Riccardi Andrea: na web

Riccardi Andrea: em redes sociais

change language
você está em: home - oraÇÃo - a oração cada dia newsletterlink

Support the Community

  

A oração cada dia


 
versão para impressão

Ícone do Rosto do Senhor
Igreja de Santo Egídio
Roma


Leitura da Palavra de Deus

Aleluia aleluia, aleluia

Eis o Evangelho dos pobres,
a libertação dos prisioneiros,
a vista dos cegos,
a libertação dos oprimidos

Aleluia aleluia, aleluia

Gênesis 3,1-8

A serpente era o mais astuto de todos os animais selvagens que o Senhor Deus fizera; e disse à mulher: «É verdade ter-vos Deus proibido comer o fruto de alguma árvore do jardim?» A mulher respondeu-lhe: «Podemos comer o fruto das árvores do jardim; mas, quanto ao fruto da árvore que está no meio do jardim, Deus disse: ‘Nunca o deveis comer, nem sequer tocar nele, pois, se o fizerdes, morrereis.’ A serpente retorquiu à mulher: ‘Não, não morrereis; porque Deus sabe que, no dia em que o comerdes, abrir-se-ão os vossos olhos e sereis como Deus, ficareis a conhecer o bem e o mal’.»

Vendo a mulher que o fruto da árvore devia ser bom para comer, pois era de atraente aspecto e precioso para esclarecer a inteligência, agarrou do fruto, comeu, deu dele também a seu marido, que estava junto dela, e ele também comeu.

Então, abriram-se os olhos aos dois e, reconhecendo que estavam nus, coseram folhas de figueira umas às outras e colocaram-nas, como se fossem cinturas, à volta dos rins.

Ouviram, então, a voz do Senhor Deus, que percorria o jardim pela brisa da tarde, e o homem e a sua mulher logo se esconderam do Senhor Deus, por entre o arvoredo do jardim.

 

Aleluia aleluia, aleluia

O Filho do Homem veio para servir
quem quiser ser grande, faça-se servo de todos

Aleluia aleluia, aleluia

Deus tinha colocado o homem e a mulher no jardim dizendo-lhes que podiam comer de qualquer fruto menos do da árvore que estava no meio do jardim. Eles, todavia, não escutaram a Palavra de Deus e deixaram-se tentar por uma voz desconhecida, a da serpente, isto é, a voz do ídolo, a voz do maligno. Essa voz insinua-se de maneira sedutora na vida de qualquer homem. Pode nascer do próprio coração quando, por exemplo, espicaça o orgulho, ou então, acaricia a complacência de si ou ilude que tudo está à mão e, de qualquer modo, leva a concentrar-se em si mesmo. Também é a mesma voz que provém dos falsos profetas que propõem riqueza, bem-estar, cura e sucesso. Na verdade, são palavras e sugestões enganadoras que afastam do Senhor. A proposta do tentador é simples: não acreditar na voz de Deus mas nas outras. O tentador – sucede sempre assim – estimula o orgulho e o amor-próprio, a procura de uma grandeza sem Deus. O pecado original (e, se quisermos, a origem de qualquer pecado) está sempre na falta de confiança na Palavra de Deus, na falta de escuta e, sobretudo, na confiança em nós mesmos, no próprio orgulho. Justamente, o apóstolo Paulo na Carta aos Romanos afirma que “a fé nasce da escuta” (10, 17). A raiz do pecado original expressa-se, precisamente, no não escutar a Palavra de Deus. Muitas vezes, a Bíblia condena a escolha do homem por escutar a si mesmo, por seguir o maligno, por se dirigir aos ídolos, em vez de escutar o Senhor que nos fala com amor e sabedoria. A escuta do tentador faz o homem perder a amizade com Deus e a recíproca solidariedade. Adão e Eva, que pretendiam conhecer tudo e de poderem viver sozinhos, dão por si nus, cheios de medo. O orgulho leva à privação da amizade com Deus, afasta-nos d’Ele e torna-nos mais pobres. Sem o Senhor, todos nós descobrimos com tristeza a própria miséria e a própria fragilidade, e encontra-se na impotência. Adão e Eva esconderam-se diante de Deus que, pelo contrário, continuava a amá-los e a preocupar-Se com eles. Aquele que não escuta a voz de Deus e confia só em si mesmo e nas próprias convicções, afasta-se do Senhor e cria divisão e sofrimento. Fazemos bem em escutar todos os dias a Palavra de Deus, porque só assim não nos deixaremos enganar pelos ídolos e pelos falsos profetas que se multiplicam nas dificuldades e nos tempos de crise.


13/02/2015
Oração da Santa Cruz


Calendário da semana
DEZ
4
Domingo, 4 de Dezembro
Liturgia dominical
DEZ
5
Segunda-feira, 5 de Dezembro
Oração pelos doentes
DEZ
6
Terça-feira, 6 de Dezembro
Oração com Maria, Mãe do Senhor
DEZ
7
Quarta-feira, 7 de Dezembro
Oração com os santos
DEZ
8
Quinta-feira, 8 de Dezembro
Festa da Imaculada Conceição
DEZ
9
Sexta-feira, 9 de Dezembro
Oração da Santa Cruz
DEZ
10
Sábado, 10 de Dezembro
Oração da vigília
DEZ
11
Domingo, 11 de Dezembro
Liturgia dominical

Per Natale, regala il Natale! Aiutaci a preparare un vero pranzo in famiglia per i nostri amici più poveri