Riccardi Andrea: na web

Riccardi Andrea: em redes sociais

change language
você está em: home - oraÇÃo - a oração cada dia newsletterlink

Support the Community

  

A oração cada dia


 
versão para impressão

Ícone do Rosto do Senhor
Igreja de Santo Egídio
Roma

Para os muçulmanos inicia o mês do Ramadão.


Leitura da Palavra de Deus

Aleluia aleluia, aleluia

Vós sois uma geração escolhida
um sacerdócio real, uma nação santa,
povo resgatado por Deus
para proclamar as suas maravilhas.

Aleluia aleluia, aleluia

II Coríntios 9,6-11

Ficai sabendo:
Quem pouco semeia,
também pouco colherá;
mas quem semeia com generosidade,
com generosidade também colherá.

Cada um dê como dispôs em seu coração, sem tristeza nem constrangimento, pois Deus ama quem dá com alegria. E Deus tem poder para vos cumular de toda a espécie de graça, para que, tendo sempre e em tudo quanto vos é necessário, ainda vos sobre para as boas obras de todo o género. Como está escrito:
Distribuiu, deu aos pobres;
a sua justiça permanece para sempre.

Aquele que dá a semente ao semeador e o pão em alimento, também vos dará a semente em abundância e multiplicará os frutos da vossa justiça. Assim, sereis enriquecidos em tudo, para exercer toda a espécie de generosidade que suscitará, por nosso intermédio, a acção de graças a Deus.

 

Aleluia aleluia, aleluia

Vós sereis santos,
porque Eu sou santo, diz o Senhor.

Aleluia aleluia, aleluia

Com este trecho, termina a parte que o apóstolo reservou à colecta a favor da comunidade de Jerusalém. São bem dois capítulos e Paulo finaliza-os insistindo na generosidade em dar e, sobretudo, na alegria de o fazer. A avareza é sinal de coração cheio de si mesmo, de coração árido, de homens e de mulheres que têm medo de perderem o que possuem. Mas assim, afastam-se decididamente do Evangelho. Na verdade, já o Deuteronómio a respeito do irmão necessitado escrevia: “Quando lhe deres alguma coisa, não o faças de má vontade” (15, 10). E o salmista que Paulo cita canta: “Ele distribuiu e deu aos pobres; a sua justiça permanece para sempre” (v. 9). A generosidade e a alegria no dar, que caracterizam a solidariedade cristã, libertam o coração da escravidão do possuir e tornam-no mais semelhante ao de Jesus que “tinha a condição divina, mas não Se apegou à sua igualdade com Deus, mas esvaziou-Se a Si mesmo” (Fl 2, 6-7), como escreverá Paulo aos Filipenses. A generosidade enriquece aquele que dá e sobre ele faz cair as bênçãos de Deus e as orações daqueles que recebem. É uma convicção comum junto dos Pais da Igreja de que os pobres serão os nossos intercessores junto de Deus. E a esmola que lhes damos torna-se num tesouro que depositamos no Céu. É verdade, o que damos aos pobres regressa para as mãos de Deus, no Céu. Por isso, o apóstolo sugere que o peditório é um serviço santo que é feito a Deus. Não se trata, na verdade, de um simples acto de solidariedade e de partilha, mas da resposta à graça de Deus, de quem tudo recebemos. Jesus tinha dito: “Dai e dar-se-vos-á; colocarão nos vossos braços uma boa medida, calcada, sacudida, transbordante. Porque a mesma medida que usardes para os outros será usada para vós” (Lc 6, 38). Não tenhamos medo de dar com generosidade e alegria, porque ao dar, encontraremos a recompensa da graça de Deus. O Senhor deu-nos os Seus bens não para que os guardemos para nós, mas para que os possamos dar, com generosidade, para a alegria de todos, em particular, dos pobres.


17/06/2015
Oração com os santos


Calendário da semana
JUN
25
Domingo, 25 de Junho
Liturgia dominical
JUN
26
Segunda-feira, 26 de Junho
Oração pelos pobres
JUN
27
Terça-feira, 27 de Junho
Oração com Maria, Mãe do Senhor
JUN
28
Quarta-feira, 28 de Junho
Oração com os santos
JUN
29
Quinta-feira, 29 de Junho
Oração dos Apóstolos
JUN
30
Sexta-feira, 30 de Junho
Oração da Santa Cruz
JUL
1
Sábado, 1 de Julho
Oração da vigília
JUL
2
Domingo, 2 de Julho
Liturgia dominical