Riccardi Andrea: na web

Riccardi Andrea: em redes sociais

change language
você está em: home - oraÇÃo - a oração cada dia newsletterlink

Support the Community

  

A oração cada dia


 
versão para impressão

Ícone do Rosto do Senhor
Igreja de Santo Egídio
Roma


Leitura da Palavra de Deus

Aleluia aleluia, aleluia

O Espírito Santo virá sobre ti
Aquele que nascer de ti será santo.

Aleluia aleluia, aleluia

Êxodo 14,21-31

Moisés estendeu a sua mão sobre o mar, e o Senhor fez recuar o mar com um vento forte de oriente toda a noite, e pôs o mar a seco. As águas dividiram-se, e os filhos de Israel entraram pelo meio do mar, por terra seca, e as águas eram para eles um muro à sua direita e à sua esquerda. Os egípcios perseguiram-nos, e todos os cavalos do faraó, os seus carros de guerra e os seus cavaleiros, entraram atrás deles para o meio do mar. E aconteceu que, na vigília da manhã, o Senhor olhou da coluna de fogo e de nuvem, para o acampamento dos egípcios, e lançou a confusão no acampamento dos egípcios. Ele desviou as rodas dos seus carros de guerra, e eles conduziam com dificuldade. Os egípcios disseram: «Fujamos diante de Israel, porque o Senhor combate por eles contra o Egipto.» O Senhor disse a Moisés: «Estende a tua mão sobre o mar, e que as águas voltem sobre os egípcios, sobre os seus carros de guerra e sobre os seus cavaleiros.» Moisés estendeu a sua mão sobre o mar, e o mar voltou ao seu leito normal, ao raiar da manhã, e os egípcios a fugir foram ao seu encontro. E o Senhor desfez-se dos egípcios no meio do mar. As águas voltaram e cobriram os carros de guerra e os cavaleiros; de todo o exército do faraó que entrou atrás deles no mar, não ficou nenhum. Os filhos de Israel caminharam em terra seca, pelo meio do mar, e as águas eram para eles um muro à sua direita e à sua esquerda. O Senhor salvou, naquele dia, Israel da mão do Egipto, e Israel viu os egípcios mortos à beira do mar. Israel viu a mão poderosa com que o Senhor actuou contra o Egipto, o povo temeu o Senhor e acreditou nele e em Moisés, seu servo.


 

Aleluia aleluia, aleluia

Eis, Senhor, os vossos servos:
Faça-se em nós segundo a vossa palavra

Aleluia aleluia, aleluia

A força de Moisés consiste em se entregar à protecção de Deus. Estendeu as mãos sobre o mar quando este ainda estava fechado. A sabedoria de Israel no Talmude comenta que as águas do mar abriram-se só depois do primeiro hebreu ter colocado os pés na água! Temos de confiar e não esperar para termos a certeza, para termos todas as respostas. Muitas vezes, os homens esperam por medo e, sobretudo, por terem pouca fé. Confiar, não significa, no entanto, passividade. Moisés enfrenta o mar, convence os seus, persuade-os, apesar dos receios deles e das suas resistências, aquelas que se expressam abertamente na nostalgia e nas resistências veladas que muitas vezes extinguem a esperança, “contristam” o Espírito, como diria o Apóstolo Paulo. Confiar, não significa que tudo seja da responsabilidade de Deus, mas significa caminhar sabendo que Deus não nos abandonará, que o Seu amor é fiel e que nos libertará das mãos dos opressores. Não acreditamos porque obtivemos tudo, mas porque sabemos que o Senhor não nos deixará faltar nada. As águas do Mar Vermelho são, como recita a Liturgia da Páscoa, a prefiguração do futuro povo dos baptizados, daqueles que Deus escolhe e toma consigo, arrebatando-os do mal. Israel viu a mão poderosa que o Senhor usou contra o Egipto. Muitas vezes, a incredulidade, a desconfiança, a resignação parecem convincentes, realistas. Na realidade, enchem-nos só de receios. O crente sabe reconhecer os sinais da protecção de Deus, como os discípulos diante dos milagres de Jesus. O povo teve temor do Senhor. Não se tem medo do Senhor, mas temor, por um amor assim tão grande. Finalmente, o povo de Israel acreditou no seu servo Moisés, naquele que tinha escutado o que Deus lhe tinha dito e que, apesar da sua fragilidade, se tinha revestido da força de Deus.


21/07/2015
Oração com Maria, Mãe do Senhor


Calendário da semana
NOV
27
Domingo, 27 de Novembro
Liturgia dominical
NOV
28
Segunda-feira, 28 de Novembro
Oração pelos pobres
NOV
29
Terça-feira, 29 de Novembro
Oração com Maria, Mãe do Senhor
NOV
30
Quarta-feira, 30 de Novembro
Oração dos Apóstolos
DEZ
1
Quinta-feira, 1 de Dezembro
Oração pela Igreja
DEZ
2
Sexta-feira, 2 de Dezembro
Oração da Santa Cruz
DEZ
3
Sábado, 3 de Dezembro
Oração da vigília
DEZ
4
Domingo, 4 de Dezembro
Liturgia dominical

Per Natale, regala il Natale! Aiutaci a preparare un vero pranzo in famiglia per i nostri amici più poveri