Riccardi Andrea: na web

Riccardi Andrea: em redes sociais

change language
você está em: home - oraÇÃo - a oração cada dia newsletterlink

Support the Community

  

A oração cada dia


 
versão para impressão

Ícone do Rosto do Senhor
Igreja de Santo Egídio
Roma

Memoria de Santa Madre Teresa de Calcutá, morta em 1997.


Leitura da Palavra de Deus

Aleluia aleluia, aleluia

O Espírito Santo virá sobre ti
Aquele que nascer de ti será santo.

Aleluia aleluia, aleluia

Actos dos Apóstolos 8,9-25

Encontrava-se na cidade um homem chamado Simão, que praticava a magia e assombrava o povo de Samaria, dizendo ser ele próprio algo de grande. Do mais pequeno ao maior, todos acreditavam nele. «Este homem, diziam, é a Força de Deus, chamada a grande.» Acreditavam nele porque, havia bastante tempo, tinham-se deixado entusiasmar pelas suas habilidades mágicas. Mas, quando acreditaram em Filipe, que lhes anunciava a Boa-Nova do Reino de Deus e do nome de Jesus Cristo, homens e mulheres começaram a receber o baptismo. O próprio Simão também acreditou e, depois de baptizado, andava sempre com Filipe; e, ao ver os grandes milagres e portentos que ele fazia, ficava assombrado. Quando os Apóstolos, que estavam em Jerusalém, tiveram conhecimento de que a Samaria recebera a palavra de Deus, enviaram para lá Pedro e João. Estes desceram até lá e oraram pelos samaritanos para eles receberem o Espírito Santo. Na verdade, não descera ainda sobre nenhum deles, pois tinham apenas recebido o baptismo em nome do Senhor Jesus. Pedro e João iam, então, impondo as mãos sobre eles, e recebiam o Espírito Santo. Ao ver que o Espírito Santo era dado pela imposição das mãos dos Apóstolos, Simão ofereceu-lhes dinheiro, dizendo: «Dai-me também a mim esse poder, para que aquele a quem eu impuser as mãos receba o Espírito Santo.» Mas Pedro replicou: «Vá contigo o teu dinheiro para a perdição, pois julgaste comprar o Dom de Deus com dinheiro. Neste assunto, não tens parte, nem herança, pois o teu coração não é recto diante de Deus. Arrepende-te, portanto, da tua má intenção e roga ao Senhor que te perdoe - se for possível - o projecto do teu coração. Vejo-te, efectivamente, a transbordar de fel e nos laços da iniquidade.» Simão respondeu: «Intercedei vós mesmos por mim junto do Senhor, para que não me aconteça nada do que acabais de dizer.» Quanto aos Apóstolos, depois de terem dado o seu testemunho e
anunciado a palavra do Senhor, regressaram a Jerusalém, proclamando a Boa-Nova a muitas aldeias da Samaria.

 

Aleluia aleluia, aleluia

Eis, Senhor, os vossos servos:
Faça-se em nós segundo a vossa palavra

Aleluia aleluia, aleluia

Havia, na capital da Samaria, um mago de nome Simão, que via que o seu trabalho estava a ser assediado pela acção de Filipe que atraía muita gente. No entanto, também ficou fascinado ao ponto de chegar a pedir que fosse baptizado. E começou a frequentar assiduamente Filipe pensando assim de lhe poder roubar os segredos para depois se poder servir deles a seu prazer e, sobretudo, para seu proveito. Mas o Evangelho não pode servir os próprios interesses, por mais nobres que sejam e, muito menos, pode ser utilizado a favor do próprio protagonismo. Simão, o mago, pensava que o Evangelho, mais do que uma dádiva que deve ser acolhida com disponibilidade, podia ser comprado e possuído para perseguir o próprio interesse. Apresentou-se por isso a Pedro, que foi a Samaria com João para visitar e confirmar aquela prometedora comunidade, dizendo-lhe que lhe pagaria o que ele quisesse para ele ter também o mesmo poder. Pedro indignou-se e disse-lhe severamente: “Que tu pereças juntamente com o teu dinheiro”. O amor do Senhor não se compra, é gratuito, e assim a Sua força e o Seu poder. A compra e venda não têm nenhum espaço no campo da fé e do amor. Esta página dos Actos, numa sociedade como a nossa, onde os relacionamentos são caracterizados pelo dar e pelo haver, mostra claramente como a gratuidade do Evangelho seja um tesouro impagável; também porque é destinado a todos, em particular aos pobres que, por sua vez, nunca o poderiam comprar. Todos nós podemos acolher a dádiva do Evangelho e saboreá-l’O. É a nossa salvação e a do mundo.


05/09/2017
Oração com Maria, Mãe do Senhor


Calendário da semana
NOV
19
Domingo, 19 de Novembro
Liturgia dominical
NOV
20
Segunda-feira, 20 de Novembro
Oração pela Paz
NOV
21
Terça-feira, 21 de Novembro
Oração com Maria, Mãe do Senhor
NOV
22
Quarta-feira, 22 de Novembro
Oração com os santos
NOV
23
Quinta-feira, 23 de Novembro
Oração pela Igreja
NOV
24
Sexta-feira, 24 de Novembro
Oração da Santa Cruz
NOV
25
Sábado, 25 de Novembro
Oração da vigília
NOV
26
Domingo, 26 de Novembro
Liturgia dominical