Riccardi Andrea: na web

Riccardi Andrea: em redes sociais

change language
você está em: home - oraÇÃo - a oração cada dia newsletterlink

Support the Community

  

A oração cada dia


 
versão para impressão

Ícone do Rosto do Senhor
Igreja de Santo Egídio
Roma


Leitura da Palavra de Deus

Aleluia aleluia, aleluia

Todo o que vive e crê em mim
não morrerá jamais.

Aleluia aleluia, aleluia

Colossenses 1,15-20

É Ele a imagem do Deus invisível,
o primogénito de toda a criatura;

porque foi nele que todas as coisas foram criadas,
no céu e na terra,
as visíveis e as invisíveis,
os Tronos e as Dominações,
os Poderes e as Autoridades,
todas as coisas foram criadas por Ele e para Ele.

Ele é anterior a todas as coisas
e todas elas subsistem nele.

É Ele a cabeça do Corpo,
que é a Igreja.
É Ele o princípio,
o primogénito de entre os mortos,
para ser Ele o primeiro em tudo;

porque foi nele que aprouve a Deus
fazer habitar toda a plenitude

e, por Ele e para Ele, reconciliar todas as coisas,
pacificando pelo sangue da sua cruz,
tanto as que estão na terra
como as que estão no céu.

 

Aleluia aleluia, aleluia

Se tu creres verás a glória de Deus
diz o Senhor.

Aleluia aleluia, aleluia

Paulo para admoestar os Colossenses para não se resignarem ao poder das potências obscuras do mundo, compõe o hino cristológico. Fala antes de mais, da preexistência e superioridade de Cristo sobre toda a Criação, incluídas todas as potências cósmicas, isto é, toda a potência imaterial. Estas últimas já não têm a força para competir com Cristo, única e verdadeira resposta às inquietações do homem. O apóstolo, afirmando que o Filho é “a imagem do Deus invisível” e “o Primogénito, anterior a qualquer criatura”, quer dizer com isso que Ele não é só a primeira e a mais importante de todas as criaturas, mas que também tem a primazia sobre toda a Criação. No Filho toda a Criação, incluídas as realidades invisíveis - que o apóstolo elenca uma a uma - encontra consistência, razão e sentido. O Filho está no princípio e no fim da história que culmina na ressurreição de Jesus, o evento central que torna novas todas as coisas. Na verdade, da ressurreição de Cristo, inicia a “nova Criação”. E o Ressuscitado, tornando-Se no reconciliador universal (1, 20), é o centro de unidade para o qual tudo converge. Mas Ele actua este projecto de reconciliação universal através da Igreja de quem é a Cabeça (é a primeira vez no Novo Testamento que Cristo é apresentado como Cabeça do corpo que é a Igreja). O apóstolo esclarece deste modo, o que significa para os cristãos pertencerem à Igreja: tornar-se, enquanto comunidade, sacramento de Cristo no mundo. Mas acrescenta que Cristo é também o “Primogénito”. Cristo, com a Sua ressurreição, inaugura a ressurreição universal dos mortos. Ele é o primeiro a ressuscitar, Aquele que abre o caminho, “o primogénito entre muitos irmãos” (Rm 8, 29), que realizou a vocação profunda do homem: entrar em comunhão com Deus. Paulo não desvia o seu olhar de Cristo e não se cansa de exaltar a Sua primazia: porque na verdade, “Deus, a Plenitude total, quis n’Ele habitar”. E o mal, que ainda opera no mundo, foi, de qualquer modo, definitivamente derrotado por Jesus. Em Cristo, Deus já realizou a paz entre todas as criaturas, a paz cósmica.


11/05/2013
Oração da vigília


Calendário da semana
DEZ
4
Domingo, 4 de Dezembro
Liturgia dominical
DEZ
5
Segunda-feira, 5 de Dezembro
Oração pelos doentes
DEZ
6
Terça-feira, 6 de Dezembro
Oração com Maria, Mãe do Senhor
DEZ
7
Quarta-feira, 7 de Dezembro
Oração com os santos
DEZ
8
Quinta-feira, 8 de Dezembro
Festa da Imaculada Conceição
DEZ
9
Sexta-feira, 9 de Dezembro
Oração da Santa Cruz
DEZ
10
Sábado, 10 de Dezembro
Oração da vigília
DEZ
11
Domingo, 11 de Dezembro
Liturgia dominical

Per Natale, regala il Natale! Aiutaci a preparare un vero pranzo in famiglia per i nostri amici più poveri