Riccardi Andrea: na web

Riccardi Andrea: em redes sociais

change language
você está em: home - oraÇÃo - a oração cada dia newsletterlink

Support the Community

  

A oração cada dia


 
versão para impressão

Ícone do Rosto do Senhor
Igreja de Santo Egídio
Roma

Memória de Marta. Acolheu o Senhor Jesus em sua casa.


Leitura da Palavra de Deus

Aleluia aleluia, aleluia

Eis o Evangelho dos pobres, a libertação dos prisioneiros,
a vista dos cegos, a libertação dos oprimidos

Aleluia aleluia, aleluia

Jeremias 10,17-25

Apanha da terra o teu fardo,
tu que habitas na cidade sitiada!

Porque assim falou o Senhor:
«Desta vez, atirarei para longe
os habitantes desta terra
e os atribularei para que me encontrem.»

Ai de mim, por causa da minha ferida!
É incurável a minha chaga!
Mas eu disse:
«Este é o meu castigo, devo suportá-lo.

A minha tenda foi devastada,
todas as suas cordas se quebraram.
Os meus filhos abandonaram-me,
já não existem;
não tenho ninguém para me levantar a tenda,
nem para estender os meus panos.

Na verdade, os pastores foram insensatos,
não buscaram o Senhor.
Por isso, não prosperaram
e os seus rebanhos dispersaram-se.

Eis que já se ouve um grande rumor,
e se avizinha o eco de um imenso tumulto
que vem da direcção do Norte,
para reduzir as cidades de Judá a um deserto
e a um covil de chacais.

Bem sei, Senhor, que o homem não é dono do seu destino,
e o caminhante não pode dirigir os seus passos.

Castiga-me, Senhor, mas com equidade,
não na tua ira,
para que não seja reduzido a nada.

Derrama o teu furor sobre as nações que te desconhecem,
sobre as tribos que não invocam o teu nome,
porque devoraram Jacob,
consumiram-no, e devastaram os seus campos.»


 

Aleluia aleluia, aleluia

O Filho do Homem veio para servir
quem quiser ser grande, faça-se servo de todos

Aleluia aleluia, aleluia

“Ai de mim, por causa da minha ferida; a minha chaga é incurável. Apesar disso, eu dizia: é uma dor que posso suportar”. Nestas palavras dos habitantes de uma cidade destruída, ouvimos ecoar toda a dor e a amargura de então e dos muitos povos que hoje, no mundo, estão atormentados pela guerra. Poderão suportar a própria dor? Será possível curara as chagas deles? Sempre que abrimos a Bíblia não podemos não nos questionar sobre a razão pela qual a Palavra de Deus nos ajuda a debruçar-nos sobre o sofrimento dos homens. Às vezes, é verdade, há demasiados poucos pastores, demasiada pouca gente que se ocupa desta dor: “Os pastores perderam o bom senso e deixaram de procurar o Senhor; por isso não tiveram sucesso, e o rebanho que conduziam dispersou-se”. Faltam bons samaritanos que saibam debruçar-se sobre as feridas de quem sofre. A isso, acrescenta-se a desorientação e a incerteza deste tempo de crise. Todos têm a sensação de “já não serem donos do próprio caminho”. Outros “não são capazes de dirigir os seus próprios passos”. O mundo tornou-se difícil para muitos, sobretudo, para os pobres, muitas vezes abandonados a si mesmo, como “ovelhas sem pastor”. Quem cuidará deles? Peçamos ao Senhor para que nos ajude: “Corrige-me, Senhor, mas com justa medida, e não conforme a tua ira, para que não seja reduzido a nada”. A reacção do homem de fé não é a de se lamentar ou de culpar os outros mas, antes de mais, a de invocar a ajuda do Senhor e de oferecer a sua disponibilidade em prol de um mundo mais justo. A Palavra do Senhor é, antes de mais, “correcção” da nossa preguiça e da nossa resignação. A Palavra diz-nos que a transformação é possível e que começa por nós mesmos. Somos todos chamados a sermos melhores, a transformarmo-nos para podermos transformar o mundo.


29/07/2013
Oração pelos pobres


Calendário da semana
NOV
27
Domingo, 27 de Novembro
Liturgia dominical
NOV
28
Segunda-feira, 28 de Novembro
Oração pelos pobres
NOV
29
Terça-feira, 29 de Novembro
Oração com Maria, Mãe do Senhor
NOV
30
Quarta-feira, 30 de Novembro
Oração dos Apóstolos
DEZ
1
Quinta-feira, 1 de Dezembro
Oração pela Igreja
DEZ
2
Sexta-feira, 2 de Dezembro
Oração da Santa Cruz
DEZ
3
Sábado, 3 de Dezembro
Oração da vigília
DEZ
4
Domingo, 4 de Dezembro
Liturgia dominical

Per Natale, regala il Natale! Aiutaci a preparare un vero pranzo in famiglia per i nostri amici più poveri