Riccardi Andrea: na web

Riccardi Andrea: em redes sociais

change language
você está em: home - oraÇÃo - a oração cada dia newsletterlink

Support the Community

  

A oração cada dia


 
versão para impressão

Ícone do Rosto do Senhor
Igreja de Santo Egídio
Roma

Recordação de padre Aleksandr Men', padre ortodoxo de Moscovo, brutalmente assassinado em 1990


Leitura da Palavra de Deus

Aleluia aleluia, aleluia

Eis o Evangelho dos pobres, a libertação dos prisioneiros,
a vista dos cegos, a libertação dos oprimidos

Aleluia aleluia, aleluia

Jeremias 30,1-11

A palavra do Senhor foi dirigida a Jeremias nestes termos: «Assim fala o Senhor, Deus de Israel: 'Escreve num livro todas as palavras que Eu te disser. Porque dias virão em que mudarei a sorte do meu povo de Israel e de Judá, diz o Senhor, a fim de o fazer voltar à terra que dei, como propriedade, a seus pais'» - oráculo do Senhor. Eis as palavras que o Senhor pronunciou acerca de Israel e de Judá: «Isto diz o Senhor: Ouvimos um grito de terror,
de espanto: 'Não há paz!'

Perguntai e vede se um homem pode dar à luz.
Porque razão vejo todos os homens
com as mãos nos rins, como uma mulher a dar à luz?
Porque ficaram pálidos os seus semblantes?

Ai! Aquele dia será grande e sem igual!
Será um tempo de angústia para Jacob,
mas do qual será salvo.

Naquele dia quebrarei o jugo que pesa sobre o seu pescoço e romperei os seus laços - oráculo do Senhor do universo.
Não mais terão de servir os estrangeiros,

mas servirão o Senhor, seu Deus, e David, seu rei, que Eu lhes suscitarei.

E tu Jacob, meu servo, não temas
não te assustes, Israel,
porque hei-de salvar-te da terra longínqua,
e à tua descendência, da terra do exílio
- oráculo do Senhor.
Jacob voltará e repousará seguro,
sem que ninguém o perturbe.

Pois Eu estarei contigo para te salvar.
Aniquilarei todos os povos,
entre os quais te dispersei.
A ti, porém, não te destruirei;
castigar-te-ei com equidade,
não te deixando impune»
- oráculo do Senhor.

 

Aleluia aleluia, aleluia

O Filho do Homem veio para servir
quem quiser ser grande, faça-se servo de todos

Aleluia aleluia, aleluia

Com esta página começa o “Livro da consolação”, que contém os capítulos 30-31. Até este momento, o profeta proferiu vários oráculos que continham vários anúncios de desastres, mortes e deportações. Tudo isso não acontecia por acaso, mas como triste consequência da rebelião do povo de Judá que já não seguia a Palavra de Deus e já não escutava o profeta que com convicção e continuidade proclamava-A. Mas o Senhor, sempre misericordioso, comove-Se pelo Seu povo e anuncia uma grande mudança. Ele está ciente da aflição e da dor que o povo provocou sobre si mesmo com o seu comportamento fora da Lei de Deus. Mas é o Senhor que, mais uma vez, Se comove. Chama o profeta e diz-lhe: “Escreve num livro tudo o que te vou dizer, pois virão dias em que mudarei a sorte do meu povo... e farei com que voltem ao país que dei aos seus antepassados e que tomem posse dele”. É o Senhor que, mais uma vez, toma a iniciativa da libertação. Não suporta “o grito de pavor, de terror, sem paz”. E decide intervir para dar início ao dia da libertação: “Nesse dia – oráculo do Senhor dos exércitos – quebrarei o jugo que está ao vosso pescoço e rebentarei as correntes que vos prendem, e já não sereis escravos de estrangeiros”. É o Senhor que desta vez quebra o jugo e rebenta com as correntes. E o povo pode olhar com verdadeira esperança para o futuro. A terra que lhe tinha sido dada voltará para a sua posse. Repete-se a experiência do Êxodo: o povo sairá do país onde vivia como estrangeiro e entrará naquela terra sinal da aliança de Deus. Mas o povo saberá ler esta nova intervenção de Deus? Saberá fazê-lo unicamente se der ouvidos ao Senhor que nunca deixa de lhes dirigir a Sua Palavra. A salvação dos crentes passa sempre através de uma escuta renovada. O Senhor não fica longe nem mudo. Ele continua a falar. E, também desta vez, diz: “Não tenhas medo, meu servo Jacob, não te apavores Israel, pois aqui estou Eu para te tirar do país distante, libertando a tua descendência do país do exílio”. E isso pode ocorrer não através de uma exortação fácil e simplesmente optimista. A libertação ocorre porque “Eu estou contigo para te salvar”, garante o Senhor. Esta é a explicação última do que acontecerá: o Senhor vem como um salvador, como Aquele que liberta o povo das trevas e da solidão e leva-o de novo para o país que possuía. O mesmo Senhor altera o sinal do seu “dia” e transforma-o em dia de liberdade e bondade. O terror transforma-se em paz, e os gritos de medo nunca mais serão ouvidos. Virá um Messias de paz, e o seu dia será repleto de felicidade.


09/09/2013
Oração pelos pobres


Calendário da semana
NOV
27
Domingo, 27 de Novembro
Liturgia dominical
NOV
28
Segunda-feira, 28 de Novembro
Oração pelos pobres
NOV
29
Terça-feira, 29 de Novembro
Oração com Maria, Mãe do Senhor
NOV
30
Quarta-feira, 30 de Novembro
Oração dos Apóstolos
DEZ
1
Quinta-feira, 1 de Dezembro
Oração pela Igreja
DEZ
2
Sexta-feira, 2 de Dezembro
Oração da Santa Cruz
DEZ
3
Sábado, 3 de Dezembro
Oração da vigília
DEZ
4
Domingo, 4 de Dezembro
Liturgia dominical

Per Natale, regala il Natale! Aiutaci a preparare un vero pranzo in famiglia per i nostri amici più poveri