Riccardi Andrea: na web

Riccardi Andrea: em redes sociais

change language
você está em: home - oraÇÃo - a oração cada dia newsletterlink

Support the Community

  

A oração cada dia


 
versão para impressão

Ícone do Rosto do Senhor
Igreja de Santo Egídio
Roma

Festa da Imaculada Concepção de Maria


Leitura da Palavra de Deus

Aleluia aleluia, aleluia

O Espírito Santo virá sobre ti
Aquele que nascer de ti será santo.

Aleluia aleluia, aleluia

São Lucas 1,26-38

Ao sexto mês, o anjo Gabriel foi enviado por Deus a uma cidade da Galileia chamada Nazaré, a uma virgem desposada com um homem chamado José, da casa de David; e o nome da virgem era Maria. Ao entrar em casa dela, o anjo disse-lhe: «Salve, ó cheia de graça, o Senhor está contigo.» Ao ouvir estas palavras, ela perturbou-se e inquiria de si própria o que significava tal saudação. Disse-lhe o anjo: «Maria, não temas, pois achaste graça diante de Deus. Hás-de conceber no teu seio e dar à luz um filho, ao qual porás o nome de Jesus. Será grande e vai chamar-se Filho do Altíssimo. O Senhor Deus vai dar-lhe o trono de seu pai David, reinará eternamente sobre a casa de Jacob e o seu reinado não terá fim.» Maria disse ao anjo: «Como será isso, se eu não conheço homem?» O anjo respondeu-lhe: «O Espírito Santo virá sobre ti e a força do Altíssimo estenderá sobre ti a sua sombra. Por isso, aquele que vai nascer é Santo e será chamado Filho de Deus. Também a tua parente Isabel concebeu um filho na sua velhice e já está no sexto mês, ela, a quem chamavam estéril, porque nada é impossível a Deus.» Maria disse, então: «Eis a serva do Senhor, faça-se em mim segundo a tua palavra.» E o anjo retirou-se de junto dela.

 

Aleluia aleluia, aleluia

Eis, Senhor, os vossos servos:
Faça-se em nós segundo a vossa palavra

Aleluia aleluia, aleluia

Com a aproximação do Natal, a liturgia vem ao nosso encontro com esta festa em honra da Mãe de Jesus. A Virgem Maria torna-se para nós um exemplo de como viver este tempo do Advento, de como aguardar o Senhor que está para nascer no meio de nós. O Evangelho de Lucas apresenta-nos uma moça de uma pequena aldeia da Galileia, Nazaré, na extrema periferia do Império romano. Era como todas, vivia uma vida normal na sua aldeia. E, no entanto, sobre Ela se pousou o olhar do Senhor. Na festa de hoje, recordamos a concepção de Maria sem pecado, isto é, sem a mancha da culpa original e, portanto, sem o drama do afastamento de Deus, próprio de Adão e Eva e de todos nós. É uma festa antiga, chamada "Concepção de Maria". Mas quando em 1854 Pio IX proclamou o dogma da Imaculada Conceição, a festa assumiu este nome.
Maria era, certamente, uma pessoa como todas as outras; e, no entanto, sobre Ela se pousou o olhar de Deus de um modo muito particular. Para Ela, não existiu aquele afastamento encarnado pelo pecado original. Na verdade, desde o início, foi escolhida para ser a Mãe de Jesus. Por isso, Aquela que viria a ser a Mãe do Seu Filho, não podia estar afastada de Deus. Recebeu por isso o dom de nascer Imaculada, sem nenhum pecado nem mancha. Não foi um mérito próprio, mas um milagre. O Senhor preparou nela uma morada digna para o Seu Filho. O amor ao Filho protegeu, portanto, a Mãe. Este mistério de Maria não nos é alheio. Na verdade, tal como Deus pousou n'Ela o Seu olhar no momento em que foi concebida, do mesmo modo, fê-lo connosco.
O apóstolo Paulo escreve: "Ele nos escolheu em Cristo antes de criar o mundo, para que sejamos santos e sem defeito" (Ef 1, 4). Maria, e nós com Ela, fomos escolhidos por Deus ainda antes da Criação; e fomos escolhidos por sermos santos e sem mancha. Não é por acaso que o apóstolo diz "fomos escolhidos" e não "escolhemos". Somos fruto do amor de Deus; o Seu amor pensa em nós e nós vimos à luz. Os pais entram neste processo de amor. O nosso nome inicia no coração de Deus e nele vive para sempre. Eis o motivo porque acreditamos que a vida é santa, desde o início e para sempre. O Senhor nunca se esquece do nosso nome e ai daquele que o quiser apagar! Todos nós estamos no coração de Deus. Nesta festa, contemplamos a grandeza do amor do Senhor e as maravilhas que Ele consegue realizar, se não trairmos esta predilecção de Deus tal como, precisamente, Maria não traiu. Ela nunca se afastou daquele amor: feita para se tornar na Mãe de Jesus, Maria aceitou plenamente essa vocação. E não era nem fácil para Ela e nem um facto adquirido.
Quando o anjo Lhe disse que era cheia de graça, Maria perturbou-Se. Não tinha uma grande consideração por Si mesma. Sentia-se nada diante de Deus, ao contrário de nós que, geralmente, temos um elevado conceito de nós mesmos. É precisamente esse o nó do pecado original: conceber-se livres de Deus, longe do Seu amor. Nisto consiste o pecado original que está precisamente na origem do mal no mundo. Maria não se exalta com o anúncio do anjo. Perturba-Se, anota o evangelista. É assim que deveria acontecer connosco sempre que ouvimos o Evangelho, não a exaltação de nós mesmos, mas a escuta de um Outro. É preciso que deixemos que o Senhor toque o nosso coração; essa é que é a perturbação. O anjo conforta-A: "Não tenhas medo Maria porque encontraste graça diante de Deus. Conceberás um filho... e dar-lhe-ás o nome de Jesus" (v. 30). Na verdade, esse anúncio perturba-A ainda mais, sobretudo porque ainda não vivia com José. O anjo acrescenta: "O Espírito Santo virá sobre Ti e o poder do Altíssimo Te cobrirá com a sua sombra" (v. 35). Maria ouve e obedece: "Eis a escrava do Senhor; faça-se em mim segundo a tua palavra" (v. 38). Aquela moça de Nazaré, a primeira amada por Deus, é também a primeira a responder "sim" à chamada de Deus. Agora está perante nós, perante os olhos do nosso coração, para que contemplando-A a possamos imitar, para podermos receber também nós o terno abraço do Filho que nos enche o coração e a vida.


08/12/2011
Oração com Maria, Mãe do Senhor


Calendário da semana
NOV
27
Domingo, 27 de Novembro
Liturgia dominical
NOV
28
Segunda-feira, 28 de Novembro
Oração pelos pobres
NOV
29
Terça-feira, 29 de Novembro
Oração com Maria, Mãe do Senhor
NOV
30
Quarta-feira, 30 de Novembro
Oração dos Apóstolos
DEZ
1
Quinta-feira, 1 de Dezembro
Oração pela Igreja
DEZ
2
Sexta-feira, 2 de Dezembro
Oração da Santa Cruz
DEZ
3
Sábado, 3 de Dezembro
Oração da vigília
DEZ
4
Domingo, 4 de Dezembro
Liturgia dominical

Per Natale, regala il Natale! Aiutaci a preparare un vero pranzo in famiglia per i nostri amici più poveri