Riccardi Andrea: na web

Riccardi Andrea: em redes sociais

change language
você está em: home - oraÇÃo - a oração cada dia newsletterlink

Support the Community

  

A oração cada dia


 
versão para impressão

Ícone do Rosto do Senhor
Igreja de Santo Egídio
Roma

Recordação de Laurindo e de Madora, jovens moçambicanos, que morreram por causa da guerra; com eles recordamos todos os jovens que morreram por causa dos conflitos e das violências dos homens.


Leitura da Palavra de Deus

Aleluia aleluia, aleluia

Glória a Deus nas alturas!
E na terra paz aos homens!

Aleluia aleluia, aleluia

I São João 2,12-17

Eu vo-lo escrevo, filhinhos: Os vossos pecados estão-vos perdoados pelo nome de Jesus. Eu vo-lo escrevo, pais:
vós conheceis aquele que existe desde o princípio.
Eu vo-lo escrevo, jovens:
vós vencestes o maligno.

Eu vo-lo escrevi, filhinhos:
vós conhecestes o Pai.
Eu vo-lo escrevi, pais:
vós conheceis aquele que existe desde o princípio.
Eu vo-lo escrevi, jovens:
vós sois fortes,
a palavra de Deus permanece em vós
e vós vencestes o Maligno.

Não ameis o mundo nem o que há no mundo. Se alguém ama o mundo, o amor do Pai não está nele. Pois tudo o que há no mundo - a concupiscência da carne, a concupiscência dos olhos e o estilo de vida orgulhoso - não vem do Pai, mas sim do mundo. Ora, o mundo passa e também as suas concupiscências, mas quem faz a vontade de Deus permanece para sempre.

 

Aleluia aleluia, aleluia

Alleluia, alleluia, alleluia.
Alleluia, alleluia, alleluia.
Alleluia, alleluia, alleluia.

Aleluia aleluia, aleluia

O apóstolo João, com uma solene tríplice alocução, dirige-se a todos os crentes. Chama-lhes "filhos" porque por ele gerados na fé, mas também "pais" porque, por sua vez, eles mesmos devem gerar novos crentes à Igreja e também "jovens", ou seja, fortes, porque conservando no coração a Palavra de Deus, derrotaram o poder do maligno. O apóstolo exorta os crentes a não amarem o mundo nem as coisas do mundo porque, assim fazendo, se afastam do amor de Deus. O mundo, na linguagem de João, não indica simplesmente a Criação mas a realidade terrena enquanto subjugada ao poder do maligno (Jo 12, 31) e, portanto, oposta ao Reino de Deus que é reino de amor, de justiça e de paz. Volta a ecoar aqui a oposição delineada por Jesus: "Ninguém pode servir a dois senhores; ou odiará a um e amará o outro, ou será fiel a um e desprezará o outro; não podeis servir a Deus e às riquezas" (Mt 6, 24). O crente está atento para não se deixar levar pelo poder do maligno que se insinua no coração através daquela concupiscência da carne que induz àquele que é escravo a fazer o mal. Também o apóstolo Paulo recorda-o aos cristãos de Roma: "Revesti-vos do Senhor Jesus Cristo, e não sigais os desejos dos instintos egoístas; porque os instintos egoístas têm desejos que estão contra o Espírito, e o Espírito contra os instintos egoístas" (Rm 13, 14). João exemplifica: a concupiscência da carne manifesta-se na "concupiscência dos olhos e na arrogância da riqueza". Portanto, quem se deixa guiar por esses instintos afasta-se de Deus e é arrastado pela decadência do mundo. Mas o mundo passa, recordam-no seja João seja Paulo: "A aparência deste mundo é passageira" (1Cor 7, 31), escreve Paulo aos Coríntios. Pelo contrário, quem cumpre a vontade de Deus "permanece em eterno", ou seja, fica no amor. O tempo do Natal que estamos a viver é um tempo oportuno para fazer crescer em nós aquele Menino: com Ele, permanecemos no amor e aceleraremos a plenitude do Reino de Deus.


30/12/2015
Oração do tempo do Natal


Calendário da semana
NOV
27
Domingo, 27 de Novembro
Liturgia dominical
NOV
28
Segunda-feira, 28 de Novembro
Oração pelos pobres
NOV
29
Terça-feira, 29 de Novembro
Oração com Maria, Mãe do Senhor
NOV
30
Quarta-feira, 30 de Novembro
Oração dos Apóstolos
DEZ
1
Quinta-feira, 1 de Dezembro
Oração pela Igreja
DEZ
2
Sexta-feira, 2 de Dezembro
Oração da Santa Cruz
DEZ
3
Sábado, 3 de Dezembro
Oração da vigília
DEZ
4
Domingo, 4 de Dezembro
Liturgia dominical

Per Natale, regala il Natale! Aiutaci a preparare un vero pranzo in famiglia per i nostri amici più poveri