Riccardi Andrea: na web

Riccardi Andrea: em redes sociais

change language
você está em: home - oraÇÃo - a oração cada dia newsletterlink

Support the Community

  

A oração cada dia


 
versão para impressão

Ícone do Rosto do Senhor
Igreja de Santo Egídio
Roma


Leitura da Palavra de Deus

Aleluia aleluia, aleluia

Todo o que vive e crê em mim
não morrerá jamais.

Aleluia aleluia, aleluia

Jeremias 10,1-16

Ouvi, ó casa de Israel,
a palavra que o Senhor vos dirige.

Assim fala o Senhor:
«Não imiteis o procedimento dos pagãos,
nem temais os sinais celestes,
como temem os pagãos.

De facto, a religião desses povos não é nada.
É apenas madeira cortada na floresta,
obra trabalhada pelo cinzel do artista,

adornada com prata e com ouro;
fixam-nos com pregos e a golpes de martelo
para que não se movam.

Estes deuses assemelham-se
a espantalhos num campo de pepinos.
Devem ser conduzidos, pois não caminham.
Não os temais, pois não podem fazer mal,
nem podem fazer bem.»

Ninguém há semelhante a ti, Senhor!
Tu és grande!
Grande é o teu nome e o teu poder.

Quem não te temerá, rei dos povos?
A ti é devido todo o respeito,
porque entre os sábios dos povos pagãos
e nos seus reinos,
ninguém se assemelha a ti.

Eles são néscios e insensatos
e os seus ensinamentos
não passam de um pedaço de madeira;

prata batida, importada de Társis,
ouro de Ufaz, trabalho de escultor e de ourives,
revestido de púrpura e de jacinto:
tudo isto é obra de artistas.

O Senhor, porém,
é verdadeiramente Deus,
Deus vivo, rei eterno.
A terra treme diante da sua cólera,
e os povos pagãos não podem suportar a sua ira.

Dizei-lhes, portanto:
«Os deuses que não fizeram o céu e a terra
desaparecerão da terra e de debaixo dos céus.

Só Ele criou a terra pelo seu poder,
consolidou o mundo pela sua sabedoria
e estendeu os céus pela sua inteligência.

Ao som da sua voz, reúnem-se as águas nos céus
e as nuvens elevam-se dos confins da terra;
faz que apareçam relâmpagos no meio das chuvas,
e solta os ventos dos seus reservatórios.

Então, todo o homem se tem por néscio e imbecil,
todo o artista tem vergonha do ídolo que concebeu,
porque fundiu apenas falsidade,
desprovida de vida.

São apenas nada, obras ridículas,
que perecerão no dia do castigo.

Quão diferente deles é o Deus de Jacob,
pois foi Ele quem tudo criou;
Israel é a tribo de sua propriedade.
O seu nome é 'Senhor do universo.'»

 

Aleluia aleluia, aleluia

Se tu creres verás a glória de Deus
diz o Senhor.

Aleluia aleluia, aleluia

Israel vivia no meio de nações politeístas, cada uma delas com a sua própria divindade. Muitas vezes, Israel ficou tentada de se entregar a estes ídolos porque pareciam dar segurança. Para os profetas, não era fácil contrastar esta contínua tentação do povo de Israel. Isaías (40, 12-31), por exemplo, põe várias vezes em contraste a grandeza e a força do Deus de Israel com a vaidade dos ídolos dos povos vizinhos. O Salmo 115, falando dos ídolos, diz explicitamente: “Têm boca e não falam, têm olhos e não vêem, têm ouvidos e não ouvem, têm nariz e não cheiram. Têm mãos e não tocam, têm pés e não andam, a sua garganta não tem voz”. Parece escutar a ironia com que o profeta Elias exortava os profetas de Baal, divindade de Canaã, a gritar mais forte porque assim o deus deles acordaria e escutá-los-ia (1Rs 18, 27-28). A idolatria, isto é, o facto de confiar a própria vida àquilo que não conta é, na verdade, uma tentação presente também hoje e, muitas vezes, encanta não poucos cristãos. Os “ídolos vãos” apresentam-se com respostas fáceis às nossas necessidades. Na verdade, criam apenas dependência e receios. Tem razão o profeta: parecem dar segurança nas incertezas e nas dificuldades, mas na verdade, induzem apenas o medo. “Não tenhais medo deles – diz o profeta também a nós – pois nada de mal podem fazer, e não são capazes de fazer o bem”. São apenas um engano! O crente, entrega-se ao Senhor e escuta apenas a Sua Palavra: deste modo, vive na liberdade dos filhos de Deus. O Senhor é a nossa força e a nossa única salvação. Só ele nos pode libertar do medo. Com efeito, Ele formou a Terra, é o Criador que sustém o mundo e conduz o Seu povo e a Sua herança. Não devemos ter medo, nem precisamos de nos libertar do medo entregando-nos a poderes desconhecidos. O nosso Deus, manifestando-Se em Jesus, tem o poder de curar e de salvar. Entreguemo-nos só a Ele e seremos salvos.


27/07/2013
Oração da vigília


Calendário da semana
DEZ
4
Domingo, 4 de Dezembro
Liturgia dominical
DEZ
5
Segunda-feira, 5 de Dezembro
Oração pelos doentes
DEZ
6
Terça-feira, 6 de Dezembro
Oração com Maria, Mãe do Senhor
DEZ
7
Quarta-feira, 7 de Dezembro
Oração com os santos
DEZ
8
Quinta-feira, 8 de Dezembro
Festa da Imaculada Conceição
DEZ
9
Sexta-feira, 9 de Dezembro
Oração da Santa Cruz
DEZ
10
Sábado, 10 de Dezembro
Oração da vigília
DEZ
11
Domingo, 11 de Dezembro
Liturgia dominical

Per Natale, regala il Natale! Aiutaci a preparare un vero pranzo in famiglia per i nostri amici più poveri