Riccardi Andrea: na web

Riccardi Andrea: em redes sociais

change language
você está em: home - oraÇÃo - a oração cada dia newsletterlink

Support the Community

  

A oração cada dia


 
versão para impressão

Ícone do Rosto do Senhor
Igreja de Santo Egídio
Roma


Leitura da Palavra de Deus

Aleluia aleluia, aleluia

Todo o que vive e crê em mim
não morrerá jamais.

Aleluia aleluia, aleluia

São Mateus 9,14-17

Depois, foram ter com Ele os discípulos de João, dizendo: «Porque é que nós e os fariseus jejuamos e os teus discípulos não jejuam?» Jesus respondeu-lhes: «Porventura podem os convidados para as núpcias estar tristes, enquanto o esposo está com eles? Porém, hão-de vir dias em que lhes será tirado o esposo e, então, hão-de jejuar.» «Ninguém põe um remendo de pano novo em roupa velha, porque o remendo puxa parte do tecido e o rasgão torna-se maior. Nem se deita vinho novo em odres velhos; de contrário, rompem-se os odres, derrama-se o vinho e estragam-se os odres. Mas deita-se o vinho novo em odres novos; e, desta maneira, ambas as coisas se conservam.»

 

Aleluia aleluia, aleluia

Se tu creres verás a glória de Deus
diz o Senhor.

Aleluia aleluia, aleluia

Os discípulos de João que conduziam uma vida mais austera do que a dos discípulos de Jesus, interrogam-n’O directamente sobre essa diferença: “Nós e os fariseus fazemos jejum; porque é que os teus discípulos não jejuam?”. Como sabemos, o jejum ocupava um lugar preeminente na piedade farisaica como na dos discípulos de João. E isso para acelerar a vinda do Reino. Noutras partes, o Evangelho censura a ostentação farisaica mas, neste caso, fala-se unicamente da prática do jejum. Os fariseus interrogavam-n’O apenas para O julgarem, para O apanharem em falso e desacreditarem-n’O. Os discípulos de João perguntam para compreenderem. Nunca devemos sentir vergonha por sermos ajudados por Jesus. O Mestre responde com a imagem da chegada do noivo e compara os discípulos aos amigos do noivo que preparavam e participavam nas núpcias que, obviamente, deveria ser um momento de grande festa. E, na verdade, ao passar, Jesus criava sempre um clima novo, de alegria, de festa, precisamente como a que se fazia no momento do casamento. Com Jesus chegara entre os homens o verdadeiro “noivo”, ou seja, o Salvador dos homens. É por isso que os discípulos e os pobres, os doentes e os pecadores festejavam. Com efeito, todos se sentiam libertados da escravidão do mal. E isso ocorria numa luta sem quartel. Por agora podiam festejar. De qualquer modo, adverte Jesus, chegarão os momentos difíceis. Virão também para Ele e, neste aceno, entrevêem-se os dias da Paixão. Assim como virão para os discípulos e para a comunidade. Como é possível não pensar nas inúmeras perseguições que ainda hoje se abatem sobre os discípulos de Jesus? Então, durante os dias difíceis, os discípulos “jejuarão”, acrescenta Jesus. Mas antes, é necessário que se preparem para a festa e bebam o vinho da misericórdia; isso torná-los-á fortes, também nos momentos mais difíceis. Os barris velhos de que fala Jesus são os rígidos esquemas mentais e religiosos de sempre. O amor evangélico requer corações novos, isto é, longe de esquemas e de preconceitos naturais, para acolher o amor de Deus. Os guias religiosos de Israel não puderam suportar a novidade de uma mensagem que era demasiado nova para categorias velhas. Estamos a pensar também em nós, hoje. A resistência à novidade da Palavra de Deus significa fechar-se ao Espírito para nos agarrarmos a tradições muitas vezes decrépitas, escudando-nos no que sempre se fez e se pensou. O Evangelho do amor liberta-nos dos isolamentos e das restrições para nos lançar nos horizontes largos de Deus.


05/07/2014
Oração da vigília


Calendário da semana
OUT
15
Domingo, 15 de Outubro
Liturgia dominical
OUT
16
Segunda-feira, 16 de Outubro
Oração pela Paz
OUT
17
Terça-feira, 17 de Outubro
Oração com Maria, Mãe do Senhor
OUT
18
Quarta-feira, 18 de Outubro
Oração dos Apóstolos
OUT
19
Quinta-feira, 19 de Outubro
Oração pela Igreja
OUT
20
Sexta-feira, 20 de Outubro
Oração da Santa Cruz
OUT
21
Sábado, 21 de Outubro
Oração da vigília
OUT
22
Domingo, 22 de Outubro
Liturgia dominical