Riccardi Andrea: na web

Riccardi Andrea: em redes sociais

change language
você está em: home - oraÇÃo - a oração cada dia newsletterlink

Support the Community

  

A oração cada dia


 
versão para impressão

Ícone do Rosto do Senhor
Igreja de Santo Egídio
Roma


Leitura da Palavra de Deus

Aleluia aleluia, aleluia

Eis o Evangelho dos pobres,
a libertação dos prisioneiros,
a vista dos cegos,
a libertação dos oprimidos

Aleluia aleluia, aleluia

São Mateus 11,16-19

«Com quem poderei comparar esta geração? É semelhante a crianças sentadas na praça, que se interpelam umas às outras, dizendo:
‘Tocámos flauta para vós
e não dançastes;
entoámos lamentações
e não batestes no peito!’

Na verdade, veio João, que não come nem bebe, e dizem dele: ‘Está possesso!’

Veio o Filho do Homem, que come e bebe, e dizem: ‘Aí está um glutão e bebedor de vinho, amigo de cobradores de impostos e pecadores!’ Mas a sabedoria foi justificada pelas suas próprias obras.»

 

Aleluia aleluia, aleluia

O Filho do Homem veio para servir
quem quiser ser grande, faça-se servo de todos

Aleluia aleluia, aleluia

A Palavra de Deus continua a conduzir-nos por mão para que preparemos o nosso coração para acolher o Senhor Jesus que nasce. Também para esta nossa geração – vivemos num momento da história particularmente delicado - chegou o momento de deixarmos o coração ser tocado pelo anúncio do Evangelho. É fácil ceder à tentação de interpor continuamente as mais variadas desculpas para não acolhermos a exortação premente do Evangelho para regressarmos com todo o coração ao Senhor. Quantas vezes, infelizmente, aplica-se também a nós: “Tocámos flauta e não dançastes; cantámos uma música triste e não batestes no peito!” Todos nós - e os momentos de crise induzem a isso – é instintivamente levado a pensar só em si mesmo, a parar e considerar apenas o que lhe toca e diz respeito: é a única melodia que conhecemos de memória e que seguimos com obstinada perseverança. Pomos de lado, sem muitos problemas e procuramos as desculpas mais disparatadas, tudo o que incomoda o nosso egocentrismo. Concretamente, confiamos só em nós mesmos e em mais ninguém. Mas a fé que certamente necessita da razão passa, no entanto, pelo coração, ao entregarmo-nos a Deus. Muitas vezes, os raciocínios que fazemos são para nosso exclusivo uso e consumo, isto é, são propostos para defenderem a nossa independência, o nosso orgulho, a nossa auto-suficiência. Mas também para nós, como o foi para João Baptista e para as pessoas do seu tempo, chegou o momento da escolha, isto é, de decidirmos se seguir Jesus ou se continuar a andar atrás de nós mesmos. É uma escolha que já não podemos adiar e que a iminência do Natal ajuda-nos a acolher e a realizar. A verdadeira “sabedoria” que deveremos ter neste período é a de acolher o grande mistério do Natal: um Deus que nos ama a tal ponto que se fez Menino para estar perto de nós. O Natal é a extraordinária “obra” de amor de Deus. Por isso, é lindo comovermo-nos diante daquele Menino que está para chegar para que cada um de nós se enterneça e O acolha no próprio coração.


13/12/2013
Oração da Santa Cruz


Calendário da semana
NOV
27
Domingo, 27 de Novembro
Liturgia dominical
NOV
28
Segunda-feira, 28 de Novembro
Oração pelos pobres
NOV
29
Terça-feira, 29 de Novembro
Oração com Maria, Mãe do Senhor
NOV
30
Quarta-feira, 30 de Novembro
Oração dos Apóstolos
DEZ
1
Quinta-feira, 1 de Dezembro
Oração pela Igreja
DEZ
2
Sexta-feira, 2 de Dezembro
Oração da Santa Cruz
DEZ
3
Sábado, 3 de Dezembro
Oração da vigília
DEZ
4
Domingo, 4 de Dezembro
Liturgia dominical

Per Natale, regala il Natale! Aiutaci a preparare un vero pranzo in famiglia per i nostri amici più poveri