Riccardi Andrea: na web

Riccardi Andrea: em redes sociais

change language
você está em: home - oraÇÃo - a oração cada dia newsletterlink

Support the Community

  

A oração cada dia


 
versão para impressão

Ícone do Rosto do Senhor
Igreja de Santo Egídio
Roma

Memória de Nossa Senhora de Guadalupe, no México.


Leitura da Palavra de Deus

Aleluia aleluia, aleluia

Todo o que vive e crê em mim
não morrerá jamais.

Aleluia aleluia, aleluia

Dal libro del Siracide 48,1-4.9-11

Allora sorse Elia profeta, come un fuoco;
la sua parola bruciava come fiaccola.
Egli fece venire su di loro la carestia
e con zelo li ridusse a pochi.
Per la parola del Signore chiuse il cielo
e così fece scendere per tre volte il fuoco.
Come ti rendesti glorioso, Elia, con i tuoi prodigi!
E chi può vantarsi di esserti uguale?
Tu sei stato assunto in un turbine di fuoco,
su un carro di cavalli di fuoco;
tu sei stato designato a rimproverare i tempi futuri,
per placare l'ira prima che divampi,
per ricondurre il cuore del padre verso il figlio
e ristabilire le tribù di Giacobbe.
Beati coloro che ti hanno visto
e si sono addormentati nell'amore,
perché è certo che anche noi vivremo.

 

Aleluia aleluia, aleluia

Se tu creres verás a glória de Deus
diz o Senhor.

Aleluia aleluia, aleluia

A Palavra do Senhor apresenta-nos hoje, a figura de Elias. Tanto a primeira leitura, retirada do livro do Eclesiástico, como o trecho evangélico (Mt 17, 10-13), apresentam-nos a figura do profeta Elias. No trecho evangélico é o próprio Jesus que, descendo do monte depois da Transfiguração, fala do grande profeta. A tradição do tempo afirmava que, precisamente, Elias regressaria antes do Messias. Na verdade, Jesus confirma que já veio. Mas referia-se a João Baptista. Pelo contrário, o Eclesiástico escreve: "Então surgiu o profeta Elias como um fogo, e a sua palavra queimava como um facho". O povo do Senhor tinha caído na dureza do coração e na obstinação de comportamentos violentos e pecaminosos. É fácil não escutar a Palavra de Deus que, todavia, é proclamada com abundância na nossa vida. Enquanto o Senhor nos envolve no Seu sonho de paz sobre o mundo, quase prevenindo com a Sua Palavra o decorrer da História, o orgulho cega-nos diante da obra de Deus e impede-nos de saborear a sua maravilha e de rejubilar com gratidão. A Palavra do Senhor vem ao nosso encontro e surpreende-nos com a novidade do Seu anúncio, derrotando o hábito de uma escuta óbvia: "Agora, revelo-te coisas novas, segredos que não conheces. Foram criadas neste momento e não outrora; antes do dia de hoje nunca ouviste falar delas; de contrário, poderias dizer: ‘Eu já sabia disso tudo’". Se a palavra dos profetas já nos parece conhecida, se já não nos surpreende, se já não chega ao profundo do nosso coração, é porque estamos demasiado seguros, é porque julgamos que já a possuímos e, portanto, já não nos deixamos questionar por Ela e nem sequer nos maravilhamos pelas novidades que Ela traz sempre consigo. A verdade é que a coisa mais óbvia para nós é escutarmos a nós mesmos e aos nossos hábitos, em vez de escutarmos o Senhor. Elias é a profecia que o Senhor faz ecoar novamente nos nossos ouvidos neste tempo que necessita de grandes mudanças. A pregação que recebemos neste tempo, e não só do Papa Francisco, deveras semelhante à de Elias, continua a fazer descer "por três vezes o fogo" no coração dos homens. Assistimos a muitos prodígios. Não haverá, por ventura, um fogo que se inflame e que "reconduza o coração dos pais aos filhos"? Este fogo é aquele que a pregação acende. E felizes nós, se nos deixamos envolver por este fogo da profecia: qualquer laceração será sanada e a fraternidade recomposta.


12/12/2015
Oração da vigília


Calendário da semana
NOV
27
Domingo, 27 de Novembro
Liturgia dominical
NOV
28
Segunda-feira, 28 de Novembro
Oração pelos pobres
NOV
29
Terça-feira, 29 de Novembro
Oração com Maria, Mãe do Senhor
NOV
30
Quarta-feira, 30 de Novembro
Oração dos Apóstolos
DEZ
1
Quinta-feira, 1 de Dezembro
Oração pela Igreja
DEZ
2
Sexta-feira, 2 de Dezembro
Oração da Santa Cruz
DEZ
3
Sábado, 3 de Dezembro
Oração da vigília
DEZ
4
Domingo, 4 de Dezembro
Liturgia dominical