Riccardi Andrea: na web

Riccardi Andrea: em redes sociais

change language
você está em: home - oraÇÃo - a oração cada dia newsletterlink

Support the Community

  

A oração cada dia


 
versão para impressão

Ícone do Rosto do Senhor
Igreja de Santo Egídio
Roma


Leitura da Palavra de Deus

Aleluia aleluia, aleluia

Eu sou o Bom Pastor,
minha voz as ovelhas escutam,
E serão um só rebanho e um só Pastor.

Aleluia aleluia, aleluia

São Mateus 10,7-15

Pelo caminho, proclamai que o Reino do Céu está perto. Curai os enfermos, ressuscitai os mortos, purificai os leprosos, expulsai os demónios. Recebestes de graça, dai de graça. Não possuais ouro, nem prata, nem cobre, em vossos cintos; nem alforge para o caminho, nem duas túnicas, nem sandálias, nem cajado; pois o trabalhador merece o seu sustento. Em qualquer cidade ou aldeia onde entrardes, procurai saber se há nela alguém que seja digno, e permanecei em sua casa até partirdes. Ao entrardes numa casa, saudai-a. Se essa casa for digna, a vossa paz desça sobre ela; se não for digna, volte para vós. Se alguém não vos receber nem escutar as vossas palavras, ao sair dessa casa ou dessa cidade, sacudi o pó dos vossos pés. Em verdade vos digo: No dia do juízo, haverá menos rigor para a terra de Sodoma e de Gomorra do que para aquela cidade.»

 

Aleluia aleluia, aleluia

Eu vos dou um mandamento novo:
amai-vos uns aos outros!

Aleluia aleluia, aleluia

Jesus, depois de ter escolhido os doze e de lhes ter confiado a missão de anunciar a chegada do Reino de Deus, continua a esclarecer o conteúdo do anúncio que eles devem levar aos que encontram. O Evangelho a proclamar, apesar de poder ser apresentado de maneiras muito diferentes consoante os homens e as nações tem, no entanto, um núcleo central. Jesus diz-lhes: “Anunciai que o Reino de Deus está próximo. Curai os doentes, ressuscitai os mortos, purificai os leprosos, expulsai os demónios”; e acrescenta que fará “descer a paz” sobre as casas dos homens. É um conteúdo essencial e inderrogável para aqueles discípulos e para a Igreja de sempre e para qualquer comunidade cristã. Esta deve ser a primeira verdadeira preocupação dos discípulos. Jesus admoesta-os para não se deixarem dominar por outras preocupações. E enumera-as: “Ouro, prata, dinheiro, sacola, duas túnicas, calçado, bastão”. E, no entanto, parecem úteis, se não necessárias, para a missão. Na verdade, de maneira insidiosa, muitas vezes afastam os discípulos da primazia absoluta do Evangelho. É necessário meditar frequentemente sobre esta página evangélica para compreender o verdadeiro tesouro que nos é confiado, isto é, que só em Jesus é que está a nossa força e não nas nossas formas organizativas, nas nossas elaborações programáticas, nas nossas estratégias. Jesus, portanto, indica a paz como a dádiva que os discípulos devem levar para as cidades, para as aldeias e para as casas dos homens. Lucas, no trecho paralelo, fala da “saudação da paz” (10, 5). É uma saudação que o mundo necessita, sobretudo nos dias de hoje. Já se passaram dez anos do início do novo século e o mundo continua marcado por violências e por conflitos que envenenam a vida de muitos. E, amiúde, são precisamente as nossas casas e as nossas famílias que procuram aquela paz que não têm e que é, de qualquer modo, o único terreno para uma vida mais serena e feliz. Nervosismos e incompreensões tornam muitas vezes as nossas casas lugares de divisões e de lacerações. A comunidade cristã é chamada a ser operadora e portadora de paz nos conflitos que ferem não só os povos mas também as casas das nossas cidades. Os discípulos de Jesus são mandados para este mundo como anjos, isto é, como homens e mulheres frágeis, mas pacíficos e pacificadores. Isso não acontece sem contrastes e oposições. O Evangelho adverte-nos: “Se alguém não vos receber...”. A inospitalidade e a recusa não diminuem a força e a consciência de que a única missão da Igreja é a de anunciar o Evangelho e de levar, preparando-a, a paz a todos.


10/07/2014
Oração pela Igreja


Calendário da semana
DEZ
4
Domingo, 4 de Dezembro
Liturgia dominical
DEZ
5
Segunda-feira, 5 de Dezembro
Oração pelos doentes
DEZ
6
Terça-feira, 6 de Dezembro
Oração com Maria, Mãe do Senhor
DEZ
7
Quarta-feira, 7 de Dezembro
Oração com os santos
DEZ
8
Quinta-feira, 8 de Dezembro
Festa da Imaculada Conceição
DEZ
9
Sexta-feira, 9 de Dezembro
Oração da Santa Cruz
DEZ
10
Sábado, 10 de Dezembro
Oração da vigília
DEZ
11
Domingo, 11 de Dezembro
Liturgia dominical

Per Natale, regala il Natale! Aiutaci a preparare un vero pranzo in famiglia per i nostri amici più poveri