Riccardi Andrea: na web

Riccardi Andrea: em redes sociais

change language
você está em: home - oraÇÃo - a oração cada dia newsletterlink

Support the Community

  

A oração cada dia


 
versão para impressão

Ícone do Rosto do Senhor
Igreja de Santo Egídio
Roma


Leitura da Palavra de Deus

Louvor a Vós, Ó Senhor, Rei de eterna glória

Todo o que vive e crê em mim
não morrerá jamais.

Louvor a Vós, Ó Senhor, Rei de eterna glória

São Lucas 5,27-32

Depois disto, Jesus saiu e viu um cobrador de impostos, chamado Levi, sentado no posto de cobrança. Disse-lhe: «Segue-me.» E ele, deixando tudo, levantou-se e seguiu-o. Levi ofereceu-lhe, em sua casa, um grande banquete; e encontravam-se com eles, à mesa, grande número de cobradores de impostos e de outras pessoas. Os fariseus e os doutores da Lei murmuravam, dizendo aos discípulos: «Porque comeis e bebeis com os cobradores de impostos e com os pecadores?» Jesus tomou a palavra e disse-lhes: «Não são os que têm saúde que precisam de médico, mas os que estão doentes. Não foram os justos que Eu vim chamar ao arrependimento, mas os pecadores.»

 

Louvor a Vós, Ó Senhor, Rei de eterna glória

Se tu creres verás a glória de Deus
diz o Senhor.

Louvor a Vós, Ó Senhor, Rei de eterna glória

O trecho evangélico mostra-nos Jesus que sai, mais uma vez, de casa. É uma exortação para também nós sairmos com Ele dos nossos costumes protectores e, sobretudo, para deixarmos de viver para nós mesmos e passarmos a viver pelo próximo. Jesus está a caminhar na rua quando encontra um cobrador de impostos, chamado Levi. Os publicanos cobravam os impostos por conta dos romanos que, na altura, governavam a Palestina e, por isso, eram considerados pecadores, portanto, podemos afirmar, inadequados ao Evangelho. Mas para Jesus ninguém é inadequado para o Evangelho, nem sequer o maior dos pecadores. De facto, mal o vê, Jesus chama-o e aquele cobrador de impostos, tal como fizeram os primeiros discípulos, logo se levanta, deixa a sua banca e segue Jesus. O que conta para os discípulos não é o lugar que uma pessoa ocupa, mas a prontidão em escutar a chamada e em segui-la. Levi, levantando-se e tornando-se discípulo, deixa de ser a mesma pessoa de antes. Transformou-se no coração. E demonstra-o: quer que também os seus amigos (publicanos e pecadores que todos deveriam evitar conforme as disposições farisaicas) encontrem Jesus, como ele O encontrou. Na verdade, todos eles que provavelmente mais do que qualquer outro, sentem a necessidade de serem amados, intuem o valor precioso do amor do Senhor e vão ao Seu encontro, reunindo-se à Sua volta. O banquete da festa exprime bem a alegria de estar na companhia de Jesus. De facto, veio procurar os pobres e os pecadores. E eles aperceberam-se disso. Hoje, o publicano Levi, juntamente com todos os outros, precedem-nos para que possamos imitar a sua prontidão em seguir o Senhor e saborear a alegria de sermos salvos. Neste caminho espiritual da Quaresma, eles recordam-nos a urgência de regressarmos com todo o coração para Jesus e de O seguirmos no Seu itinerário em direcção da Páscoa. Também nós somos doentes e pecadores e precisamos deste tempo de graça para regressarmos prontamente ao Senhor, como Levi, sem adiar o tempo da conversão, para podermos partilhar a alegria da mesa com Jesus e muitos amigos pobres e pecadores como nós.


08/03/2014
Oração da vigília


Calendário da semana
DEZ
4
Domingo, 4 de Dezembro
Liturgia dominical
DEZ
5
Segunda-feira, 5 de Dezembro
Oração pelos doentes
DEZ
6
Terça-feira, 6 de Dezembro
Oração com Maria, Mãe do Senhor
DEZ
7
Quarta-feira, 7 de Dezembro
Oração com os santos
DEZ
8
Quinta-feira, 8 de Dezembro
Festa da Imaculada Conceição
DEZ
9
Sexta-feira, 9 de Dezembro
Oração da Santa Cruz
DEZ
10
Sábado, 10 de Dezembro
Oração da vigília
DEZ
11
Domingo, 11 de Dezembro
Liturgia dominical

Per Natale, regala il Natale! Aiutaci a preparare un vero pranzo in famiglia per i nostri amici più poveri