Riccardi Andrea: na web

Riccardi Andrea: em redes sociais

change language
você está em: home - oraÇÃo - a oração cada dia newsletterlink

Support the Community

  

A oração cada dia


 
versão para impressão

Ícone do Rosto do Senhor
Igreja de Santo Egídio
Roma


Leitura da Palavra de Deus

Aleluia aleluia, aleluia

Eis o Evangelho dos pobres, a libertação dos prisioneiros,
a vista dos cegos, a libertação dos oprimidos

Aleluia aleluia, aleluia

Colossenses 1,21-23

Também a vós, que outrora andáveis afastados e éreis inimigos, com sentimentos expressos em acções perversas, agora Cristo reconciliou-vos no seu corpo carnal, pela sua morte, para vos apresentar santos, imaculados e irrepreensíveis diante dele, desde que permaneçais sólidos e firmes na fé, sem vos deixardes afastar da esperança do Evangelho que ouvistes; ele foi anunciado a toda a criatura que há debaixo do céu e foi dele que eu, Paulo, me tornei servidor.

 

Aleluia aleluia, aleluia

O Filho do Homem veio para servir
quem quiser ser grande, faça-se servo de todos

Aleluia aleluia, aleluia

A reconciliação entre as criaturas não é uma doutrina abstracta, é uma realidade que se substanciou a partir de Jesus. E a comunidade cristã é o lugar onde essa reconciliação se torna visível desde já. Paulo escreve isso aos cristão de Colossos exortando-os a não se esquecerem da sua condição antes da conversão, quando eram estrangeiros e, como bárbaros, dedicavam-se ao culto dos ídolos vivendo longe do povo da Aliança e, portanto, de Deus. O afastamento de Deus, ainda antes de ser o resultado de acções pecaminosas, é a persistência numa vida fechada em si mesmo. O apóstolo escreve aos Colossenses para que entendam a novidade radical que o Evangelho possui na vida do homem. Trata-se de um verdadeiro renascimento, que os autores sagrados não hesitam em chamar “nova Criação”. A salvação trazida pelo Evangelho não é, portanto, uma teoria filosófica fundamentada sobre raciocínios teóricos. Ela está radicada na morte de uma pessoa concreta, de um “corpo de carne”: Jesus. Da Sua morte renasce uma vida nova. Na verdade, o Filho, para obter a reconciliação, humilhou-Se até Se tornar solidário em tudo (menos no pecado) com a condição humana de afastamento de Deus. Os crentes que O acolheram tornaram-se também eles mesmos, santos, sem mancha e irrepreensíveis como o é o Filho. E são chamados a viver dignamente esta vocação. De facto, uma vez acolhido o Evangelho, é preciso permanecer-Lhe fiel até ao fim. O apóstolo recorda aos Colossenses, e também aos crentes de hoje, que o Evangelho foi anunciado “a toda a criatura que vive debaixo do céu”, isto é, foi proclamado nas várias culturas do mundo conhecido e em todas as camadas sociais. Esta garantia de universalidade é uma força preciosa em qualquer altura, mas é-o particularmente neste tempo em que parecem renascer particularismos e egocentrismos que fomentam ódios e conflitos. O Evangelho de Cristo opera para recolher todos na única família de Deus.


13/05/2013
Oração pelos pobres


Calendário da semana
NOV
27
Domingo, 27 de Novembro
Liturgia dominical
NOV
28
Segunda-feira, 28 de Novembro
Oração pelos pobres
NOV
29
Terça-feira, 29 de Novembro
Oração com Maria, Mãe do Senhor
NOV
30
Quarta-feira, 30 de Novembro
Oração dos Apóstolos
DEZ
1
Quinta-feira, 1 de Dezembro
Oração pela Igreja
DEZ
2
Sexta-feira, 2 de Dezembro
Oração da Santa Cruz
DEZ
3
Sábado, 3 de Dezembro
Oração da vigília
DEZ
4
Domingo, 4 de Dezembro
Liturgia dominical

Per Natale, regala il Natale! Aiutaci a preparare un vero pranzo in famiglia per i nostri amici più poveri