Riccardi Andrea: na web

Riccardi Andrea: em redes sociais

change language
você está em: home - oraÇÃo - a oração cada dia newsletterlink

Support the Community

  

A oração cada dia


 
versão para impressão

Ícone do Rosto do Senhor
Igreja de Santo Egídio
Roma


Leitura da Palavra de Deus

Aleluia aleluia, aleluia

Todo o que vive e crê em mim
não morrerá jamais.

Aleluia aleluia, aleluia

São Marcos 6,30-34

Os Apóstolos reuniram-se a Jesus e contaram-lhe tudo o que tinham feito e ensinado. Disse-lhes, então: «Vinde, retiremo-nos para um lugar deserto e descansai um pouco.» Porque eram tantos os que iam e vinham, que nem tinham tempo para comer. Foram, pois, no barco, para um lugar isolado, sem mais ninguém. Ao vê-los afastar, muitos perceberam para onde iam; e de todas as cidades acorreram, a pé, àquele lugar, e chegaram primeiro que eles. Ao desembarcar, Jesus viu uma grande multidão e teve compaixão deles, porque eram como ove-lhas sem pastor. Começou, então, a ensinar-lhes muitas coisas.

 

Aleluia aleluia, aleluia

Se tu creres verás a glória de Deus
diz o Senhor.

Aleluia aleluia, aleluia

Os apóstolos ao regressarem vão ter com Jesus e contam-Lhe o que fizeram e ensinaram. É bela esta imagem que representa a familiaridade dos apóstolos com Jesus e a alegria de Lhe poderem narrar o que aconteceu. Lucas 10 realça a alegria daqueles setenta e dois que Jesus tinha enviado quando contam a Jesus como derrotaram o mal com a palavra deles. A missão dá alegria. Quando aceitamos sair de nós mesmos e ir ao encontro das periferias do mundo, como diria o Papa Francisco, para proclamar a Palavra e a misericórdia de Jesus, experimenta-se uma grande alegria e paz interior. Mas esta alegria deve ser consolidada. A força da Palavra de Jesus que transforma, cura, salva do mal, precisa de momentos passados com Jesus, caso contrário, transforma-se em entusiasmo passageiro. E quantas vezes entusiasmamo-nos por uma iniciativa que teve um bom êxito, mas depois desencorajamo-nos. Às vezes, faltam as bases, os alicerces. Falta a linfa que dá vida à acção dos cristãos. Assim, acabamos por ser dominados pelo momento, pelas sensações, pelo sucesso ou pelo insucesso. Exaltamo-nos para depois nos deprimirmos ou desencorajarmo-nos. Por isso, Jesus não Se contenta que as coisas tenham corrido bem e diz aos discípulos: “Vamos sozinhos para algum lugar deserto, para que descanseis um pouco”. Aquele descanso é o repouso da escuta e da oração. “Vamos sozinhos”, é o convite quotidiano de Jesus para estarmos com Ele. Quando Jesus “constitui” os Doze, o grupo dos apóstolos, diz-se que a primeira coisa é que deviam “estar com Ele”: “Constituiu o grupo dos Doze – que chamou apóstolos – para que ficassem com Ele e para os enviar a pregar, com autoridade para expulsar os demónios” (Mc 3, 14-15). Estar com Jesus é a primeira função de qualquer pessoa que for chamada para ser Seu discípulo. Qualquer iniciativa, ainda que bela, que não esteja fundada na escuta e na oração, não terá a força que vem do estar com Jesus. Por isso, devemo-nos questionar quanto tempo dos nossos dias passamos com o Senhor na oração, na meditação da Palavra de Deus, diante da Eucaristia. A Igreja oferece-nos muitas maneiras de “estar com Jesus”. E não precisamos de dizer que não temos tempo, porque para nós, há sempre tempo. Só os que estão com Ele terão o pão necessário para saciar a multidão dos necessitados do nosso mundo, caso contrário, ficarão impotentes e sem respostas.


08/02/2014
Oração da vigília


Calendário da semana
DEZ
4
Domingo, 4 de Dezembro
Liturgia dominical
DEZ
5
Segunda-feira, 5 de Dezembro
Oração pelos doentes
DEZ
6
Terça-feira, 6 de Dezembro
Oração com Maria, Mãe do Senhor
DEZ
7
Quarta-feira, 7 de Dezembro
Oração com os santos
DEZ
8
Quinta-feira, 8 de Dezembro
Festa da Imaculada Conceição
DEZ
9
Sexta-feira, 9 de Dezembro
Oração da Santa Cruz
DEZ
10
Sábado, 10 de Dezembro
Oração da vigília
DEZ
11
Domingo, 11 de Dezembro
Liturgia dominical

Per Natale, regala il Natale! Aiutaci a preparare un vero pranzo in famiglia per i nostri amici più poveri