Riccardi Andrea: na web

Riccardi Andrea: em redes sociais

change language
você está em: home - oraÇÃo - a oração cada dia newsletterlink

Support the Community

  

A oração cada dia


 
versão para impressão

Ícone do Rosto do Senhor
Igreja de Santo Egídio
Roma

Memória de São João, apóstolo e evangelista, o "discípulo que Jesus amava" e que sob a Cruz tomou consigo Maria como sua mãe.


Leitura da Palavra de Deus

Aleluia aleluia, aleluia

Glória a Deus nas alturas!
E na terra paz aos homens!

Aleluia aleluia, aleluia

São João 20,2-8

Correndo, foi ter com Simão Pedro e com o outro discípulo, o que Jesus amava, e disse-lhes: «O Senhor foi levado do túmulo e não sabemos onde o puseram.» Pedro saiu com o outro discípulo e foram ao túmulo. Corriam os dois juntos, mas o outro discípulo correu mais do que Pedro e chegou primeiro ao túmulo. Inclinou-se para observar e reparou que os panos de linho estavam espalmados no chão, mas não entrou. Entretanto, chegou também Simão Pedro, que o seguira. Entrou no túmulo e ficou admirado ao ver os panos de linho espalmados no chão, ao passo que o lenço que tivera em volta da cabeça não estava espalmado no chão juntamente com os panos de linho, mas de outro modo, enrolado noutra posição. Então, entrou também o outro discípulo, o que tinha chegado primeiro ao túmulo. Viu e começou a crer,

 

Aleluia aleluia, aleluia

Alleluia, alleluia, alleluia.
Alleluia, alleluia, alleluia.
Alleluia, alleluia, alleluia.

Aleluia aleluia, aleluia

João é um dos primeiros quatro discípulos chamados por Jesus. Daquele encontro - que ocorreu no lago Tiberíades - o evangelista recorda ainda a hora: eram quatro horas da tarde. Estava juntamente com André, irmão de Pedro, na margem do Jordão a ouvir João Baptista e quando este indicando Jesus que passava disse: "Eis o Cordeiro de Deus...", seguiu-O e ficou com Ele durante toda a tarde. A partir daquele momento, João tornou-se Seu discípulo. A tradição indica-o como o discípulo "que Jesus amava". De facto, durante a Última Ceia, apoiou a sua cabeça no peito de Jesus e com Pedro e Tiago acompanhou-O ao jardim das oliveiras durante a agonia. Mas, tal como todos os outros discípulos, também ele fugiu, deixando Jesus sozinho, embora depois tivesse voltado atrás e, chegado aos pés da Cruz, aceitou o pedido de tomar Maria consigo. O trecho evangélico de hoje, apresenta-o de manhã cedo do dia da Páscoa enquanto corre com Pedro para o túmulo. Mais jovem do que Pedro, chega primeiro, vê as ligaduras no chão mas não entra. Espera por Pedro. Os Doutores comentam: o amor corre mais depressa e, por isso, chega primeiro. E, no entanto, João sabe esperar também pelo outro irmão, para entrarem juntos no túmulo vazio. E mal entrou "viu e acreditou", anota o evangelista. Compreendeu que não tinha sido roubado (dada a presença das ligaduras). E acreditou. O seu testemunho, recolhido no quarto Evangelho e nas Cartas, está todo concentrado na pregação do amor de Deus e dos irmãos, entendido como o cerne da mensagem do Mestre. Conta-se que João, já idoso, era transportado numa cadeira à assembleia dos cristãos e repetia sempre o mandamento do amor. E quando lhe perguntavam porque é que continuava a repeti-lo, dizia: "Porque é o mandamento do Senhor! Se se põe em prática, isso é suficiente".


27/12/2011
Oração dos Apóstolos


Calendário da semana
OUT
15
Domingo, 15 de Outubro
Liturgia dominical
OUT
16
Segunda-feira, 16 de Outubro
Oração pela Paz
OUT
17
Terça-feira, 17 de Outubro
Oração com Maria, Mãe do Senhor
OUT
18
Quarta-feira, 18 de Outubro
Oração dos Apóstolos
OUT
19
Quinta-feira, 19 de Outubro
Oração pela Igreja
OUT
20
Sexta-feira, 20 de Outubro
Oração da Santa Cruz
OUT
21
Sábado, 21 de Outubro
Oração da vigília
OUT
22
Domingo, 22 de Outubro
Liturgia dominical