Riccardi Andrea: na web

Riccardi Andrea: em redes sociais

change language
você está em: home - oraÇÃo - a oração cada dia newsletterlink

Support the Community

  

A oração cada dia


 
versão para impressão

Ícone do Rosto do Senhor
Igreja de Santo Egídio
Roma


Leitura da Palavra de Deus

Aleluia aleluia, aleluia

Eu sou o Bom Pastor,
minha voz as ovelhas escutam,
E serão um só rebanho e um só Pastor.

Aleluia aleluia, aleluia

Actos dos Apóstolos 17,1-14

Passando por Anfípole e Apolónia, chegaram a Tessalónica, onde os judeus tinham uma sinagoga. Segundo o seu costume, Paulo foi lá procurá-los e, durante três sábados, discutiu com eles acerca das Escrituras, explicando-as e provando que o Messias tinha de sofrer e de ressuscitar dos mortos. «E o Messias - dizia ele - é este Jesus que vos anuncio.» Alguns deles ficaram convencidos e reuniram-se a Paulo e Silas, bem como grande número de crentes gregos e muitas mulheres de categoria social. Mas os judeus, cheios de inveja, aliciaram alguns indivíduos da escória do povo, provocaram ajuntamentos e espalharam a agitação pela cidade. Assaltaram a casa de Jasão, à procura de Paulo e Silas, para os levarem à assembleia do povo. Não os tendo encontrado, arrastaram Jasão e alguns dos irmãos à presença dos politarcas, gritando: «Aqui estão os homens que alvoroçaram o mundo inteiro, e Jasão recebeu-os em sua casa. Todos eles estão em oposição aos éditos de César, pois afirmam que há outro rei, Jesus.» Impressionaram de tal maneira o povo e os politarcas com os seus clamores, que estes só depois de exigirem uma caução de Jasão e dos outros, os libertaram. Os irmãos fizeram com que Paulo e Silas partissem imediatamente, de noite, para Bereia. Ao chegarem, dirigiram-se à sinagoga dos judeus. Estes tinham sentimentos mais nobres do que os de Tessalónica, e acolheram a palavra com maior interesse. Examinavam diariamente as Escrituras para verificarem se tudo era, de facto, assim. Muitos deles abraçaram a fé, bem como, de entre os gregos, senhoras das mais distintas e não poucos homens. Mas, quando os judeus de Tessalónica souberam que Paulo também anunciava a palavra de Deus em Bereia, foram lá provocar a agitação e a discórdia entre o povo. Os irmãos convenceram Paulo a partir em direcção ao mar. Quanto a Silas e a Timóteo, ficaram lá.

 

Aleluia aleluia, aleluia

Eu vos dou um mandamento novo:
amai-vos uns aos outros!

Aleluia aleluia, aleluia

Paulo chega a Tessalónica, capital da província romana da Macedónia e entra como, de costume, na sinagoga. Era um importante centro político, económico, cultural e religioso. Paulo (juntamente com Silas e Timóteo), durante três sábados consecutivos, partindo das Escrituras, anuncia aos presentes que “o Messias é este Jesus que eu vos anuncio”. Também aí, alguns ouvintes deixaram-se tocar no coração pela pregação de Paulo. Ou melhor, unem-se a eles também gregos e mulheres de famílias da alta sociedade. Por sua vez, há também um outro grupo de hebreus que levado pela inveja devido ao sucesso que Paulo continua a ter, provoca um tumulto contra ele obrigando-o a fugir para Bereia com os seus companheiros. Aqui, eles são acolhidos pelos hebreus do sítio com um espírito de grande abertura. Infelizmente, os da Tessalónica ao saberem disso transferem-se para a cidade provocando, também aí, grande alvoroço. Como se pode ver claramente, o início da Igreja em terras da Europa é, para o apóstolo Paulo, uma dolorosa sequência de amargas experiências. A acusa que se repete, é a de provocar desordens públicas e de rebelião contra o Estado. É o caminho de sempre da Igreja e de toda a comunidade cristã. No entanto, o Senhor prometeu que nunca abandonará os discípulos e não deixará que lhes falte a ajuda. Estas páginas dos Actos dizem-nos que a vida cristã é sempre uma vida de luta contra o mal. Porém, sabemos que a consolação que nasce da amizade com o Senhor faz ultrapassar qualquer dificuldade e obstáculo.


19/10/2017
Oração pela Igreja


Calendário da semana
NOV
19
Domingo, 19 de Novembro
Liturgia dominical
NOV
20
Segunda-feira, 20 de Novembro
Oração pela Paz
NOV
21
Terça-feira, 21 de Novembro
Oração com Maria, Mãe do Senhor
NOV
22
Quarta-feira, 22 de Novembro
Oração com os santos
NOV
23
Quinta-feira, 23 de Novembro
Oração pela Igreja
NOV
24
Sexta-feira, 24 de Novembro
Oração da Santa Cruz
NOV
25
Sábado, 25 de Novembro
Oração da vigília
NOV
26
Domingo, 26 de Novembro
Liturgia dominical