Riccardi Andrea: na web

Riccardi Andrea: em redes sociais

change language
você está em: home - oraÇÃo - a oração cada dia newsletterlink

Support the Community

  

A oração cada dia


 
versão para impressão

Ícone do Rosto do Senhor
Igreja de Santo Egídio
Roma


Leitura da Palavra de Deus

Aleluia aleluia, aleluia

Eis o Evangelho dos pobres,
a libertação dos prisioneiros,
a vista dos cegos,
a libertação dos oprimidos

Aleluia aleluia, aleluia

Deuteronômio 4,32-40

«Na verdade, interroga os tempos antigos que te precederam, desde o dia em que Deus criou o homem sobre a terra. Pergunta se jamais houve, de uma extremidade à outra do céu, coisa tão extraordinária como esta, ou se jamais se ouviu coisa semelhante. Sabes, porventura, de algum povo que tenha ouvido a voz de Deus falando do meio do fogo, como tu ouviste, e tenha continuado a viver? Algum experimentou Deus a escolher para si um povo dentre outros povos, por meio de milagres, sinais e prodígios, combatendo com mão forte e braço estendido, com terríveis portentos, conforme tudo o que fez por vós o Senhor, vosso Deus, no Egipto, diante dos teus olhos? Tu viste e ficaste a conhecer que Ele, o Senhor, é Deus e que não há outro além dele. Do céu, fez-te ouvir a sua voz para te instruir; sobre a terra, mostrou-te a grandeza do seu fogo, e tu ouviste as palavras vindas do meio do fogo. E, porque amou os teus antepassados e escolheu a sua descendência depois deles, tirou-te do Egipto com a força do seu grande poder: desalojou, à tua frente, povos mais numerosos e mais fortes do que tu para te introduzir nas suas terras e dar-tas em herança, como acontece hoje. Reconhece, agora, e medita no teu coração, que só o Senhor é Deus, tanto no alto do céu como em baixo, sobre a terra, e que não há outro. Cumprirás, pois, as suas leis e os seus mandamentos, que eu hoje te prescrevo, para seres feliz, tu e os teus filhos depois de ti, e para que se prolongue a tua existência sobre a terra que o Senhor, teu Deus, te dará para sempre».

 

Aleluia aleluia, aleluia

O Filho do Homem veio para servir
quem quiser ser grande, faça-se servo de todos

Aleluia aleluia, aleluia

No trecho que acabámos de escutar aparece clara a vontade de Moisés de consciencializar cada vez mais o povo sobre o incrível amor que Deus nutre por eles. E não é um amor abstracto ou feito apenas de sentimentos vazios, nem só de palavras. É um amor concreto, feito de gestos, de acções, de atenções. Isto é, é um amor que se fez história comum de Deus connosco. As palavras de Moisés exortam a interrogarmo-nos sobre a particularidade e a grandeza deste amor que se manifestou concretamente na história do seu povo. As palavras de Moisés são uma exortação também para nós, cristãos. Devemos acolhê-las com gratidão. Também nós podemos questionar-nos sobre a razão pela qual o Senhor nos escolheu. O que é que nós, pobres homens e pobres mulheres, tínhamos para fazermos parte deste povo para que o Senhor nos escolhesse? Ele chamou-nos enquanto estávamos dispersos, cada um à mercê do próprio pequeno e mesquinho destino de solidão e, com o fogo do Seu amor, reuniu-nos e aproximou-nos uns aos outros para fazer de nós o Seu povo. Escolheu-nos e continua a falar-nos para nos educar a viver como Seus filhos e para nos enviar a proclamar ao mundo a Sua misericórdia que salva. É verdade, assim como Deus agiu com Israel, também agiu para com o povo que nós somos. Ou melhor, tornou-nos participantes da missão que confiou ao Seu próprio Filho. A Palavra de Deus exorta-nos a ler a nossa vida como uma vocação que nos confiou. Só escutando a Sua Palavra e reconhecendo em nós a Sua obra, é que podemos viver. O orgulho de acreditar que somos auto-suficientes e, portanto, que vivemos fechados em nós mesmos, fechados no próprio restrito horizonte, torna-nos cegos e não nos deixa participar no grande projecto de Deus sobre os homens e sobre os povos. O Senhor tornou-nos no Seu povo porque, através de nós, quer comunicar ao mundo a força da Sua misericórdia que salva. A consciencialização desta grande dádiva que nos é feita pelo Senhor abre-nos à gratidão e ao louvor. É verdade, Deus fez grandes coisas por nós, como as fez para o Seu povo. Nunca deixaremos de Lhe dar graças.


07/08/2015
Oração da Santa Cruz


Calendário da semana
DEZ
4
Domingo, 4 de Dezembro
Liturgia dominical
DEZ
5
Segunda-feira, 5 de Dezembro
Oração pelos doentes
DEZ
6
Terça-feira, 6 de Dezembro
Oração com Maria, Mãe do Senhor
DEZ
7
Quarta-feira, 7 de Dezembro
Oração com os santos
DEZ
8
Quinta-feira, 8 de Dezembro
Festa da Imaculada Conceição
DEZ
9
Sexta-feira, 9 de Dezembro
Oração da Santa Cruz
DEZ
10
Sábado, 10 de Dezembro
Oração da vigília
DEZ
11
Domingo, 11 de Dezembro
Liturgia dominical

Per Natale, regala il Natale! Aiutaci a preparare un vero pranzo in famiglia per i nostri amici più poveri