Riccardi Andrea: na web

Riccardi Andrea: em redes sociais

change language
você está em: home - oraÇÃo - a oração cada dia newsletterlink

Support the Community

  

A oração cada dia


 
versão para impressão

Ícone do Rosto do Senhor
Igreja de Santo Egídio
Roma

Festa da Cátedra de São Pedro


Leitura da Palavra de Deus

Aleluia aleluia, aleluia

Todo o que vive e crê em mim
não morrerá jamais.

Aleluia aleluia, aleluia

São Mateus 16,13-19

Ao chegar à região de Cesareia de Filipe, Jesus fez a seguinte pergunta aos seus discípulos: «Quem dizem os homens que é o Filho do Homem?» Eles responderam: «Uns dizem que é João Baptista; outros, que é Elias; e outros, que é Jeremias ou algum dos profetas.» Perguntou-lhes de novo: «E vós, quem dizeis que Eu sou?» Tomando a palavra, Simão Pedro respondeu: «Tu és o Messias, o Filho de Deus vivo.» Jesus disse-lhe em resposta: «És feliz, Simão, filho de Jonas, porque não foi a carne nem o sangue que to revelou, mas o meu Pai que está no Céu. Também Eu te digo: Tu és Pedro, e sobre esta Pedra edificarei a minha Igreja, e as portas do Abismo nada poderão contra ela. Dar-te-ei as chaves do Reino do Céu; tudo o que ligares na terra ficará ligado no Céu e tudo o que desligares na terra será desligado no Céu.»

 

Aleluia aleluia, aleluia

Se tu creres verás a glória de Deus
diz o Senhor.

Aleluia aleluia, aleluia

A festa de hoje da cátedra de São Pedro, recorda uma antiga tradição que indica, precisamente, no dia 22 de Fevereiro o início do episcopado de Pedro em Roma. A Liturgia exorta-nos a comemorar e a celebrar o “ministério de Pedro”. De um lado, realça-se o fundamento apostólico da Igreja de Roma e do outro, o serviço de presidência na caridade, isto é, um carisma único que revive nos sucessores de Pedro. O Evangelho que acabámos de escutar, com os três símbolos que evoca, a pedra, as chaves e o ligar-desligar, mostra que o carisma de Pedro é um ministério ao serviço de toda a construção dos eleitos de Deus. Sabemos bem como é salutar para a Igreja este ministério da unidade que o bispo de Roma é chamado a exercer. Mas, hoje, é ainda mais do que isso. Num mundo globalizado, com fortíssimos impulsos para a auto-referencialidade e a fragmentação, o Papa representa um tesouro único que deve ser guardado, protegido e mostrado. Não à maneira dos poderosos deste mundo, mas como serviço de amor para todos e, em particular, para os fracos. Com efeito, a primazia não nasce da “carne e do sangue”, não é uma questão de qualidade pessoais e humanas, é uma dádiva do Espírito de Deus à Sua Igreja, como transparece claramente do texto evangélico. E o testemunho do Papa Francisco é particularmente eloquente neste tempo de desorientação e de incerteza. A rocha foi indicada pelo próprio Jesus, quando reuniu os discípulos num lugar apartado. Perguntou-lhes o é que as pessoas pensavam d’Ele, mas não tanto por curiosidade, que até poderia ser legítima. Jesus sabia muito bem que a espera pelo Messias era muito viva, ainda que fosse entendido como um homem forte tanto politica quanto militarmente; deveria libertar o povo de Israel da escravidão dos Romanos. Mas esta era uma espera alheia à Sua missão mirada, pelo contrário, à libertação radical da escravidão do pecado e do mal. Depois das primeiras respostas, Jesus vai directo ao coração dos discípulos: “E vós, quem dizeis que Eu sou?”. Precisa que os discípulos estejam em sintonia com Ele, que partilhem com Ele os “mesmos sentimentos”. Pedro toma a palavra e, respondendo por todos, confessa a sua fé. Recebe logo a bem-aventurança. Pedro e, com ele, aquele modesto grupo de discípulos, faz parte daqueles “pequeninos” a quem o Pai revela as coisas escondidas desde a criação do mundo. E Simão, homem como todos, feito de “carne e sangue”, no encontro com Jesus recebe uma nova vocação, uma nova tarefa, um novo compromisso: ser pedra, isto é, sustento para muitos outros, com o poder de ligar novas amizades e de desligar os muitos laços de escravidão.


22/02/2014
Oração da vigília


Calendário da semana
DEZ
4
Domingo, 4 de Dezembro
Liturgia dominical
DEZ
5
Segunda-feira, 5 de Dezembro
Oração pelos doentes
DEZ
6
Terça-feira, 6 de Dezembro
Oração com Maria, Mãe do Senhor
DEZ
7
Quarta-feira, 7 de Dezembro
Oração com os santos
DEZ
8
Quinta-feira, 8 de Dezembro
Festa da Imaculada Conceição
DEZ
9
Sexta-feira, 9 de Dezembro
Oração da Santa Cruz
DEZ
10
Sábado, 10 de Dezembro
Oração da vigília
DEZ
11
Domingo, 11 de Dezembro
Liturgia dominical

Per Natale, regala il Natale! Aiutaci a preparare un vero pranzo in famiglia per i nostri amici più poveri