Riccardi Andrea: na web

Riccardi Andrea: em redes sociais

change language
você está em: home - oraÇÃo - a oração cada dia newsletterlink

Support the Community

  

A oração cada dia


 
versão para impressão

Ícone do Rosto do Senhor
Igreja de Santo Egídio
Roma


Leitura da Palavra de Deus

Aleluia aleluia, aleluia

Todo o que vive e crê em mim
não morrerá jamais.

Aleluia aleluia, aleluia

Baruc 4,5-12.27-29

Coragem, povo meu,
que trazes o nome de Israel!

Fostes vendidos às nações,
mas não para serdes aniquilados.
Porque provocastes a ira de Deus,
fostes entregues aos inimigos.

Irritastes o vosso criador,
oferecendo sacrifícios aos demónios e não a Deus.

Esquecestes o vosso criador, o Deus eterno,
e contristastes Jerusalém, que vos alimentou.

Quando viu precipitar-se sobre vós o castigo de Deus, disse:
«Escutai, nações vizinhas de Sião!
Deus enviou-me um grande tormento.

Vi o cativeiro dos meus filhos e filhas,
que o Eterno lhes infligiu.

Eu tinha-os criado com alegria
e despedi-os com lágrimas e tristeza.

Que ninguém se regozije
com a minha viuvez e o meu desamparo!
Se estou deserta,
é por causa dos pecados dos meus filhos,
porque se afastaram da Lei de Deus,

Coragem, meus filhos, clamai ao Senhor,
porque aquele mesmo que vos provou,
há-de lembrar-se de vós.

Se um dia quisestes afastar-vos de Deus,
convertei-vos, agora, e procurai-o
com um empenho dez vezes maior;

pois aquele que vos enviou o castigo
vos trará a alegria eterna da vossa salvação.»

 

Aleluia aleluia, aleluia

Se tu creres verás a glória de Deus
diz o Senhor.

Aleluia aleluia, aleluia

Israel está a viver, mais uma vez, o peso da escravidão, provavelmente por parte do reino da Síria. E o motivo da queda na escravidão é sempre o mesmo: o facto de se terem esquecido do Senhor que também os libertou da opressão do Egipto. Diz o profeta: “Porque provocastes a ira de Deus, então fostes entregues ao inimigo” (v. 6). O povo de Israel sabe bem que o segredo para permanecer livre na terra que Deus lhe deu está encerrado no cumprimento do pacto de amor com Deus. E sabe bem, por experiência directa e múltipla, que a humilhação da escravidão deriva sempre da desobediência ao Senhor. Teria podido recordar que a felicidade não deriva da posse das coisas, nem sequer das recebidas como dádiva por Deus, como a Terra Prometida, mas da escuta da Palavra de Deus e da amizade com os irmãos. Portanto, o profeta exorta o povo a ter coragem: “Coragem”, diz no início do trecho. Não é uma exortação superficial ou optimista. Nasce da certeza que Deus é fiel, apesar do pecado que o povo cometeu. Deus não Se esconde, nem sequer nos momentos difíceis. Ele aguarda sempre que abramos uma brecha na porta do nosso coração. E logo acode. E transforma a nossa condição de tristeza num novo tempo de festa. É suficiente elevarmos apenas um pouco o nosso olhar para Ele, gritar apenas uma palavra de ajuda, e será Ele mesmo a entrar na nossa vida. Por isso, o profeta exorta: “Coragem, meus filhos, clamai a Deus! Ele mesmo que vos provou, lembrar-Se-á de vós. Da mesma forma como vos veio, um dia, a ideia de abandonar a Deus, agora procurai-O com o redobrado empenho. Aquele que vos enviou tanta desgraça, mandar-vos-á também a alegria eterna da salvação” (vv. 27-29).


03/10/2015
Oração da vigília


Calendário da semana
DEZ
4
Domingo, 4 de Dezembro
Liturgia dominical
DEZ
5
Segunda-feira, 5 de Dezembro
Oração pelos doentes
DEZ
6
Terça-feira, 6 de Dezembro
Oração com Maria, Mãe do Senhor
DEZ
7
Quarta-feira, 7 de Dezembro
Oração com os santos
DEZ
8
Quinta-feira, 8 de Dezembro
Festa da Imaculada Conceição
DEZ
9
Sexta-feira, 9 de Dezembro
Oração da Santa Cruz
DEZ
10
Sábado, 10 de Dezembro
Oração da vigília
DEZ
11
Domingo, 11 de Dezembro
Liturgia dominical

Per Natale, regala il Natale! Aiutaci a preparare un vero pranzo in famiglia per i nostri amici più poveri