profunda, que não pode ser abordada com uma simples divisão de custos, mas, com base no que é afirmado entre cautelas diplomáticas mais ou menos compreensíveis, deve atingir um passo credível para uma partilha clara de responsabilidades. "Se o acordo de Dublin fosse para os parceiros europeus "um rolo compressor invencível e impossível de quebrar, acho que o momento é propício para introduzir o assim chamado 'reconhecimento mútuo Europeu' das decisões de atribuição do estatuto de protecção internacional. Que Europa do asilo é - perguntou Morcone - uma Europa que mantém presos num único estado aqueles aos quais reconhecemos a protecção internacional? Que Europa é essa que restaura, em substância, as fronteiras nacionais só para os imigrantes que, no entanto, consideramos de merecedores da nossa ajuda? Que Europa é essa que reconhece o valor das reunificações familiares  dase condições de especial vulnerabilidade, mas, na prática, reforça as barreiras entre os países da área Schengen?".

Para Daniela Pompei, responsável pela imigração da Comunidade de Sant'Egidio, se Frontex significa "apenas salvaguardar as fronteiras, não serve e não salva. Por isso, é melhor continuar Mare Nostrum, que salvou mais de 117 mil pessoas. "Trata-se de acordar a Europa do torpor e levá-la para a estrada de um realismo saudável suportado pelos dados. Com base num estudo, a necessidade de imigração na Europa para 2015 é de cinco milhões. Muitos deles devem ser incluídos no continente para manter o padrão de vida já corroída pela crise econômica. Para Zygmunt Bauman, intelectual conhecido pela sua análise da "sociedade líquida", a Europa não considera o efeito do"push and pull", o "puxar e empurrar", produzido pelo progresso econômico que expulsa os trabalhadores pelo sistema produtivo quando se torna tradicional: Europa "está despedindo as pessoas pra produzir a um custo mais baixo", por outro lado, "as pessoas estão a procurar para o pão e a água onde estão disponíveis". O caminho é encontrar soluções locais para problemas globais. O trabalho dos políticos é ir nessa direção para resolver problemas de grande escala.


 LEIA TAMBÉM
• NOTÍCIA
23 Junho 2016

Morrer de esperança: oração em memória dos que perdem a vida nas viagens para a Europa

IT | ES | FR | PT | CA
28 Abril 2016
BARI, ITÁLIA

A questão dos migrantes e os corredores humanitários na Universidade de Bari: Conferência "A coragem da esperança"

IT | PT
4 Março 2016
LIVORNO, ITÁLIA

Em livorno decorre ‘Medi’, encontro internacional sobre relações e perspectivas de cidades do mediterrâneo.

IT | PT
3 Fevereiro 2016
ROMA, ITÁLIA

Conferência EU-Itália sobre imigração: a integração reforça a democracia e constrói uma cultura comum.

IT | EN | ES | DE | FR | PT | CA
20 Janeiro 2016
GENEBRA, SUÍÇA

Genebra, conferência ecumênica sobre a crise dos refugiados. Sant'Egidio: os canais humanitários, resultado da solidariedade entre cristãos

IT | ES | DE | PT | CA
16 Dezembro 2015
ROMA, ITÁLIA

Abertos os primeiros corredores humanitários: salvarão a vida de refugados crianças, mulheres e os mais vulneráveis.

IT | EN | ES | DE | FR | PT | NL | RU
todas as notícias
• IMPRIMIR
22 Novembro 2016
Corriere della Sera

La casa di pace che accoglie tutti: l'utopia (possibile) di Sant'Egidio

26 Outubro 2016
L'Eco di Bergamo

Se la politica ha perso il senso del tragico

21 Outubro 2016
L'huffington Post

Immigrazione: diminuiscono gli arrivi per lavoro (che non c'è), crescono integrazione e cittadinanza

15 Março 2016
Avvenire

L`enfasi dello schiaffo ad Angela Merkel e la realtà: fate bene i conti, i tedeschi sono accoglienti

13 Março 2016
Avvenire - Ed. Lazio Sette

«Guai cedere alla paura e alla cultura del sospetto»

7 Março 2016
La Nazione

La sfida di Livorno nel Mediterraneo

todos os press releases
• DOCUMENTOS

Medì 2016: I RELATORI

Medì 2016: PROGRAMMA

Omelia di S.E. Card. Antonio Maria Vegliò alla preghiera "Morire di Speranza". Lampedusa 3 ottobre 2014

Antwerp 2014 Peace is The future - Programme EN

Antwerpen 2014 Programma in Italiano

Omelia di S.E. Card. Vegliò durante la preghiera "Morire di speranza"

todos os documentos
• LIVROS

Le città vogliono vivere





Giuliano Ladolfi Editore

Il grande viaggio





Leonardo International
todos os livros