Riccardi Andrea: na web

Riccardi Andrea: em redes sociais

change language
você está em: home - oraÇÃo - a oração cada dia newsletterlink

Support the Community

  

A oração cada dia


 
versão para impressão

Ícone do Rosto do Senhor
Igreja de Santo Egídio
Roma


Leitura da Palavra de Deus

Aleluia aleluia, aleluia

O Espírito Santo virá sobre ti
Aquele que nascer de ti será santo.

Aleluia aleluia, aleluia

Jeremias 3,12-25

«Vai e proclama, na direcção do Norte, estas palavras e diz:
'Volta, rebelde Israel,
não mais te mostrarei um semblante enfurecido
- oráculo do Senhor;
porque sou misericordioso,
a minha ira não é eterna
- oráculo do Senhor.

Reconhece somente a tua falta,
pois foste infiel ao Senhor, teu Deus,
e te prostituíste com deuses estrangeiros,
debaixo de toda a árvore verdejante,
e não escutaste a minha voz'
- oráculo do Senhor.

Voltai, filhos rebeldes, porque Eu sou vosso dono - oráculo do Senhor. Tomar-vos-ei um de uma cidade, e dois de uma família e hei-de reconduzir-vos a Sião.

Dar-vos-ei pastores segundo o meu coração, que vos conduzirão com inteligência e sabedoria.

E, quando vos multiplicardes e vos tornardes numerosos na terra, então - oráculo do Senhor - não se falará mais na Arca da aliança do Senhor; não lhes virá ao pensamento, não se lembrarão nem sentirão necessidade dela e não se fará outra.

Naquele tempo, chamarão a Jerusalém 'Trono do Senhor' e hão-de juntar-se a ela, a Jerusalém, em nome do Senhor, todas as nações, e não voltarão a ir atrás da maldade dos seus corações perversos. Naqueles dias, a casa de Judá reunir-se-á à casa de Israel e virão juntamente das regiões do Norte para a terra que dei em herança aos vossos pais. E Eu tinha dito:
'Como poderei contar-te entre os meus filhos
e dar-te uma terra esplêndida,
uma magnífica herança, a jóia de todas as nações?'
E acrescentei: 'Chamar-me-ás 'Meu Pai',
e não te afastarás de mim.

Mas, tal como a mulher infiel ao seu marido,
assim tu me foste infiel, casa de Israel
- oráculo do Senhor.

Um clamor ressoa sobre as colinas:
Suspiros de súplica dos filhos de Israel,
porque seguiram caminhos tortuosos,
esquecendo-se do Senhor, seu Deus.

Convertei-vos, filhos rebeldes,
e Eu vos curarei da vossa rebeldia.'»
«Eis-nos: voltamos para ti,
pois Tu és o Senhor, nosso Deus.

Na verdade, são mentira os lugares altos,
o clamor dos montes.
Só no Senhor, nosso Deus,
está a salvação de Israel.

A ignomínia devora, desde a nossa juventude,
o fruto do trabalho dos nossos pais:
os seus gados e rebanhos,
os seus filhos e as suas filhas.

Dormiremos na nossa vergonha
e a nossa ignomínia nos cobrirá,
porque pecámos contra o Senhor, nosso Deus,
nós e os nossos pais,
desde a nossa juventude até
hoje e não demos ouvidos à voz do Senhor, nosso Deus.»

 

Aleluia aleluia, aleluia

Eis, Senhor, os vossos servos:
Faça-se em nós segundo a vossa palavra

Aleluia aleluia, aleluia

O Senhor nunca deixa de exortar o Seu povo para regressar a Ele. A Sua ira não dura e o Seu rosto misericordioso permanece para sempre: “Eu sou amoroso, diz o Senhor, e não guardo rancor eterno”. O povo de Israel deve, no entanto, reconhecer o seu pecado: “Reconhece a tua culpa, porque foste infiel ao Senhor teu Deus”. Recorre muitas vezes o trecho sobre a infidelidade de Israel. Quanta fadiga a fidelidade! Na incerteza dos nossos tempos e do futuro, é mais fácil ceder à tentação de seguirmos a nós mesmos e de nos perdermos. O Senhor, grande e misericordioso, intervém suscitando um pequeno sinal (“Eu posso tomar um de cada cidade e dois de cada clã”) que seja esperança para todos. Através de uma minoria de crentes, guiada por pastores segundo o Seu coração, Deus dará origem a uma história nova, a uma nova aliança. O profeta pronuncia estas palavras no período sucessivo ao exílio em Babilónia. Jerusalém que ainda mostra os sinais da destruição está marcada pelo pessimismo. Mas Deus está disposto a tudo para reconquistar Israel e torná-lo no povo que anuncia a todo o mundo a salvação. A palavra profética desperta o povo da sua vida triste e abre-o a um futuro inesperado: a reconstituição da unidade entre Judá e Israel, enquanto que o mundo à volta ainda se encontra lacerado pelas guerras. Jerusalém reunificada torna-se cidade da paz e meta ambicionada por todos os povos. Ela será símbolo de unidade e de paz para um povo dividido num mundo marcado pela violência. Há um extraordinário amor nas palavras que Deus dirige ao Seu povo: “Eu tinha pensado contar-te entre os meus filhos, dar-te uma terra invejável”. O profeta confronta, mais uma vez, o amor de Deus com a infidelidade de Israel. Que pode fazer o Senhor perante “filhos rebeldes”, que não se sabem decidir porque levados por eles mesmos? Pode apenas exortá-los a regressarem e, ao mesmo tempo, assegurar-lhes o Seu amor paterno, enquanto aguarda que se decidam por uma vida com Ele, não fechada no recinto estreito dos hábitos do individualismo.


09/07/2013
Oração com Maria, Mãe do Senhor


Calendário da semana
DEZ
4
Domingo, 4 de Dezembro
Liturgia dominical
DEZ
5
Segunda-feira, 5 de Dezembro
Oração pelos doentes
DEZ
6
Terça-feira, 6 de Dezembro
Oração com Maria, Mãe do Senhor
DEZ
7
Quarta-feira, 7 de Dezembro
Oração com os santos
DEZ
8
Quinta-feira, 8 de Dezembro
Festa da Imaculada Conceição
DEZ
9
Sexta-feira, 9 de Dezembro
Oração da Santa Cruz
DEZ
10
Sábado, 10 de Dezembro
Oração da vigília
DEZ
11
Domingo, 11 de Dezembro
Liturgia dominical

Per Natale, regala il Natale! Aiutaci a preparare un vero pranzo in famiglia per i nostri amici più poveri