Riccardi Andrea: na web

Riccardi Andrea: em redes sociais

change language
você está em: home - oraÇÃo - a oração cada dia newsletterlink

Support the Community

  

A oração cada dia


 
versão para impressão

Ícone do Rosto do Senhor
Igreja de Santo Egídio
Roma


Leitura da Palavra de Deus

Aleluia aleluia, aleluia

Eis o Evangelho dos pobres, a libertação dos prisioneiros,
a vista dos cegos, a libertação dos oprimidos

Aleluia aleluia, aleluia

I Crônicas 28,1-10.20-21

David reuniu em Jerusalém todos os chefes de Israel: os chefes de tribos, os chefes de divisões ao serviço do rei, os chefes de milhares e os chefes de centenas, os intendentes de todos os bens e dos rebanhos do rei e dos seus filhos, assim como os cortesãos, os heróis e todos os soldados valentes. O rei David, de pé, disse-lhes:
«Escutai-me, meus irmãos e meu povo: Eu tinha intenção de construir uma casa para a Arca da aliança do Senhor e para estrado dos pés do nosso Deus, e fiz os preparativos para esta construção.

Mas Deus disse-me: ‘Não edificarás uma casa ao meu nome, porque és guerreiro e derramaste sangue.’

O Senhor, Deus de Israel, escolheu-me do meio de toda a minha família para ser rei de Israel para sempre. Pois Ele escolheu Judá como chefe e, na casa de Judá, a família de meu pai e, entre os filhos de meu pai, escolheu-me a mim para reinar sobre todo o Israel.

De entre todos os meus filhos - pois o Senhor deu-me muitos - escolheu o meu filho Salomão, para se sentar sobre o trono da realeza do Senhor e reinar sobre Israel.

Ele disse-me: ‘É teu filho Salomão quem construirá a minha casa e os meus átrios, porque Eu escolhi-o por filho e serei para ele um pai.

Firmarei para sempre o seu reino, se ele continuar como hoje a cumprir os meus mandamentos e as minhas ordens.’

Agora, diante de todo o Israel, assembleia do Senhor, e na presença do nosso Deus, guardai e observai comigo todos os mandamentos do Senhor, nosso Deus, a fim de possuirdes este excelente país, deixando-o aos vossos filhos, que vos seguirão para sempre.

E tu, Salomão, meu filho, conhece o Deus de teu pai e serve-o com um coração leal e alma generosa, pois Ele perscruta todos os corações e penetra todos os desígnios e todos os pensamentos. Se tu o procuras, Ele deixar-se-á encontrar por ti, mas se o abandonas, Ele rejeitar-te-á para sempre. Considera, portanto, que o Senhor te escolheu para construíres uma casa que será o seu santuário. Esforça-te e leva-a a bom termo.» David disse a Salomão seu filho: «Sê forte e corajoso, mete mãos à obra! Não temas nem te amedrontes, pois o Senhor Deus, meu Deus, está contigo, e não te há-de desamparar, nem te abandonará, até que acabes toda a obra para o serviço do templo do Senhor. Aqui tens as classes dos sacerdotes e levitas para todo o serviço do templo de Deus, e todos os homens devotados e hábeis para toda a sorte de trabalho; e os chefes e todo o povo estarão contigo para executarem as tuas ordens.»


 

Aleluia aleluia, aleluia

O Filho do Homem veio para servir
quem quiser ser grande, faça-se servo de todos

Aleluia aleluia, aleluia

O capítulo 28 refere o discurso conclusivo de David aos israelitas. O rei começa por apresentar Salomão ao povo. E diz a todos que tinha referido confidencialmente ao filho: "Deus disse-me: Não és tu quem vai construir um Templo para o meu Nome, pois tu foste guerreiro e derramaste muito sangue (v. 3). De qualquer modo, o Cronista - sempre para evidenciar o carácter decisivo da intervenção de David para a construção do Templo - faz uma premissa: "Eu tinha a intenção de construir um Templo para ser a moradia da Arca da Aliança do Senhor... Cheguei até a fazer os preparativos para a construção" (v. 2). A palavra "moradia estável", literalmente significa "uma moradia tranquila" ou melhor, "uma casa de repouso". É um vocábulo que recorda o Salmo 132 (citado também em 2Cr 6, 41-42), onde encontramos os mesmos termos: "levanta-Te, Senhor Deus, e vem para o teu repouso com a tua poderosa Arca" (v. 41). Mais uma vez, parece-me importante notar a ligação entre o Templo e o repouso, entre a oração e a paz. O Senhor, precisamente para evidenciar essa ligação, confia a construção do Templo a Salomão, homem de paz também no nome. De qualquer modo, David faz notar, justamente, que também Salomão é escolhido por Deus como Seu enviado. Com efeito, não é possível esquecer que o "trono real" sobre Israel é de Deus. E é o Senhor quem escolhe os Seus representantes. No livro das Crónicas este conceito é particularmente claro. O Cronista quando refere as palavras que Natã deveria dizer a David em nome do Senhor, a propósito de Salomão, diz: "Eu - diz o Senhor - o manterei para sempre na minha casa e no meu reino, e o seu trono será firme para sempre" (17, 14). Portanto, a casa e o reino são do Senhor. É Ele o verdadeiro rei de Israel. Salomão - como de resto David antes dele - é o representante de Deus que se senta no trono do Senhor como rei (9, 8; 13, 8). Por isso a estabilidade do reino está estritamente ligada à obediência de Salomão aos mandamentos do Senhor: "Vou firmar o seu reino para sempre - diz o Senhor - se ele for fiel em praticar os meus mandamentos e normas, como tem feito até hoje" (v. 7). David sente o dever de se dirigir também directamente ao povo de Israel para que também ele continue a obedecer aos preceitos do Senhor. Há uma ligação inseparável entre a paz e a fidelidade aos mandamentos do Senhor, entre o possuir pacificamente a terra e a obediência à aliança com Deus. David - depois de ter entregue a Salomão "o projecto do pórtico e do Templo, dos armazéns, das salas superiores, dos aposentos internos e da sala do propiciatório..." - exorta-o a ser "forte e corajoso" e de se pôr com as "mãos à obra". David conhece bem as habilidades do filho, mas o motivo da confiança está em Deus: "O Senhor Deus, o meu Deus, está contigo". É uma conclusão que manifesta a grande fé de David: é este o verdadeiro tesouro que deixa ao filho e a quem empreender a estrada da edificação da casa do Senhor. É uma bênção que chega também a nós.


08/10/2012
Oração pelos pobres


Calendário da semana
DEZ
4
Domingo, 4 de Dezembro
Liturgia dominical
DEZ
5
Segunda-feira, 5 de Dezembro
Oração pelos doentes
DEZ
6
Terça-feira, 6 de Dezembro
Oração com Maria, Mãe do Senhor
DEZ
7
Quarta-feira, 7 de Dezembro
Oração com os santos
DEZ
8
Quinta-feira, 8 de Dezembro
Festa da Imaculada Conceição
DEZ
9
Sexta-feira, 9 de Dezembro
Oração da Santa Cruz
DEZ
10
Sábado, 10 de Dezembro
Oração da vigília
DEZ
11
Domingo, 11 de Dezembro
Liturgia dominical

Per Natale, regala il Natale! Aiutaci a preparare un vero pranzo in famiglia per i nostri amici più poveri