Riccardi Andrea: na web

Riccardi Andrea: em redes sociais

change language
você está em: home - oraÇÃo - a oração cada dia newsletterlink

Support the Community

  

A oração cada dia


 
versão para impressão

Ícone do Rosto do Senhor
Igreja de Santo Egídio
Roma


Leitura da Palavra de Deus

Louvor a Vós, Ó Senhor, Rei de eterna glória

O Espírito Santo virá sobre ti
Aquele que nascer de ti será santo.

Louvor a Vós, Ó Senhor, Rei de eterna glória

I Coríntios 6,1-11

Quando algum de vós entra em litígio com outro, como é que se atreve a submetê-lo ao juízo dos injustos e não ao dos santos? Ou não sabeis que os santos é que hão-de julgar o mundo? E, se é por vós que o mundo há-de ser julgado, sereis indignos de julgar questões menores? Não sabeis que havemos de julgar os anjos? Quanto mais, as pequenas coisas da vida! Quando, pois, tendes questões menores, porque escolheis como juízes aqueles que a Igreja menospreza? Digo isto para vossa vergonha. Não haverá, entre vós, ninguém suficientemente sábio para poder julgar entre irmãos? No entanto, um irmão processa o seu irmão, e isto diante dos não crentes! Ora, a existência de questões entre vós é já um sinal de inferioridade. Porque não preferis, antes, sofrer uma injustiça? Porque não preferis ser prejudicados? Mas, pelo contrário, sois vós que cometeis injustiças e causais danos, e isto contra os próprios irmãos! Ou não sabeis que os injustos não herdarão o Reino de Deus? Não vos iludais: nem os devassos, nem os idólatras, nem os adúlteros, nem os efeminados, nem os pedófilos, nem os ladrões, nem os avarentos, nem os beberrões, nem os caluniadores, nem os salteadores herdarão o Reino de Deus. E alguns de vós eram assim. Mas vós cuidastes de vos purificar; fostes santificados, fostes justificados em nome do Senhor Jesus Cristo e pelo Espírito do nosso Deus.

 

Louvor a Vós, Ó Senhor, Rei de eterna glória

Eis, Senhor, os vossos servos:
Faça-se em nós segundo a vossa palavra

Louvor a Vós, Ó Senhor, Rei de eterna glória

É tão alta a consideração que o apóstolo tem da comunidade que acha vergonhoso o recurso ao tribunal pagão para resolver eventuais disputas internas. Paulo não pretende criticar os tribunais pagãos, por quem ele tem muita consideração como se vê na Carta aos Romanos (13, 1-3). Ele quer evitar que se recorra ao exterior para resolver as controvérsias que surgem no âmbito da comunidade. Já é grave que haja dissídios entre os crentes. Mas se devessem surgir, devem ser enfrentados no espírito da fraternidade da família de Deus, com a ajuda de quem é mais sábio na comunidade cristã. Não se deve, no entanto, esquecer o que o apóstolo disse noutra ocasião: “O Sol não se ponha sobre a vossa ira”, recordando que temos todos necessidade de renascer todos os dias. E insiste para que se saiba suportar toda a injustiça recebida. Quantas vezes, pelo contrário, prevalecem comportamentos mesquinhos que comprometem a vida fraterna! Por isso, Paulo lembra aos cristãos de Corinto a tristeza em que viviam antes de entrarem na comunidade. Mas – diz-lhes – “fostes lavados, santificados e reabilitados”, os Coríntios tornaram-se “novas criaturas”. Eis o motivo por que não podem continuar a viver com os mesmos critérios e os mesmos hábitos do mundo de onde foram salvos. Significaria renegar a novidade da vida que tão generosa e gratuitamente lhes foi dada.


26/02/2013
Oração com Maria, Mãe do Senhor


Calendário da semana
JAN
15
Domingo, 15 de Janeiro
Liturgia dominical
JAN
16
Segunda-feira, 16 de Janeiro
Oração pela Paz
JAN
17
Terça-feira, 17 de Janeiro
Oração com Maria, Mãe do Senhor
JAN
18
Quarta-feira, 18 de Janeiro
Oração com os santos
JAN
19
Quinta-feira, 19 de Janeiro
Oração pela Igreja
JAN
20
Sexta-feira, 20 de Janeiro
Oração da Santa Cruz
JAN
21
Sábado, 21 de Janeiro
Oração da vigília
JAN
22
Domingo, 22 de Janeiro
Liturgia dominical