Riccardi Andrea: na web

Riccardi Andrea: em redes sociais

change language
você está em: home - oraÇÃo - a oração cada dia newsletterlink

Support the Community

  

A oração cada dia


 
versão para impressão

Ícone do Rosto do Senhor
Igreja de Santo Egídio
Roma


Leitura da Palavra de Deus

Aleluia aleluia, aleluia

Eu sou o Bom Pastor,
minha voz as ovelhas escutam,
E serão um só rebanho e um só Pastor.

Aleluia aleluia, aleluia

Gênesis 44,18-21.23-29.1-5

Então, Judá aproximou-se de José e disse-lhe: «Por favor, senhor, que o teu servo possa dizer uma palavra aos ouvidos do meu senhor, e que a tua cólera não se inflame contra o teu servo! Porque tu és igual ao faraó. Quando o meu senhor interrogou os seus servos, dizendo: ‘Tendes ainda pai ou outro irmão?’, nós respondemos ao meu senhor: ‘Temos um pai idoso e um irmão jovem, filho da sua velhice. Seu irmão morreu, ficando ele só, dos filhos de sua mãe, e o pai está muito afeiçoado a ele.’ Tu disseste então aos teus servos: ‘Trazei-mo, para que eu o veja.’ Mas tu disseste aos teus servos: ‘Se o vosso irmão mais novo não vos acompanhar, não torneis a aparecer diante de mim.’ Ao voltarmos para junto do teu servo, nosso pai, repetimos-lhe as mesmas palavras do meu senhor. E o nosso pai disse-nos: ‘Voltai, comprai-nos alguns víveres.’ Respondemos-lhe: ‘Não podemos partir. Se o nosso irmão mais novo não for connosco, não voltaremos; porque não podemos aparecer diante daquele homem, se o nosso irmão mais novo não estiver connosco.’ O teu servo e meu pai, disse-nos: ‘Sabeis que a minha mulher deu-me dois filhos. Um desapareceu de junto de mim e eu disse: Com certeza foi devorado! E não tornei a vê-lo, até hoje. Se me tirardes também este e se lhe acontecer algum mal, fareis descer os meus cabelos brancos ao túmulo, com o peso da dor.’

José não pôde conter-se diante dos que o rodeavam e exclamou: «Mandai sair toda a gente daqui!» Por isso não ficou ninguém presente, quando José se deu a conhecer aos irmãos. Mas ele chorava tão alto que os egípcios ouviram-no, e a notícia chegou também ao palácio do faraó. José disse então aos irmãos: «Eu sou José; meu pai ainda é vivo?» Mas eles não puderam responder-lhe, porque ficaram perturbados diante dele.

José disse aos irmãos: «Aproximai-vos de mim, peço-vos!» E eles aproximaram-se. José continuou: «Eu sou José, vosso irmão, que vendestes para o Egipto.

Mas não vos entristeçais, nem vos irriteis contra vós próprios, por me terdes vendido para este país; porque foi para podermos conservar a vida que Deus me mandou para aqui à vossa frente.

 

Aleluia aleluia, aleluia

Eu vos dou um mandamento novo:
amai-vos uns aos outros!

Aleluia aleluia, aleluia

Judá, um dos irmãos, assume, finalmente as suas responsabilidades. Já não se refugia no engano, não acredita poder resolver o assunto ficando calado ou contando mentiras. A reconciliação começa quando fala com coração aberto a José que ainda não reconheceu. De facto, também para eles, é difícil reencontrar o irmão. Eles descobrem-no quando, finalmente, falam do pai, da dor provocada pela morte de um dos dois filhos que a esposa lhe tinha dado. Eles, quando o tinham atirado dentro da cisterna para o matarem não tinham pensado nem no irmão, nem no pai. Agora sim. E defendem-no. Reencontramos o caminho da fraternidade quando assumimos o irmão, quando nos tornamos, finalmente, no seu protector e quando compreendemos a dor do pai. Diante das palavras sinceras de Judá e da dor do pai, José não se consegue conter e, ficando a sós com os irmãos, na intimidade, finalmente revela-se e chora. Também Jesus chorará diante das ovelhas cansadas porque sem pastor. Chorará porque Jerusalém não escutou a Sua palavra de transformação. Os irmãos ficam aterrorizados quando o reconhecem. Os irmãos já não conseguiam falar amigavelmente com José por causa dos ciúmes e da divisão. A misericórdia dissolve, finalmente, o coração e permite de novo, reencontrarem-se. Eles temem a vingança humana. José, como Jesus, revela-lhes que foi mandado por Deus para os salvar e que tudo, até mesmo a dor, está reconciliado na Sua misericórdia. É José quem assume as dificuldades dos irmãos para que possam viver. Como Jesus.


09/07/2015
Oração pela Igreja


Calendário da semana
JAN
15
Domingo, 15 de Janeiro
Liturgia dominical
JAN
16
Segunda-feira, 16 de Janeiro
Oração pela Paz
JAN
17
Terça-feira, 17 de Janeiro
Oração com Maria, Mãe do Senhor
JAN
18
Quarta-feira, 18 de Janeiro
Oração com os santos
JAN
19
Quinta-feira, 19 de Janeiro
Oração pela Igreja
JAN
20
Sexta-feira, 20 de Janeiro
Oração da Santa Cruz
JAN
21
Sábado, 21 de Janeiro
Oração da vigília
JAN
22
Domingo, 22 de Janeiro
Liturgia dominical