Riccardi Andrea: na web

Riccardi Andrea: em redes sociais

change language
você está em: home - oraÇÃo - a oração cada dia newsletterlink

Support the Community

  

A oração cada dia


 
versão para impressão

Ícone do Rosto do Senhor
Igreja de Santo Egídio
Roma

Memória de Santo António das grutas de Kiev (+ 1073). Pai dos monges russos, juntamente com São Teodósio, é considerado o fundador do Mosteiro das Grutas.


Leitura da Palavra de Deus

Aleluia aleluia, aleluia

O Espírito Santo virá sobre ti
Aquele que nascer de ti será santo.

Aleluia aleluia, aleluia

Jeremias 8,14-23

Porque estamos aqui parados?
Reuni-vos, vamos para as praças fortes,
para aí perecermos.
Porque o Senhor, nosso Deus, decidiu que pereçamos.
Faz-nos beber água envenenada,
porque pecámos contra o Senhor.

Esperávamos a paz,
e nenhum bem encontrámos; um tempo de exaltação,
e eis que só há terror.

Desde Dan, ouve-se já o relinchar dos seus cavalos;
toda a terra estremece
com o estrépito dos seus corcéis.
Chegam, destroem o país e as suas riquezas,
a cidade e os seus habitantes.

Enviarei serpentes contra vós,
víboras insensíveis aos encantamentos,
que vos morderão»
- oráculo do Senhor.

A minha dor é sem remédio,
e o meu coração desfalece.

Eis os gritos de angústia do meu povo,
vindos de uma terra longínqua:
«Porventura não está o Senhor em Sião?
Não habita nela o seu rei?
Por que razão me irritaram com os seus ídolos,
com divindades de outros países?

Passou a ceifa, terminou a colheita,
e nós não fomos salvos.»

Sofro com as feridas do meu povo;
tudo me parece tenebroso;
apoderou-se de mim a desolação.

Porventura não haverá bálsamo em Guilead?
Não se poderá encontrar lá nenhum médico?
Porque não cicatriza a ferida do meu povo?

Oh! tivesse eu na minha cabeça um manancial,
e nos meus olhos uma fonte de lágrimas!
Dia e noite choraria as chagas do meu povo.

 

Aleluia aleluia, aleluia

Eis, Senhor, os vossos servos:
Faça-se em nós segundo a vossa palavra

Aleluia aleluia, aleluia

Na dificuldade e perante a ameaça de morte que respostas se podem dar? O pensamento instintivo de Israel é o de atribuir a Deus a causa da própria desgraça: Reuni-vos e entremos nas cidades fortificadas para morrermos dentro delas, porque o Senhor nosso Deus nos faz perecer”. Quantas vezes, também nós atribuímos a Deus a causa de um momento difícil da vida, uma morte imprevista, uma doença? Provavelmente ter-nos-íamos unido às palavras de Israel: “Esperávamos a paz, e nada de bom aconteceu: tempo de exultação e eis que só há terror!”. É fácil e quase instintivo lamentar-nos e atribuirmos a culpa do mal a outros. Decerto, não somos nós os responsáveis pelo mal do mundo, mas devemo-nos questionar diante dele. Às vezes, parece que a Bíblia atribui a causa a Deus. Com efeito, na concepção bíblica tudo está ligado a Deus, apesar dos primeiros capítulos do Génesis esclarecerem definitivamente que o mal provém do maligno e do pecado do homem, porque a vontade de Deus é apenas o bem. Não possuímos todas as respostas. A presença do mal também é um mistério, no âmbito do qual se entrelaçam muitas causas. O episódio doloroso de Job ensina que Deus não está alheio ao mal, apesar de parecer que o permita. É Job que não se apercebe da Sua presença e não consegue vê-l’O ao seu lado. Sentimos ecoar nas palavras do profeta a força do mal que está no mundo, o grito de dor que sobe de muitas mulheres e homens que sofrem: “O sofrimento acabrunha-me e o meu coração desfalece. Ouço de longe os gritos da capital do meu povo: Será que o Senhor não está em Sião? Não está nela o seu rei”? Escutemos também nós o grito de dor dos muitos que sofrem e que parecem abandonados até mesmo por Deus, tamanho é o sofrimento deles. Às vezes custa-nos encontrar uma solução, mas isso não é impossível, apesar disso nos encher de tristeza. Não, Deus nunca abandonou ninguém ao mal. Ele escuta o grito do pobre, assim como escutou o do Seu povo na escravidão do Egipto.


23/07/2013
Oração com Maria, Mãe do Senhor


Calendário da semana
DEZ
4
Domingo, 4 de Dezembro
Liturgia dominical
DEZ
5
Segunda-feira, 5 de Dezembro
Oração pelos doentes
DEZ
6
Terça-feira, 6 de Dezembro
Oração com Maria, Mãe do Senhor
DEZ
7
Quarta-feira, 7 de Dezembro
Oração com os santos
DEZ
8
Quinta-feira, 8 de Dezembro
Festa da Imaculada Conceição
DEZ
9
Sexta-feira, 9 de Dezembro
Oração da Santa Cruz
DEZ
10
Sábado, 10 de Dezembro
Oração da vigília
DEZ
11
Domingo, 11 de Dezembro
Liturgia dominical

Per Natale, regala il Natale! Aiutaci a preparare un vero pranzo in famiglia per i nostri amici più poveri