Riccardi Andrea: na web

Riccardi Andrea: em redes sociais

change language
você está em: home - oraÇÃo - a oração cada dia newsletterlink

Support the Community

  

A oração cada dia


 
versão para impressão

Ícone do Rosto do Senhor
Igreja de Santo Egídio
Roma


Leitura da Palavra de Deus

Aleluia aleluia, aleluia

O Espírito Santo virá sobre ti
Aquele que nascer de ti será santo.

Aleluia aleluia, aleluia

São Marcos 1,21-28

Entraram em Cafarnaúm. Chegado o sábado, veio à sinagoga e começou a ensinar. E maravilhavam-se com o seu ensinamento, pois os ensinava como quem tem autoridade e não como os doutores da Lei. Na sinagoga deles encontrava-se um homem com um espírito maligno, que começou a gritar: «Que tens a ver connosco, Jesus de Nazaré? Vieste para nos arruinar? Sei quem Tu és: o Santo de Deus.» Jesus repreendeu-o, dizendo: «Cala-te e sai desse homem.» Então, o espírito maligno, depois de o sacudir com força, saiu dele dando um grande grito. Tão assombrados ficaram que perguntavam uns aos outros: «Que é isto? Eis um novo ensinamento, e feito com tal autoridade que até manda aos espíritos malignos e eles obedecem-lhe!» E a sua fama logo se espalhou por toda a parte, em toda a região da Galileia.

 

Aleluia aleluia, aleluia

Eis, Senhor, os vossos servos:
Faça-se em nós segundo a vossa palavra

Aleluia aleluia, aleluia

Jesus, com a Sua pequena comunidade de discípulos, entra em Cafarnaum, a maior das cidades da Galileia na altura. E escolhe-a como residência Sua e daquele pequeno grupo de discípulos. Não Se retira para longe, fora da vida comum dos homens. Na verdade, não tinha vindo para Se salvar a Si mesmo, nem para realizar a Sua pessoal perfeição ou a de um pequeno grupo de escolhidos. Pelo contrário, queria salvar todos os homens da solidão e da morte. Por isso, estabelece-Se na cidade mais importante do Norte do País. No entanto, aquele pequeno grupo de pessoas não fica fechado em si mesmo, satisfeito com a própria vida interior. O olhar deles – a começar pelo do Mestre – dirigia-se a toda a cidade, ou melhor, a toda a região. Isto é, é próprio da comunidade cristã não se fechar em si mesmo, mas olhar para a cidade no seu conjunto, vista como uma sociedade de homens que o Evangelho deve fermentar de amor. A comunidade cristã não tem um seu projecto próprio que queira impor a todos. Pelo contrário, é bom que seja respeitada a diversidade e a pluralidade das experiências das responsabilidades. No entanto, a Igreja tem a missão de injectar no tecido da vida da cidade, a força do Evangelho que é a força do amor, da justiça e da paz. O evangelista anota que Jesus dirigiu-Se “logo” para a sinagoga e pôs-Se a ensinar. O primeiro “serviço” que a Igreja presta na cidade é, precisamente, o de anunciar o Evangelho. Jesus não retarda o anúncio; não pára para pensar como alojar devidamente aquela pequena comunidade. Não Se perde na organização. A Sua preocupação mais importante é anunciar o Evangelho. E fá-lo com autoridade, anota o evangelista. Isto é, o Evangelho é uma palavra exigente, ou seja, requer a mudança do coração, transforma profundamente quem O acolhe. Por isso, todos os que O escutavam ficavam maravilhados. Jesus distingue-Se dos mestres do Seu tempo: não dizia só palavras, queria mudar a vida de quem O escutava. E, de que tipo fosse a Sua autoridade, mostrou-nos logo, libertando um homem possuído por um espírito mau. O Evangelho é uma palavra com autoridade porque não oprime; antes pelo contrário, liberta os homens e as mulheres que ainda hoje são possuídos pelos numerosos espíritos maus que tornam a vida angustiosa e triste.


14/01/2014
Oração com Maria, Mãe do Senhor


Calendário da semana
OUT
22
Domingo, 22 de Outubro
Liturgia dominical
OUT
23
Segunda-feira, 23 de Outubro
Oração pelos pobres
OUT
24
Terça-feira, 24 de Outubro
Oração com Maria, Mãe do Senhor
OUT
25
Quarta-feira, 25 de Outubro
Oração com os santos
OUT
26
Quinta-feira, 26 de Outubro
Oração pela Igreja
OUT
27
Sexta-feira, 27 de Outubro
Oração da Santa Cruz
OUT
28
Sábado, 28 de Outubro
Oração dos Apóstolos
OUT
29
Domingo, 29 de Outubro
Liturgia dominical