Riccardi Andrea: na web

Riccardi Andrea: em redes sociais

change language
você está em: home - oraÇÃo - a oração cada dia newsletterlink

Support the Community

  

A oração cada dia


 
versão para impressão

Ícone do Rosto do Senhor
Igreja de Santo Egídio
Roma

Recordação dos atentados terroristas de 2001 nos EUA; memória das vítimas do terrorismo e da violência e oração pela paz.


Leitura da Palavra de Deus

Aleluia aleluia, aleluia

Eis o Evangelho dos pobres, a libertação dos prisioneiros,
a vista dos cegos, a libertação dos oprimidos

Aleluia aleluia, aleluia

Actos dos Apóstolos 9,10-19

Havia em Damasco um discípulo chamado Ananias. O Senhor disse-lhe numa visão: «Ananias!» Respondeu: «Aqui estou, Senhor.» O Senhor prosseguiu: «Levanta-te, vai à casa de Judas, na rua Direita, e pergunta por um homem chamado Saulo de Tarso, que está a orar neste momento.» Saulo, entretanto, viu numa visão um homem, de nome Ananias, entrar e impor-lhe as mãos para recobrar a vista. Ananias respondeu: «Senhor, tenho ouvido muita gente falar desse homem e a contar todo o mal que ele tem feito aos teus santos, em Jerusalém. E agora está aqui com plenos poderes dos sumos sacerdotes, para prender todos quantos invocam o teu nome.» Mas o Senhor disse-lhe: «Vai, pois esse homem é instrumento da minha escolha, para levar o meu nome perante os pagãos, os reis e os filhos de Israel. Eu mesmo lhe hei-de mostrar quanto ele tem de sofrer pelo meu nome.» Então, Ananias partiu, entrou na dita casa, impôs as mãos sobre ele e disse: «Saulo, meu irmão, foi o Senhor que me enviou, esse Jesus que te apareceu no caminho em que vinhas, para recobrares a vista e ficares cheio do Espírito Santo.» Nesse instante, caíram-lhe dos olhos uma espécie de escamas e recuperou a vista. Depois, levantou-se e recebeu o baptismo. Depois de se ter alimentado, voltaram-lhe as forças e passou alguns dias com os discípulos, em Damasco.

 

Aleluia aleluia, aleluia

O Filho do Homem veio para servir
quem quiser ser grande, faça-se servo de todos

Aleluia aleluia, aleluia

O turista que entra hoje em Damasco, pela porta de Tomé depara-se quase logo com o início da rua Direita, a estrada principal da cidade velha. É a estrada de que falam os Actos; é precisamente naquela zona que uma antiga tradição coloca a casa de Ananias para onde Paulo foi levado mal chegou à cidade. O autor narra o susto inicial de Ananias e, depois, o espanto ao ouvir a notícia da chegada de Paulo, que ele considerava um dos inimigos jurados da jovem comunidade cristã. Todavia, avisado pelo Espírito, mal vê Saulo vai ao seu encontro e diz-lhe: “Saulo, meu irmão”. Para Ananias, Saulo de Tarso deixou de ser um inimigo e tornou-se num irmão. É a força do encontro no nome da fraternidade. É verdade, encontrar o próximo sentindo-o como irmão dá ao encontro uma eficácia de transformação extraordinária. Aquele abraço chega ao coração do perseguidor, junta-se ao seu arrependimento e chega ao ponto de recuperar a vista. Os cristãos de Damasco tornaram-se, também para ele, irmãos. O orgulho e a violência que antes lhe dominavam o coração tinham-no ofuscado. O Senhor curou-o no profundo do coração. Paulo que se tinha encontrado pessoalmente, ainda que através de uma visão, com Jesus ressuscitado, precisa agora de um irmão que o ajude a abrir completamente os olhos, os do coração e os do corpo. Ananias, que o tinha abraçado como a um irmão, explica-lhe agora as Escrituras e introdu-lo no caminho da comunidade. Sempre que a Palavra de Deus nos é anunciada na comunidade dos irmãos, somos como que chamados por nome, isto é, exortados a fazer nossa a Palavra escutada e a entrar na vida da fraternidade. É uma experiência pessoal e gratuita, tal como pessoal e gratuita é a resposta que, no entanto, se enquadra sempre num contexto eclesiástico. O Evangelho muda a vida porque arrebata-a da solidão radical introduzindo-a na comunidade do Ressuscitado.


11/09/2017
Oração pelos pobres


Calendário da semana
NOV
12
Domingo, 12 de Novembro
Liturgia dominical
NOV
13
Segunda-feira, 13 de Novembro
Oração pelos pobres
NOV
14
Terça-feira, 14 de Novembro
Oração com Maria, Mãe do Senhor
NOV
15
Quarta-feira, 15 de Novembro
Oração com os santos
NOV
16
Quinta-feira, 16 de Novembro
Oração pela Igreja
NOV
17
Sexta-feira, 17 de Novembro
Oração da Santa Cruz
NOV
18
Sábado, 18 de Novembro
Oração da vigília
NOV
19
Domingo, 19 de Novembro
Liturgia dominical