Riccardi Andrea: na web

Riccardi Andrea: em redes sociais

change language
você está em: home - oraÇÃo - a oração cada dia newsletterlink

Support the Community

  

A oração cada dia


 
versão para impressão

Ícone do Rosto do Senhor
Igreja de Santo Egídio
Roma


Leitura da Palavra de Deus

Aleluia aleluia, aleluia

Eis o Evangelho dos pobres,
a libertação dos prisioneiros,
a vista dos cegos,
a libertação dos oprimidos

Aleluia aleluia, aleluia

Romanos 9,1-5

É verdade o que vou dizer em Cristo; não minto, pois é a minha consciência que, pelo Espírito Santo, disto me dá testemunho: tenho uma grande tristeza e uma dor contínua no meu coração. Desejaria ser amaldiçoado, ser eu próprio separado de Cristo, pelo bem dos meus irmãos, os da minha raça, segundo a carne. Eles são os israelitas, a quem pertence a adopção filial, a glória, as alianças, a lei, o culto, as promessas. A eles pertencem os patriarcas e é deles que descende Cristo, segundo a carne. Deus que está acima de todas as coisas, bendito seja Ele pelos séculos! Ámen.

 

Aleluia aleluia, aleluia

O Filho do Homem veio para servir
quem quiser ser grande, faça-se servo de todos

Aleluia aleluia, aleluia

Depois de ter falado da manifestação da justiça de Deus que justifica o crente e o torna capaz de viver segundo o Espírito, o apóstolo dirige agora a sua atenção para o povo de Israel e para o mistério da sua história. Ele sente-se profundamente ligado à história do povo que Deus escolheu desde Abraão. E pergunta com profunda angústia o que será deste povo, uma vez que a salvação depende de Jesus Cristo e já não da Lei. É óbvia a amargura que o apóstolo sente porque os seus antigos irmãos na carne não chegam a desfrutar da nova aliança estabelecida por Jesus: “Tenho uma grande dor e um contínuo sofrimento no coração. Sim, eu gostaria de ser amaldiçoado e separado de Cristo em favor dos meus irmãos de raça e sangue. Eles são israelitas e possuem a adopção filial, a glória, as alianças, a legislação, o culto e as promessas; deles são os patriarcas”. Ou melhor - acrescenta Paulo – “deles nasceu Cristo segundo a condição humana, o qual está acima de tudo. Deus seja bendito para sempre”. O povo da primeira aliança deixou-se surpreender - afirma - pela presunção de possuir o favor de Deus através da Lei. Esta convicção levou-os a esbarrar, precisamente, na “pedra de tropeço”, isto é, a não reconhecerem Jesus como Filho de Deus. No entanto - e aqui o apóstolo toca o mistério da fidelidade de Deus - “a Palavra de Deus nunca falhou”. O apóstolo coloca o problema de quem seja o verdadeiro Israel. E afirma que nem todos os descendentes de Israel o são. Para se ser filho de Deus não basta a descendência da carne e do sangue, mas a adesão do coração ao Evangelho de Cristo. Só a fé, isto é, a livre e total adesão do nosso coração a Deus liberta-nos da escravidão da carne, para nos dar a possibilidade de participar na salvação. Eis porque também os discípulos de Jesus devem ter cuidado para que a pertença à comunidade dos crentes não seja apenas exterior, individualista e ritual. Só a fé marcada pelo amor é que salva.


30/10/2015
Oração da Santa Cruz


Calendário da semana
JAN
15
Domingo, 15 de Janeiro
Liturgia dominical
JAN
16
Segunda-feira, 16 de Janeiro
Oração pela Paz
JAN
17
Terça-feira, 17 de Janeiro
Oração com Maria, Mãe do Senhor
JAN
18
Quarta-feira, 18 de Janeiro
Oração com os santos
JAN
19
Quinta-feira, 19 de Janeiro
Oração pela Igreja
JAN
20
Sexta-feira, 20 de Janeiro
Oração da Santa Cruz
JAN
21
Sábado, 21 de Janeiro
Oração da vigília
JAN
22
Domingo, 22 de Janeiro
Liturgia dominical