Riccardi Andrea: na web

Riccardi Andrea: em redes sociais

change language
você está em: home - oraÇÃo - a oração cada dia newsletterlink

Support the Community

  

A oração cada dia


 
versão para impressão

Ícone do Rosto do Senhor
Igreja de Santo Egídio
Roma


Leitura da Palavra de Deus

Aleluia aleluia, aleluia

Todo o que vive e crê em mim
não morrerá jamais.

Aleluia aleluia, aleluia

Isaías 6,1-8

No ano em que morreu o rei Uzias, vi o Senhor sentado num trono alto e elevado; as franjas do seu manto enchiam o templo. Os serafins estavam diante dele, cada um tinha seis asas; com duas asas cobriam o rosto, com duas asas cobriam o corpo, com duas asas voavam. E clamavam uns para os outros:
«Santo, santo, santo, o Senhor do universo!
Toda a terra está cheia da sua glória!»

E tremiam os gonzos das portas ao clamor da sua voz,
e o templo encheu-se de fumo.

Então disse: «Ai de mim, estou perdido,
porque sou um homem de lábios impuros,
que habita no meio de um povo de lábios impuros,
e vi com os meus olhos o Rei, Senhor do universo!»

Um dos serafins voou na minha direcção;
trazia na mão uma brasa viva,
que tinha tomado do altar com uma tenaz.

Tocou na minha boca e disse:
«Repara bem, isto tocou os teus lábios,
foi afastada a tua culpa,
e apagado o teu pecado!»

Então, ouvi a voz do Senhor que dizia:
«Quem enviarei?
Quem será o nosso mensageiro?»
Então eu disse: «Eis-me aqui, envia-me.»

 

Aleluia aleluia, aleluia

Se tu creres verás a glória de Deus
diz o Senhor.

Aleluia aleluia, aleluia

A Liturgia da Missa propõe-nos durante alguns dias, a leitura de algumas passagens do livro de Isaías. E começa, apresentando a vocação do profeta que é narrada a meio da primeira secção do livro que inclui os primeiros doze capítulos dedicados, principalmente, ao relacionamento do profeta com a vida pública e com a figura do rei. Desde o princípio que aparece bem claro que o rei de Israel é "o Senhor dos exércitos" (v. 5). O rei Ozias tinha acabado de morrer de lepra, a doença impura por antonomásia, por ter arrogantemente violado a sacralidade divina permitindo ao povo de sacrificar e oferecer incenso a outros deuses (cf. Rs 15, 5). Isaías, em contraposição ao comportamento do rei, tem uma visão onde aparece a transcendência e a absoluta majestade de Deus. Perante a grandeza de Deus – Ele é "Santo, Santo, Santo é o Senhor dos exércitos" – o homem reconhece o seu limite, a sua mesquinhez, ter lábios impuros. Só Deus é que é o "Santo", isto é, o separado. E, no entanto, este Deus não Se exime de entrar na história dos homens. Ele colmata o abismo que O separa dos homens, enviando o Seu profeta. Isaías está ciente da sua pequenez e do seu pecado. Mas é o Senhor que o chama, que o purifica e que coloca nos seus lábios as palavras que deve transmitir ao Seu povo. Perante a chamada do Senhor, Isaías não recua. Conhece bem os seus limites, mas também sabe que é o Senhor a sua força. A história de Isaías é emblemática para todos os crentes, também para nós, ou melhor, sobretudo, para nós, chamados para uma nova missão no mundo de hoje. O Papa Francisco exorta para uma "conversão missionária". "Quem mandarei?", Deus parece perguntar ainda hoje. E nós devemos questionar-nos: quem acolherá o pedido de Deus que procura profetas da Sua Palavra num mundo que parece dominado pela resignação ao mal? Todos nós crentes, para além daqueles que querem deixar-se envolver, deveremos responder, como Isaías: "Aqui estou. Envia-me". A pergunta de Deus e a nossa resposta são a esperança para um futuro de paz para este início de milénio. É o profundo sentido do ano da misericórdia.


09/07/2016
Oração da vigília


Calendário da semana
MAR
26
Domingo, 26 de Março
Liturgia dominical
MAR
27
Segunda-feira, 27 de Março
Oração pelos pobres
MAR
28
Terça-feira, 28 de Março
Oração com Maria, Mãe do Senhor
MAR
29
Quarta-feira, 29 de Março
Oração com os santos
MAR
30
Quinta-feira, 30 de Março
Oração pela Igreja
MAR
31
Sexta-feira, 31 de Março
Oração da Santa Cruz
ABR
1
Sábado, 1 de Abril
Oração da vigília
ABR
2
Domingo, 2 de Abril
Liturgia dominical