Riccardi Andrea: na web

Riccardi Andrea: em redes sociais

change language
você está em: home - oraÇÃo - a oração cada dia newsletterlink

Support the Community

  

A oração cada dia


 
versão para impressão

Ícone do Rosto do Senhor
Igreja de Santo Egídio
Roma


Leitura da Palavra de Deus

Aleluia aleluia, aleluia

O Espírito Santo virá sobre ti
Aquele que nascer de ti será santo.

Aleluia aleluia, aleluia

Colossenses 3,5-17

Crucificai os vossos membros no que toca à prática de coisas da terra: fornicação, impureza, paixão, mau desejo e a ganância, que é uma idolatria. Estas coisas provocam a ira de Deus sobre os que lhe resistem. Entre eles também vós caminhastes outrora, quando vivíeis nessas coisas. Mas agora rejeitai também vós tudo isso: ira, raiva, maldade, injúria, palavras grosseiras saídas da vossa boca. Não mintais uns aos outros, já que vos despistes do homem velho, com as suas acções, e vos revestistes do homem novo, aquele que, para chegar ao conhecimento, não cessa de ser renovado à imagem do seu Criador. Aí não há grego nem judeu, circunciso e incircunciso, bárbaro, cita, escravo, livre, mas Cristo, que é tudo e está em todos. Como eleitos de Deus, santos e amados, revesti-vos, pois, de sentimentos de misericórdia, de bondade, de humildade, de mansidão, de paciência, suportando-vos uns aos outros e perdoando-vos mutuamente, se alguém tiver razão de queixa contra outro. Tal como o Senhor vos perdoou, fazei-o vós também. E, acima de tudo isto, revesti-vos do amor, que é o laço da perfeição. Reine nos vossos corações a paz de Cristo, à qual fostes chamados num só corpo. E sede agradecidos. A palavra de Cristo habite em vós com toda a sua riqueza: ensinai-vos e admoestai-vos uns aos outros com toda a sabedoria; cantai a Deus, nos vossos corações, o vosso reconhecimento, com salmos, hinos e cânticos inspirados. E tudo quanto fizerdes por palavras ou por obras, fazei-o em nome do Senhor Jesus, dando graças por Ele a Deus Pai.

 

Aleluia aleluia, aleluia

Eis, Senhor, os vossos servos:
Faça-se em nós segundo a vossa palavra

Aleluia aleluia, aleluia

O discípulo, que se tornou num “homem novo”, já vive no mundo inaugurado pelo Ressuscitado. Ma, ai dele se se ilude que está fora do alcance das insídias do pecado que, como anota o Génesis, está “agachado” junto da porta do coração. Ser uma nova criatura requer ao discípulo comportamentos consequentes. Por isso, Paulo recorda aos Colossenses a exigência de mortificar (de fazer morrer) “aquilo que em vós pertence à terra”, isto é, os instintos que levam a viver para a própria satisfação. Paulo indica alguns, a começar pela fornicação até à cobiça de possuir, qualificada como idolatria. Na verdade, a sede insaciável de possuir para si mesmo, absorve de tal maneira as energias do homem que o leva até à submissão do coração. O discipulado exige a luta contra o pecado e o empenho para dominar os próprios instintos. É um verdadeiro combate que mira diminuir o próprio orgulho para que a caridade possa crescer. É o caminho para realizar, entre os membros da comunidade, uma verdadeira comunhão de amor. Pelo contrário, viver colocando no centro a própria pessoa significa submeter-se à ira de Deus, ao Seu juízo. De facto, Deus não tolera que o mal ameace o homem e o desvie da sua vocação. Por isso, o apóstolo recorda aos Colossenses o próprio passado pagão (3, 7) para que compreendam a graça que receberam entrando na comunidade dos discípulos. Recorda-lhes que é necessário despir, do mesmo modo como se tira a roupa, qualquer mau comportamento. Enumera alguns vícios: “ira, raiva, maldade, maledicência, palavras obscenas”, que provêm todos do desregramento do modo de falar e envenenam as relações na comunidade. De seguida, recorda-lhes, mais uma vez, o baptismo: o crente é “revestido de Cristo” (Gl 3, 27; Rm 13, 14) e pertence-Lhe, ao ponto de poder dizer: “Já não sou eu que vivo, pois é Cristo que vive em mim” (Gl 2, 20). Essa pertença requer a renovação do coração para que o discípulo se assemelhe cada vez mais a Cristo, imagem por excelência de Deus (Cl l, 15). No homem novo já não há divisão de cultura, raça, condição social, como escreve aos Gálatas: “Todos vós, que fostes baptizados em Cristo, vos revestistes de Cristo. Já não há diferença entre judeu e grego, entre escravo e homem livre, entre homem e mulher, pois todos vós sois um só em Jesus Cristo” (Gl 3, 27ss). A união com Cristo relativiza as diferenças porque o que une é muito mais forte do que o que divide.


21/05/2013
Oração com Maria, Mãe do Senhor


Calendário da semana
NOV
27
Domingo, 27 de Novembro
Liturgia dominical
NOV
28
Segunda-feira, 28 de Novembro
Oração pelos pobres
NOV
29
Terça-feira, 29 de Novembro
Oração com Maria, Mãe do Senhor
NOV
30
Quarta-feira, 30 de Novembro
Oração dos Apóstolos
DEZ
1
Quinta-feira, 1 de Dezembro
Oração pela Igreja
DEZ
2
Sexta-feira, 2 de Dezembro
Oração da Santa Cruz
DEZ
3
Sábado, 3 de Dezembro
Oração da vigília
DEZ
4
Domingo, 4 de Dezembro
Liturgia dominical

Per Natale, regala il Natale! Aiutaci a preparare un vero pranzo in famiglia per i nostri amici più poveri