Riccardi Andrea: na web

Riccardi Andrea: em redes sociais

change language
você está em: home - oraÇÃo - a oração cada dia newsletterlink

Support the Community

  

A oração cada dia


 
versão para impressão

Ícone do Rosto do Senhor
Igreja de Santo Egídio
Roma

Memória de Santo Estanislau, bispo de Cracóvia e mártir (+ 1071). Defendeu os pobres, a dignidade do homem e a liberdade da Igreja e do Evangelho.


Leitura da Palavra de Deus

Aleluia aleluia, aleluia

Eu sou o Bom Pastor,
minha voz as ovelhas escutam,
E serão um só rebanho e um só Pastor.

Aleluia aleluia, aleluia

II Coríntios 4,7-18

Trazemos, porém, este tesouro em vasos de barro, para que se veja que este extraordinário poder é de Deus e não é nosso. Em tudo somos atribulados, mas não esmagados; confundidos, mas não desesperados; perseguidos, mas não abandonados; abatidos, mas não aniquilados. Trazemos sempre no nosso corpo a morte de Jesus, para que também a vida de Jesus seja manifesta no nosso corpo. Estando ainda vivos, estamos continuamente expostos à morte por causa de Jesus, para que a vida de Jesus seja manifesta também na nossa carne mortal. Assim, em nós opera a morte, e em vós a vida. Animados do mesmo espírito de fé, conforme o que está escrito: Acreditei e por isso falei, também nós acreditamos e por isso falamos, sabendo que aquele que ressuscitou o Senhor Jesus, também nos há-de ressuscitar com Jesus, e nos fará comparecer diante dele junto de vós. E tudo isto faço por vós, para que a graça, multiplicando-se na comunidade, faça aumentar a acção de graças, para a glória de Deus. Por isso, não desfalecemos, e mesmo se, em nós, o homem exterior vai caminhando para a ruína, o homem interior renova-se, dia após dia. Com efeito, a nossa momentânea e leve tribulação proporciona-nos um peso eterno de glória, além de toda e qualquer medida. Não olhamos para as coisas visíveis, mas para as invisíveis, porque as visíveis são passageiras, ao passo que as invisíveis são eternas.


 

Aleluia aleluia, aleluia

Eu vos dou um mandamento novo:
amai-vos uns aos outros!

Aleluia aleluia, aleluia

Paulo, que não hesitou em exaltar o ministério apostólico com tudo o que isso implica, está, no entanto, ciente da sua e da nossa fraqueza. Por isso afirma: “Esse tesouro, trazemo-lo em vasos de barro”. Deste modo, vê-se claramente que a força extraordinária do ministério não vem de nós mas de Deus. O apóstolo relê, sob esta luz a sua vida. E compreende que apesar das tribulações, das ameaças, dos perigos e das dificuldades, nunca foi abandonado por Deus. Pelo contrário, justamente na fraqueza da sua existência manifestou-se ”a própria vida de Jesus”. Na perseguição e no abandono, Paulo viu-se semelhante a Jesus, que “conhece bem o sofrimento”. É a fé que torna o discípulo forte perante a oposição e as adversidades. Por isso, Paulo não foge perante as dificuldades e os perigos, mas proclama sempre o Evangelho: “Acreditei, por isso falei”. Nós, discípulos do Senhor, revestidos com a força da fé, somos chamados a anunciar a todos o Senhor Jesus durante toda a nossa vida: nela deve resplandecer a própria vida de Jesus. O apóstolo aconselha-nos a não perdermos a coragem, a não nos desanimarmos perante a fraqueza e o mal que se abate sobre a nossa vida e sobre o mundo. Se por um lado sentimos a fraqueza do corpo, por outro, devemos reagir para que o homem “interior”, aquele espiritual, se renove todos os dias. O sofrimento de hoje, sobretudo o que nos aflige por causa do Evangelho, não se compara com a glória futura que deverá manifestar-se em nós (cf. Rm 8, 18).


11/04/2013
Oração pela Igreja


Calendário da semana
JUN
25
Domingo, 25 de Junho
Liturgia dominical
JUN
26
Segunda-feira, 26 de Junho
Oração pelos pobres
JUN
27
Terça-feira, 27 de Junho
Oração com Maria, Mãe do Senhor
JUN
28
Quarta-feira, 28 de Junho
Oração com os santos
JUN
29
Quinta-feira, 29 de Junho
Oração dos Apóstolos
JUN
30
Sexta-feira, 30 de Junho
Oração da Santa Cruz
JUL
1
Sábado, 1 de Julho
Oração da vigília
JUL
2
Domingo, 2 de Julho
Liturgia dominical