Riccardi Andrea: na web

Riccardi Andrea: em redes sociais

change language
você está em: home - oraÇÃo - a oração cada dia newsletterlink

Support the Community

  

A oração cada dia


 
versão para impressão

Ícone do Rosto do Senhor
Igreja de Santo Egídio
Roma


Leitura da Palavra de Deus

Louvor a Vós, Ó Senhor, Rei de eterna glória

Eu sou o Bom Pastor,
minha voz as ovelhas escutam,
E serão um só rebanho e um só Pastor.

Louvor a Vós, Ó Senhor, Rei de eterna glória

São Lucas 11,14-23

Jesus estava a expulsar um demónio mudo. Quando o demónio saiu, o mudo falou e a multidão ficou admirada. Mas alguns dentre eles disseram: «É por Belzebu, chefe dos demónios, que Ele expulsa os demónios.» Outros, para o experimentarem, reclamavam um sinal do Céu. Mas Jesus, que conhecia os seus pensamentos, disse-lhes:
«Todo o reino, dividido contra si mesmo, será devastado e cairá casa sobre casa.

Se Satanás também está dividido contra si mesmo, como há-de manter-se o seu reino? Pois vós dizeis que é por Belzebu que Eu expulso os demónios.

Se é por Belzebu que Eu expulso os demónios, por quem os expulsam os vossos discípulos? Por isso, eles mesmos serão os vossos juízes.

Mas se Eu expulso os demónios pela mão de Deus, então o Reino de Deus já chegou até vós.

Quando um homem forte e bem armado guarda a sua casa, os seus bens estão em segurança; mas se aparece um mais forte e o vence, tira-lhe as armas em que confiava e distribui os seus despojos. Quem não está comigo está contra mim, e quem não junta comigo, dispersa.»

 

Louvor a Vós, Ó Senhor, Rei de eterna glória

Eu vos dou um mandamento novo:
amai-vos uns aos outros!

Louvor a Vós, Ó Senhor, Rei de eterna glória

O texto da primeira leitura da Missa retirado do profeta Jeremias (7, 23-28) pertence ao seu terceiro oráculo contra o culto praticado sem o coração fiel ao Senhor e aos Seus ensinamentos. O Senhor está amargurado pela obstinação do Seu povo em permanecer longe d’Ele: “A fidelidade morreu: foi expulsa da sua boca”. Jeremias, que devia falar em nome de Deus, teve de anunciar a derrota de Israel e a sua deportação para Babilónia. Depois, o Senhor reergueria Israel e reconduzi-lo-ia para a sua terra. Também aqui, como no trecho do Deuteronómio que escutámos ontem, tudo começa da escuta, ou melhor, da não escuta das palavras dos profetas que Deus tinha enviado “sem cessar”. Mas, falando a Jeremias, Deus acrescenta, “não me quiseram escutar, nem prestar ouvidos para ouvir, antes pelo contrário, tornaram-se mais altivos”. Esta página de Jeremias preanuncia as dificuldades que o próprio Jesus teve de enfrentar por causa da Sua pregação. Jesus não deixa de lutar contra o mal que escravizava os homens. Um dia, escreve Lucas, Jesus estava a expulsar de um homem um espírito mudo que o impedia de comunicar com os outros. O diabo é deveras, como diz literalmente o termo, o espírito da divisão, aquele que separa dos outros. É o príncipe da solidão que continua ainda hoje a escravizar os homens. A incomunicabilidade é frequente e verifica-se entre pessoas e entre povos e nações. Daí as tensões e os conflitos. O príncipe do mal continua a operar para que a inimizade se estenda. Os discípulos são exortados a manterem-se atentos e vigilantes para não serem cúmplices deste inferno que cria conflitos e guerras. As acusas contra Jesus chegam a ser incríveis. Mas o mal não se resigna e continua a sua obra também perante a evidência da sua acção destruidora. Só o Senhor faz o bem e difunde o amor. Por isso é que Jesus é deveras O mais forte, Aquele que pode guardar a casa de que fala o Evangelho. E a casa é não só o coração de cada um de nós que é posto à prova pelas tentações, mas também a própria comunidade cristã, constantemente insidiada pelas forças do mal. Só quem confia no Senhor, só quem escuta a Sua palavra com fidelidade, é que poderá vencer o poder do mal e colher para si e para todos, frutos de amor e de esperança.


27/03/2014
Oração pela Igreja


Calendário da semana
DEZ
4
Domingo, 4 de Dezembro
Liturgia dominical
DEZ
5
Segunda-feira, 5 de Dezembro
Oração pelos doentes
DEZ
6
Terça-feira, 6 de Dezembro
Oração com Maria, Mãe do Senhor
DEZ
7
Quarta-feira, 7 de Dezembro
Oração com os santos
DEZ
8
Quinta-feira, 8 de Dezembro
Festa da Imaculada Conceição
DEZ
9
Sexta-feira, 9 de Dezembro
Oração da Santa Cruz
DEZ
10
Sábado, 10 de Dezembro
Oração da vigília
DEZ
11
Domingo, 11 de Dezembro
Liturgia dominical

Per Natale, regala il Natale! Aiutaci a preparare un vero pranzo in famiglia per i nostri amici più poveri