Riccardi Andrea: na web

Riccardi Andrea: em redes sociais

change language
você está em: home - oraÇÃo - a oração cada dia newsletterlink

Support the Community

  

A oração cada dia


 
versão para impressão

Ícone do Rosto do Senhor
Igreja de Santo Egídio
Roma


Leitura da Palavra de Deus

Aleluia aleluia, aleluia

O Espírito Santo virá sobre ti
Aquele que nascer de ti será santo.

Aleluia aleluia, aleluia

São Mateus 1,18-24

Ora, o nascimento de Jesus Cristo foi assim: Maria, sua mãe, estava desposada com José; antes de coabitarem, notou-se que tinha concebido pelo poder do Espírito Santo. José, seu esposo, que era um homem justo e não queria difamá-la, resolveu deixá-la secretamente. Andando ele a pensar nisto, eis que o anjo do Senhor lhe apareceu em sonhos e lhe disse: «José, filho de David, não temas receber Maria, tua esposa, pois o que ela concebeu é obra do Espírito Santo. Ela dará à luz um filho, ao qual darás o nome de Jesus, porque Ele salvará o povo dos seus pecados.» Tudo isto aconteceu para se cumprir o que o Senhor tinha dito pelo profeta: Eis que a virgem conceberá e dará à luz um filho; e hão-de chamá-lo Emanuel, que quer dizer: Deus connosco. Despertando do sono, José fez como lhe ordenou o anjo do Senhor, e recebeu sua esposa.

 

Aleluia aleluia, aleluia

Eis, Senhor, os vossos servos:
Faça-se em nós segundo a vossa palavra

Aleluia aleluia, aleluia

Já só faltam poucos dias para o Natal e a figura de José vem ao nosso encontro. A primeira página de Mateus que escutámos ontem, apresentou-nos a genealogia de Jesus. O último nome é o de José, “esposo de Maria, da qual nasceu Jesus”. Hoje, a sua figura manifesta-se diante dos nossos olhos de uma maneira mais clara. O evangelista refere-se a ele poucas vezes. E, ao apresentar “como ocorreu a origem de Jesus”, parece querer evidenciar a irregularidade. Na verdade, fala de José e do seu drama perante o que vê acontecer diante dos seus olhos. José já estava noivo de Maria e, segundo a tradição hebraica, já se tratava, de facto, de um casamento. Por isso, quando vem a saber que Maria está grávida, sente-se como um marido traído e, portanto, no direito de celebrar um divórcio oficial. Consequentemente, Maria apareceria como adúltera e, portanto, rejeitada e repudiada pelos parentes e por todos os habitantes da aldeia. Tratava-se de uma situação deveras dramática. E podemos imaginar a perturbação deste homem que se sente traído pela esposa que ele considerava, e com razão, extraordinária. E, precisamente pela alta consideração que José tinha por Ela, decidiu repudiá-l’A em segredo. Amava-A tanto que interpretou a Lei de maneira mais do que delicada, diria misericordiosa e carinhosa. No entanto, aquele homem justo, ainda mais delicado do que a Lei, se tivesse actuado esse propósito – que para ele e para a Lei era justo - teria realizado um acto contra a “justiça” mais profunda de Deus. Existe um “além” de Deus que o Anjo lhe revela no sonho. José escuta o Anjo enviado por Deus, compreende o mistério de Maria e aceita envolver a sua vida naquele mistério. José aceita renunciar aos seus projectos pessoais, ainda que justos e honestos e abraça o sonho de Deus sobre Maria e o mundo. Depois de Maria, torna-se no segundo crente. O Anjo continua a falar-lhe e a relevar-nos o lugar que ocupa na história de salvação: “Chamá-lo-ás Jesus”. José deve reconhecer e dizer quem é aquele filho. A poucos dias do Natal, José torna-se na imagem do crente e indica a cada um de nós, como viver o mistério que nos preparamos a celebrar: escutar a Palavra de Deus e preparar-nos a tomar connosco Jesus que está para nascer.


18/12/2012
Oração com Maria, Mãe do Senhor


Calendário da semana
DEZ
4
Domingo, 4 de Dezembro
Liturgia dominical
DEZ
5
Segunda-feira, 5 de Dezembro
Oração pelos doentes
DEZ
6
Terça-feira, 6 de Dezembro
Oração com Maria, Mãe do Senhor
DEZ
7
Quarta-feira, 7 de Dezembro
Oração com os santos
DEZ
8
Quinta-feira, 8 de Dezembro
Festa da Imaculada Conceição
DEZ
9
Sexta-feira, 9 de Dezembro
Oração da Santa Cruz
DEZ
10
Sábado, 10 de Dezembro
Oração da vigília
DEZ
11
Domingo, 11 de Dezembro
Liturgia dominical

Per Natale, regala il Natale! Aiutaci a preparare un vero pranzo in famiglia per i nostri amici più poveri