Riccardi Andrea: na web

Riccardi Andrea: em redes sociais

change language
você está em: home - oraÇÃo - a oração cada dia newsletterlink

Support the Community

  

A oração cada dia


 
versão para impressão

Ícone do Rosto do Senhor
Igreja de Santo Egídio
Roma


Leitura da Palavra de Deus

Louvor a Vós, Ó Senhor, Rei de eterna glória

Todo o que vive e crê em mim
não morrerá jamais.

Louvor a Vós, Ó Senhor, Rei de eterna glória

Deuteronômio 26,16-19

«Hoje, o Senhor, teu Deus, ordena-te que cumpras estas leis e preceitos. Observa-os e cumpre-os com todo o teu coração e com toda a tua alma. Hoje, declaraste ao Senhor que Ele seria o teu Deus e que andarias nos seus caminhos, observando as suas leis, os seus preceitos e os seus mandamentos. Por sua vez, o Senhor declarou-te hoje que serias o seu povo particular, como te tinha dito, e que deverias observar todos os seus mandamentos; que te tornaria superior em honra, fama e esplendor a todos os povos que Ele tinha criado; que serias um povo consagrado ao Senhor, teu Deus, como Ele tinha dito.»


 

Louvor a Vós, Ó Senhor, Rei de eterna glória

Se tu creres verás a glória de Deus
diz o Senhor.

Louvor a Vós, Ó Senhor, Rei de eterna glória

Esta página – na linguagem típica do livro do Deuteronómio – insiste na relação particular que existe entre Israel e o seu Deus: isto é, o pacto de aliança: “Ele será o teu Deus” e Israel será “o Seu povo”. É um dos pontos centrais da teologia do Deuteronómio e dos livros que seguem, desde Josué até ao Segundo Livro dos Reis. Toda a história de Israel está marcada pela visão desta estreita relação entre Deus e Israel. O Senhor escolheu aquele pequeno povo para “o consagrar” ao Seu Nome; isto é, separou-o dos outros povos da Terra – mesmo dos mais numerosos e poderosos como o assiro, o egípcio e o babilónico – para fazer dele o próprio povo, como se lê no capítulo 7: “O Senhor afeiçoou-Se a vós e escolheu-vos, não porque sois o mais numeroso entre todos os outros povos – pelo contrário, sois o menor de todos os povos – mas foi por amor a vós” (7-8). A aliança com Deus implica a fidelidade à Lei. E a Lei começa com a exortação a escutar o Senhor: Ele “será o teu Deus, com a condição de andares nos seus caminhos, observando os seus estatutos, mandamentos e normas, dando assim ouvidos à sua voz”. Tudo se baseia na escuta. A profissão de fé de Israel, ainda hoje recitada por todos os hebreus, começa com as palavras do Dt 6, 4: “Ouve, Israel: o Senhor nosso Deus é o único Senhor”. Observar as leis, andar nos caminhos de Deus, torna-se possível só se nos colocarmos numa atitude de escuta. O tempo da Quaresma é um tempo oportuno para sair do hábito de escutarmos a nós mesmos e de nos colocarmos diante do Senhor escutando a Sua Palavra de vida. Só nesta perspectiva é que será possível a conversão do coração e a entrega da própria vida a Deus para que seja o único Senhor da nossa vida. Também hoje, como no tempo de Israel, o céu está cheio de ídolos, de concessões, de coisas diante das quais nos prostramos e sacrificamos até a nossa própria existência. Numerosos são os falsos profetas que todos os dias falam para dobrar o coração dos homens aos ídolos do dinheiro, do sucesso, da glória, do poder, do consumo, da satisfação imediata de si mesmos e das próprias vontades. E muitos, infelizmente, deixam-se levar alargando assim, o culto idolátrico das coisas do mundo. Para nos subtrairmos à escravidão das novas idolatrias, é indispensável escutar todos os dias a Palavra de Deus, guardá-l’A no coração e vivê-l’A na obediência. Será a Palavra de deus a guardar-nos na aliança com o Senhor e a proteger a nossa liberdade.


28/02/2015
Oração da vigília


Calendário da semana
DEZ
4
Domingo, 4 de Dezembro
Liturgia dominical
DEZ
5
Segunda-feira, 5 de Dezembro
Oração pelos doentes
DEZ
6
Terça-feira, 6 de Dezembro
Oração com Maria, Mãe do Senhor
DEZ
7
Quarta-feira, 7 de Dezembro
Oração com os santos
DEZ
8
Quinta-feira, 8 de Dezembro
Festa da Imaculada Conceição
DEZ
9
Sexta-feira, 9 de Dezembro
Oração da Santa Cruz
DEZ
10
Sábado, 10 de Dezembro
Oração da vigília
DEZ
11
Domingo, 11 de Dezembro
Liturgia dominical

Per Natale, regala il Natale! Aiutaci a preparare un vero pranzo in famiglia per i nostri amici più poveri