Riccardi Andrea: na web

Riccardi Andrea: em redes sociais

change language
você está em: home - oraÇÃo - a oração cada dia newsletterlink

Support the Community

  

A oração cada dia


 
versão para impressão

Ícone do Rosto do Senhor
Igreja de Santo Egídio
Roma


Leitura da Palavra de Deus

Aleluia aleluia, aleluia

Todo o que vive e crê em mim
não morrerá jamais.

Aleluia aleluia, aleluia

São Mateus 12,14-21

Os fariseus, saindo dali, reuniram-se em conselho contra Jesus, a fim de o matarem. Quando soube disso, Jesus afastou-se dali. Muitos seguiram-no e Ele curou-os a todos, ordenando-lhes que o não dessem a conhecer. Assim se cumpriu o que fora anunciado pelo profeta Isaías:

Aqui está o meu servo, que escolhi,
o meu amado,
em quem a minha alma se deleita.
Derramarei sobre Ele o meu espírito,
e Ele anunciará a minha vontade aos povos.

Não discutirá nem bradará,
e ninguém ouvirá nas praças a sua voz.

Não há-de quebrar a cana fendida,
nem apagar a mecha que fumega,
até conduzir a minha vontade à vitória.

E, no seu nome, hão-de esperar os povos!

 

Aleluia aleluia, aleluia

Se tu creres verás a glória de Deus
diz o Senhor.

Aleluia aleluia, aleluia

Jesus acabou de curar na sinagoga – num dia de sábado – um homem com uma mão paralisada. Os fariseus já não têm dúvidas e reúnem-se para prepararem um plano que leve à morte de Jesus. Deve ser calado a todo o custo. Jesus apercebe-Se disso e vai-Se embora, retirando-Se num lugar apartado. Não procede assim para estar tranquilo, tanto é verdade que cura todos os doentes que Lhe são apresentados. No entanto, não quer que se fale d’Ele. Não veio para entre os homens para ser exaltado e admirado, como alguns discípulos tentam fazer, seguindo nisso a atitude dos fariseus. Jesus veio para servir a todos, salvando-nos da escravidão do diabo e do pecado. E, com uma longa citação de Isaías apresenta-Se, precisamente, como “servo”, um servo bom, humilde, manso; não como um homem forte ou poderoso como os poderosos deste mundo. A verdadeira identidade de Jesus e, portanto, do cristão é aquela de que os homens fogem, de que pensam ser inconveniente, um fracasso. E, no entanto, o maior faz-se servo, porque só assim é que a vida dos homens tem sentido e futuro. Só aprendendo a doar, a pensar uns nos outros, a não ter medo de amar é que encontramos o nosso eu. Com efeito, Jesus não realiza acções políticas ou feitos económicos para salvar o mundo do mal. O Seu compromisso é bem mais profundo: o mal deve ser bem erradicado, desde as suas raízes que afundam no coração dos homens. Por isso, afirma que Ele “não discutirá nem gritará”, não “esmagará a cana quebrada e não apagará o pavio que ainda fumega”. O caminho para a transformação do mundo é o de acudir com carinho e misericórdia aqueles que jazem no chão, sanar imediatamente as feridas de quem está ferido, reanimar quem foi abandonado, debruçar-se sobre todos para que se realize a justiça de Deus. Só fazendo-se servo é que se ama o próximo. Este é o caminho da humildade. Não significa deitarmo-nos fora. Antes pelo contrário. O caminho do serviço torna-nos úteis, melhora-nos, fortalece-nos nas nossas fraquezas, faz-nos descobrir a beleza que está sempre escondida no nosso próximo. Eis a razão pela qual o caminho do Servo é o próprio caminho de Deus, o da submissão do amor que chega até a lavar os pés, até à morte para salvar os outros. É o caminho que Jesus indica aos discípulos de todos os tempos. É o caminho que chega até ao coração para o transformar, para o sanar, para o curar. A transformação do mundo começa da transformação dos corações. É nesta perspectiva que a Igreja e os cristãos são chamados a trabalhar.


19/07/2014
Oração da vigília


Calendário da semana
NOV
27
Domingo, 27 de Novembro
Liturgia dominical
NOV
28
Segunda-feira, 28 de Novembro
Oração pelos pobres
NOV
29
Terça-feira, 29 de Novembro
Oração com Maria, Mãe do Senhor
NOV
30
Quarta-feira, 30 de Novembro
Oração dos Apóstolos
DEZ
1
Quinta-feira, 1 de Dezembro
Oração pela Igreja
DEZ
2
Sexta-feira, 2 de Dezembro
Oração da Santa Cruz
DEZ
3
Sábado, 3 de Dezembro
Oração da vigília
DEZ
4
Domingo, 4 de Dezembro
Liturgia dominical

Per Natale, regala il Natale! Aiutaci a preparare un vero pranzo in famiglia per i nostri amici più poveri