Riccardi Andrea: na web

Riccardi Andrea: em redes sociais

change language
você está em: home - oraÇÃo - a oração cada dia newsletterlink

Support the Community

  

A oração cada dia


 
versão para impressão

Ícone do Rosto do Senhor
Igreja de Santo Egídio
Roma

Recordação de Nunzia, deficiente mental que faleceu em Nápoles e de todos os deficientes mentais que adormeceram no Senhor.


Leitura da Palavra de Deus

Aleluia aleluia, aleluia

Vós sois uma geração escolhida
um sacerdócio real, uma nação santa,
povo resgatado por Deus
para proclamar as suas maravilhas.

Aleluia aleluia, aleluia

São Mateus 13,44-46

«O Reino do Céu é semelhante a um tesouro escondido num campo, que um homem encontra. Volta a escondê-lo e, cheio de alegria, vai, vende tudo o que possui e compra o campo. O Reino do Céu é também semelhante a um negociante que busca boas pérolas. Tendo encontrado uma pérola de grande valor, vende tudo quanto possui e compra a pérola.»

 

Aleluia aleluia, aleluia

Vós sereis santos,
porque Eu sou santo, diz o Senhor.

Aleluia aleluia, aleluia

O Evangelho que nos foi anunciado é uma premente exortação para acolhermos no nosso coração o mistério do Reino do Céu. As duas parábolas mostram a decisão do camponês, primeiro, e do comerciante, depois, em venderem todos os seus bens para apostarem tudo no tesouro que descobriram. Na primeira, fala-se de um camponês que, por acaso, descobre o tesouro no campo onde está a trabalhar. Não sendo o dono do campo tem de o comprar se quiser entrar na posse do tesouro. Daqui a decisão de arriscar todos os seus haveres para não perder a ocasião verdadeiramente excepcional. O protagonista da segunda parábola é um rico comerciante de pedras preciosas que enquanto grande conhecedor, descobriu no bazar uma pérola de raro valor. Também ele decide apostar tudo naquela pérola, ao ponto de vender todas as outras. Perante essas descobertas, inesperadas para os dois, a escolha é clara e decidida. Trata-se, certamente, de vender tudo o que se possui, mas a aquisição é sem igual. São necessárias uma inteligência e uma astúcia mercantil não indiferentes, como nos mostra a sucessão premente dos actos dos dois compradores: os dois encontram, escondem, vendem e compram. E, sobretudo, manifesta-se um tamanho interesse pela descoberta que tudo é posto em jogo. O que se vende, é pouca coisa em relação ao que se ganha. O “Reino do Céu” vale todo este trabalho e a venda de coisas de menor valor. A mensagem evangélica é claríssima: nada vale quanto o Reino de Deus e, por Ele, vale a pena deixar tudo. Além do mais, é uma escolha inteligente. Quantas vezes estamos prontos para vender tudo, até mesmo a alma, só para possuir o que nos interessa e que, além do mais, nem sequer vale a pena! O problema é se, deveras, nos interessam o Senhor e a Sua amizade e se conseguimos compreender a alegria e a plenitude de vida que nos são “inesperadamente” apresentadas, como aconteceu àquele camponês e àquele comerciante que hoje nos indicam eficazmente o caminho que devemos seguir. Muitas vezes, pensamos que o Evangelho imponha uma renúncia, um sacrifício, que seja uma carga pesada e pouco pessoal. Na verdade, é precisamente o contrário: é encontrar na nossa vida, através da providência de Deus, a coisa mais preciosa pela qual com alegria e depressa, vendemos tudo o que temos. Assusta-nos perder o tesouro e para o ter, fazemos de bom grado de tudo, porque é precisamente o que procurávamos e precisamos dele. Eis, esta é a lógica do “segue-me” de Jesus, o tesouro mais precioso que nos dá uma vida plena e tudo o que necessitamos!


30/07/2014
Oração com os santos


Calendário da semana
DEZ
11
Domingo, 11 de Dezembro
Liturgia dominical
DEZ
12
Segunda-feira, 12 de Dezembro
Oração pelos pobres
DEZ
13
Terça-feira, 13 de Dezembro
Oração com Maria, Mãe do Senhor
DEZ
14
Quarta-feira, 14 de Dezembro
Oração com os santos
DEZ
15
Quinta-feira, 15 de Dezembro
Oração pela Igreja
DEZ
16
Sexta-feira, 16 de Dezembro
Oração da Santa Cruz
DEZ
17
Sábado, 17 de Dezembro
Oração da vigília
DEZ
18
Domingo, 18 de Dezembro
Liturgia dominical

Per Natale, regala il Natale! Aiutaci a preparare un vero pranzo in famiglia per i nostri amici più poveri