Riccardi Andrea: na web

Riccardi Andrea: em redes sociais

change language
você está em: home - oraÇÃo - a oração cada dia newsletterlink

Support the Community

  

A oração cada dia


 
versão para impressão

Ícone do Rosto do Senhor
Igreja de Santo Egídio
Roma


Leitura da Palavra de Deus

Aleluia aleluia, aleluia

O Espírito Santo virá sobre ti
Aquele que nascer de ti será santo.

Aleluia aleluia, aleluia

I Crônicas 16,1-43

Conduziram, pois, a Arca de Deus e colocaram-na no meio da tenda que David tinha levantado, e ofereceram na presença de Deus holocaustos e sacrifícios de comunhão. Depois da oferta dos holocaustos e sacrifícios de comunhão, David abençoou o povo em nome do Senhor. Depois distribuiu a todos os israelitas, homens e mulheres, um pão, um pedaço de carne e um bolo de uvas passas a cada um. David colocou diante da Arca do Senhor levitas encarregados do serviço, a fim de invocarem, celebrarem e louvarem o Senhor, Deus de Israel. Eram eles: Asaf, o chefe; Zacarias, o segundo depois dele; logo a seguir, Aziel, Chemiramot, Jeiel, Matatias, Eliab, Benaías, Obededom; Jaiel estava encarregado das harpas e das cítaras, enquanto Asaf fazia vibrar os címbalos. Os sacerdotes Benaías e Jaziel tocavam continuamente a trombeta diante da Arca da aliança de Deus. Naquele dia, David encarregou Asaf e os seus irmãos de cantarem este cântico em louvor do Senhor: «Louvai o Senhor, aclamai o seu
nome,
anunciai entre os povos as suas obras.

Cantai-lhe hinos e salmos,
proclamai todas as suas maravilhas.

Gloriai-vos no seu nome santo,
alegre-se o coração dos que procuram o Senhor!

Recorrei ao Senhor e ao seu poder,
buscai sempre a sua face.

Recordai as maravilhas que Ele fez,
os seus prodígios e as sentenças da sua boca,

ó descendentes de Israel, seu servo,
filhos de Jacob, seu escolhido!

É Ele o Senhor nosso Deus,
e governa sobre toda a terra.

Recordai sempre a sua aliança,
e a promessa que jurou manter por mil gerações,

o pacto que estabeleceu com Abraão,
o juramento que fez a Isaac.

Confirmou-o como um preceito para Jacob,
como aliança eterna para Israel,

dizendo: ‘Eu te darei a terra de Canaã,
como a parte que vos cabe em herança.’

Vós éreis, então, um pequeno número,
uma minoria de estrangeiros no país,

emigrando de nação em nação,
e passando de um reino a outro.

Ele não permitiu que ninguém os oprimisse
e castigou reis por causa deles:

‘Não toqueis nos meus ungidos,
não maltrateis os meus profetas!’

Cantai ao Senhor, terra inteira,
proclamai, dia após dia, a sua salvação.

Anunciai aos pagãos a sua glória
e as suas maravilhas a todos os povos.

Pois o Senhor é grande, digno de todo o louvor,
e mais temível que todos os deuses.

Todos os deuses dos pagãos são apenas ídolos,
mas o Senhor criou os céus.

Na sua presença há majestade e esplendor,
poder e magnificência no seu santuário.

Ó famílias dos povos, dai ao Senhor,
dai ao Senhor glória e honra,

Dai ao Senhor a glória do seu nome.
Trazei oferendas, vinde à sua presença,
prostrai-vos perante o Senhor com vestes sagradas.

Trema diante dele a terra inteira!
Pois a terra está firme, não vacila.

Alegrem-se os céus e rejubile a terra;
proclamai entre as nações: ‘O Senhor é rei!’

Ressoe o mar e tudo o que ele contém,
alegrem-se os campos e tudo o que neles existe.

Exultem as árvores da floresta
diante do Senhor que vem,
que vem para governar a terra.

Dai graças ao Senhor, porque Ele é bom,
pois é eterno o seu amor!

Dizei: ‘Salva-nos, ó Deus nosso salvador!
Reúne-nos e liberta-nos de entre os pagãos,
para darmos graças ao teu santo nome,
e celebrarmos os teus louvores.’

Bendito seja o Senhor, Deus de Israel,
pelos séculos dos séculos.» David deixou ali, diante da Arca da aliança do Senhor, Asaf e os seus irmãos para continuamente servirem diante da Arca, segundo o seu dever de cada dia, e também Obededom, filho de Jedutun, Hossa e seus irmãos, em número de sessenta e oito, como porteiros. David deixou igualmente o sacerdote Sadoc e os sacerdotes seus irmãos diante do tabernáculo do Senhor, no lugar alto de Guibeon, para oferecerem holocaustos ao Senhor no altar dos holocaustos, continuamente, de manhã e à tarde, e cumprir tudo o que está escrito na Lei que o Senhor deu a Israel. Com eles estavam Heman, Jedutun e os outros que foram escolhidos e designados pelos seus nomes para louvar o Senhor, pois o seu amor é eterno. Tinham consigo trombetas e címbalos para tocar, e instrumentos para entoar os cânticos de Deus. Os filhos de Jedutun estavam encarregados da guarda da porta. Depois, todo o povo regressou às suas casas e David voltou para abençoar a sua casa.


 

Aleluia aleluia, aleluia

Eis, Senhor, os vossos servos:
Faça-se em nós segundo a vossa palavra

Aleluia aleluia, aleluia

O texto começa com a entrada da Arca na tenda que David tinha construído para Ela. A Arca é colocada no centro. Obviamente não é apenas um centro físico, quanto o centro da própria vida do povo de Israel, o centro das suas preocupações. O autor das Crónicas retoma a narração presente no segundo livro de Samuel no capítulo 12, introduzindo importantes modificações não só de ordem literária mas também e, sobretudo, cultural e teológico. É neste horizonte que se compreende a introdução dos levitas como responsáveis do culto e o esplendor da cerimónia que termina com um banquete ritual: "Tendo acabado de oferecer os holocaustos e os sacrifícios de comunhão, David abençoou o povo em nome do Senhor. Em seguida, mandou dar a cada um dos israelitas, homens e mulheres, um pão, carne assada e um bolo de passas" (vv. 2-3). É uma celebração que edifica aqueles que nela participam como povo santo de Deus: depois dos sacrifícios ao Senhor, o povo é abençoado e participa a seguir, a uma refeição comum com parte das vítimas destinada, precisamente, a todos os que participam no ritual. É fácil pensar no que acontece na Igreja - em plenitude em relação a quanto aqui narrado - com a celebração da Eucaristia. O gesto ritual envolve, de qualquer modo, toda a assembleia. No entanto, David confia aos levitas o ministério permanente do culto diante da Arca. Eles estão encarregados não só de transportar a Arca, mas também de guardá-l’A e de glorificar e de louvar o Senhor, ininterruptamente. Deixou-os: "Para garantirem o serviço contínuo diante da Arca, conforme o ritual quotidiano" (v. 37). De realçar também a importância que é dada ao canto e à música na oração de louvor que os levitas deviam exercer quotidianamente. E já naquele dia, os levitas foram encarregados de cantar um salmo diante da Arca para louvar o Senhor. É um hino composto por fragmentos de vários salmos. Os levitas exortam os presentes a agradecerem o Senhor por todas as Suas obras e pelas maravilhas que realizou a favor deles: "Celebrai o Senhor, invocai o seu nome, anunciai entre os povos as suas façanhas... Recordai as maravilhas que Ele fez" (vv. 8 e 12). Daqui a exortação em reconhecê-l’O como o Deus deles: "O Senhor é o nosso Deus... Lembrai-vos para sempre da sua aliança, da palavra empenhada por mil gerações" (vv. 14-15). O canto torna-se, portanto, numa exortação aos israelitas para não se esquecerem da protecção e da salvação que Ele lhes dispensou (vv. 16-21). Não só "não deixou que ninguém os oprimisse" (v. 21), mas dirigindo-se aos outros povos, acrescenta: "Não toqueis nos meus ungidos! Não façais mal aos meus profetas!" (v. 22). O autor termina a citação do Salmo 105 e inicia o trecho do Salmo 96. É a exortação a Israel para que conte a todo o mundo as maravilhas realizadas pelo Senhor. "Anuncia a sua glória entre as nações" (v. 24). Mas o olhar alarga-se para todos os povos: "Aclamai o Senhor, famílias dos povos, aclamai a glória e o poder... apresentai-vos a Ele trazendo ofertas, adorai o Senhor no seu átrio sagrado" (vv. 28-29). E o cantor termina louvando o amor e a bondade de Deus: "Agradecei ao Senhor, porque Ele é bom, porque o seu amor é para sempre" (v. 34). Terminada a oração de louvor, David deixou aos levitas a tarefa de continuarem o culto diante da Arca posta no centro da tenda, enquanto todos regressavam às próprias casas, incluído David.


25/09/2012
Oração com Maria, Mãe do Senhor


Calendário da semana
DEZ
4
Domingo, 4 de Dezembro
Liturgia dominical
DEZ
5
Segunda-feira, 5 de Dezembro
Oração pelos doentes
DEZ
6
Terça-feira, 6 de Dezembro
Oração com Maria, Mãe do Senhor
DEZ
7
Quarta-feira, 7 de Dezembro
Oração com os santos
DEZ
8
Quinta-feira, 8 de Dezembro
Festa da Imaculada Conceição
DEZ
9
Sexta-feira, 9 de Dezembro
Oração da Santa Cruz
DEZ
10
Sábado, 10 de Dezembro
Oração da vigília
DEZ
11
Domingo, 11 de Dezembro
Liturgia dominical

Per Natale, regala il Natale! Aiutaci a preparare un vero pranzo in famiglia per i nostri amici più poveri