Riccardi Andrea: na web

Riccardi Andrea: em redes sociais

change language
você está em: home - oraÇÃo - a oração cada dia newsletterlink

Support the Community

  

A oração cada dia


 
versão para impressão

Ícone do Rosto do Senhor
Igreja de Santo Egídio
Roma

Memória dos Santos Cirilo e Método, doutores da Igreja eslava e patronos da Europa.


Leitura da Palavra de Deus

Louvor a Vós, Ó Senhor, Rei de eterna glória

Eu sou o Bom Pastor,
minha voz as ovelhas escutam,
E serão um só rebanho e um só Pastor.

Louvor a Vós, Ó Senhor, Rei de eterna glória

I Coríntios 1,10-16

Peço-vos, irmãos, em nome de Nosso Senhor Jesus Cristo, que estejais todos de acordo e que não haja divisões entre vós; permanecei unidos num mesmo espírito e num mesmo pensamento. Pois, meus irmãos, fui informado pelos da casa de Cloé, que há discórdias entre vós. Refiro-me ao facto de cada um dizer: «Eu sou de Paulo», ou «Eu sou de Apolo», ou «Eu sou de Cefas», ou «Eu sou de Cristo». Estará Cristo dividido? Porventura Paulo foi crucificado por vós? Ou fostes baptizados em nome de Paulo? Dou graças a Deus por não ter baptizado nenhum de vós, a não ser Crispo e Gaio, para que ninguém diga que fostes baptizados em meu nome. Baptizei também a família de Estéfanes, mas, além destes, não sei se baptizei mais alguém.

 

Louvor a Vós, Ó Senhor, Rei de eterna glória

Eu vos dou um mandamento novo:
amai-vos uns aos outros!

Louvor a Vós, Ó Senhor, Rei de eterna glória

Os cristãos de Corinto, misturados entre pessoas simples e pobres e pessoas de um certo bem-estar económico tinham sido, no entanto, feitos “santos”, isto é, membros da Igreja, a família de Deus. E Paulo, ciente das novas relações que se instauram entre os membros de uma mesma família, chama-os “irmãos”. É a primeira vez que usa este termo. Ser membro desta família é uma dádiva, uma graça, que enriquece aquele que é chamado a fazer parte dela. O apóstolo acabou de o recordar: “N’Ele (em Cristo) é que recebestes todas as riquezas, tanto da palavra como do conhecimento”. Ser filhos desta família singular, significa participar também na sabedoria que ela conserva. Por isso, os crentes são exortados a agradecerem o Senhor e a manterem-se “firmes até ao fim”. No entanto, a riqueza requer que estejamos todos “de acordo uns com os outros, para que não haja divisões” e vivam “estreitamente unidos no mesmo espírito e no mesmo modo de pensar”. A “família do Senhor” deve ter o mesmo modo de sentir, deve viver com “um só coração e uma só alma”, como escrevem os Actos. Esta comunhão é a própria razão da comunidade, reunida precisamente por um único Pastor, por um único Mestre, o Senhor Jesus. Infelizmente, o demónio da divisão que se aninha no coração de cada um de nós, se não é domado pelo amor, compromete a comunhão até feri-la e, se não é bloqueado, até matá-la. Por isso, o apóstolo intervém imediatamente porque sabe muito bem a gravidade do perigo que a comunidade de Corinto está a correr. As várias correntes que se formaram apelam-se a um ou a outro. Mas Paulo exorta os Coríntios a olharem para o único Mestre, Jesus. Jesus não pode ser dividido, o Seu Evangelho não pode ser lacerado pelos particularismos de cada um de nós. Cada um de nós é chamado a modificar-se a si mesmo para acolher no próprio coração “os sentimentos que estão em Cristo Jesus” e que tornam firme a comunidade dos discípulos.


14/02/2013
Oração pela Igreja


Calendário da semana
DEZ
11
Domingo, 11 de Dezembro
Liturgia dominical
DEZ
12
Segunda-feira, 12 de Dezembro
Oração pelos pobres
DEZ
13
Terça-feira, 13 de Dezembro
Oração com Maria, Mãe do Senhor
DEZ
14
Quarta-feira, 14 de Dezembro
Oração com os santos
DEZ
15
Quinta-feira, 15 de Dezembro
Oração pela Igreja
DEZ
16
Sexta-feira, 16 de Dezembro
Oração da Santa Cruz
DEZ
17
Sábado, 17 de Dezembro
Oração da vigília
DEZ
18
Domingo, 18 de Dezembro
Liturgia dominical

Per Natale, regala il Natale! Aiutaci a preparare un vero pranzo in famiglia per i nostri amici più poveri