Riccardi Andrea: na web

Riccardi Andrea: em redes sociais

change language
você está em: home - oraÇÃo - a oração cada dia newsletterlink

Support the Community

  

A oração cada dia


 
versão para impressão

Ícone do Rosto do Senhor
Igreja de Santo Egídio
Roma

Inicia a semana de oração pela unidade dos cristãos. Memória particular da Igreja católica.


Leitura da Palavra de Deus

Aleluia aleluia, aleluia

Todo o que vive e crê em mim
não morrerá jamais.

Aleluia aleluia, aleluia

São Marcos 2,13-17

Jesus saiu de novo para a beira-mar. Toda a multidão ia ao seu encontro, e Ele ensinava-os. Ao passar, viu Levi, filho de Alfeu, sentado no posto de cobrança, e disse-lhe: «Segue-me.» E, levantando-se, ele seguiu Jesus. Depois, quando se encontrava à mesa em casa dele, muitos cobradores de impostos e pecadores também se puseram à mesma mesa com Jesus e os seus discípulos, pois eram muitos os que o seguiam. Mas os doutores da Lei do partido dos fariseus, vendo-o comer com pecadores e cobradores de impostos, disseram aos discípulos: «Porque é que Ele come com cobradores de impostos e pecadores?» Jesus ouviu isto e respondeu: «Não são os que têm saúde que precisam de médico, mas sim os enfermos. Eu não vim chamar os justos, mas os pecadores.»

 

Aleluia aleluia, aleluia

Se tu creres verás a glória de Deus
diz o Senhor.

Aleluia aleluia, aleluia

O Evangelho de Marcos, dia após dia, une-nos a Jesus e à pequena comunidade que Ele tinha reunido, no momento em que dá os Seus primeiros passos na pregação evangélica: “Toda a multidão ia ao seu encontro e Jesus ensinava-os”, anota o evangelista. Jesus apresentava-se deveras, como o Bom Pastor que, finalmente, reunia as ovelhas e alimentava-as com um alimento bom. A Sua paixão pelas pessoas levava-O a caminhar para poder estar perto de todos. O Papa Francisco comentaria dizendo que os pastores – como Jesus – devem ficar ao longo da estrada. E, com efeito, Jesus continua a caminhar ao longo das margens do lago da Galileia. É o lugar dos encontros. Enquanto caminha, vê Levi, um cobrador de impostos, que está sentado na cobrança dos impostos. Jesus, mal o vê, chama-o. E também ele fica marcado por aquela chamada. A Palavra de Jesus, quando chega ao coração, não o deixa como antes. Levi levanta-se, abandona tudo e começa a seguir Jesus. Aquela pequena família continua a crescer também em número. Ao Mestre não interessa a proveniência ou a condição dos que chama para O seguirem. Com efeito, para pertencer à comunidade dos discípulos não há nenhuma preclusão; não interessa como somos, que história temos ou o nosso carácter. Levi até é considerado um pecador devido ao trabalho de cobrador de impostos que iam encher os cofres dos romanos opressores. Para pertencer à comunidade dos discípulos o que conta é ouvir a Palavra do Senhor e pô-l’A em prática. Precisamente como fez Levi. Para ele, tal como para os primeiros quatro discípulos, foi suficiente ouvir uma só: “Segue-Me!”. Levi levanta-se, abandona o banco e começa a seguir Jesus. O evangelista continua e narra o almoço que Levi organiza em honra de Jesus e dos discípulos. No entanto, convida os seus amigos, também eles cobradores de impostos como ele e, portanto, pecadores. Não nos devemos esquecer que para os fariseus a comunhão da mesa significava também comunhão na impureza. Daqui a forte acusa contra Jesus. Mas emerge logo a dureza e a maldade de uma mentalidade legalista sem misericórdia. Bem diferente é o conceito de Jesus: ”Não vim para chamar os justos, mas os pecadores”, responde às suas acusações. Não é que Jesus considerasse os fariseus justos. Eram eles mesmos, que erroneamente, se consideravam tal. Mas certamente Levi e os outros comensais – como de resto cada um de nós – eram frágeis, pobres e pecadores. Pois bem, Jesus veio justamente pelos frágeis e pelos pecadores. Veio também pelos fariseus. Mas a condição, que vale também para nós, para se ser salvo não é a de se sentir tranquilos mas sim, necessitados da ajuda do Senhor.


18/01/2014
Oração da vigília


Calendário da semana
DEZ
4
Domingo, 4 de Dezembro
Liturgia dominical
DEZ
5
Segunda-feira, 5 de Dezembro
Oração pelos doentes
DEZ
6
Terça-feira, 6 de Dezembro
Oração com Maria, Mãe do Senhor
DEZ
7
Quarta-feira, 7 de Dezembro
Oração com os santos
DEZ
8
Quinta-feira, 8 de Dezembro
Festa da Imaculada Conceição
DEZ
9
Sexta-feira, 9 de Dezembro
Oração da Santa Cruz
DEZ
10
Sábado, 10 de Dezembro
Oração da vigília
DEZ
11
Domingo, 11 de Dezembro
Liturgia dominical

Per Natale, regala il Natale! Aiutaci a preparare un vero pranzo in famiglia per i nostri amici più poveri