Riccardi Andrea: na web

Riccardi Andrea: em redes sociais

change language
você está em: home - oraÇÃo - a oração cada dia newsletterlink

Support the Community

  

A oração cada dia


 
versão para impressão

Ícone do Rosto do Senhor
Igreja de Santo Egídio
Roma


Leitura da Palavra de Deus

Aleluia aleluia, aleluia

Todo o que vive e crê em mim
não morrerá jamais.

Aleluia aleluia, aleluia

I Reis 3,4-13

Foi por isso que o rei se dirigiu a Guibeon, para aí oferecer um sacrifício, uma vez que esse era o principal lugar alto; e ali Salomão ofereceu em holocausto mil vítimas. Em Guibeon o Senhor apareceu a Salomão em sonhos, durante a noite, e disse-lhe: «Pede! Que posso Eu dar-te?» Salomão respondeu: «Tu trataste o teu servo David, meu pai, com grande misericórdia, porque ele andou sempre na tua presença com lealdade, justiça e rectidão de coração para contigo; conservaste para com ele essa grande misericórdia, concedendo-lhe um filho que hoje está sentado no seu trono. Agora, Senhor, meu Deus, és Tu também que fazes reinar o teu servo em lugar de David, meu pai; mas eu não passo de um jovem inexperiente que não sabe ainda como governar. O teu servo encontra-se agora no meio do teu povo escolhido, um povo tão numeroso que ninguém o pode contar nem enumerar, por causa da sua multidão. Terás, pois, de conceder ao teu servo um coração cheio de entendimento para governar o teu povo, para discernir entre o bem e o mal. De outro modo, quem seria capaz de julgar o teu povo, um povo tão importante?» Esta oração de Salomão agradou ao Senhor, que lhe disse:
«Já que me pediste isso e não uma longa vida, nem riqueza, nem a morte dos teus inimigos, mas sim o discernimento para governar com rectidão,

vou proceder conforme as tuas palavras: dou-te um coração sábio e perspicaz, tão hábil que nunca existiu nem existirá jamais alguém como tu. Dou-te também o que nem sequer pediste: riquezas e glória, de tal modo que, durante a tua vida, não existirá rei que te seja igual.

 

Aleluia aleluia, aleluia

Se tu creres verás a glória de Deus
diz o Senhor.

Aleluia aleluia, aleluia

Um dia, Salomão foi ao santuário de Gabaon para oferecer sacrifícios e aqui recebe uma revelação nocturna em sonho: Deus exorta-o a pedir o que ele quiser. Salomão acha que é demasiado jovem para ser capaz de governar um grande povo e então, pede como dom a sabedoria: "ensina-me a ouvir, para que saiba governar o teu povo e discernir entre o bem e o mal; pois quem poderia governar este teu povo tão numeroso?". É bastante significativo que Salomão dirija ao Senhor esta oração. Todos devemos dirigi-la ao Senhor, para que possamos saber escolher entre o bem e o mal, mas ainda mais, devem fazê-la própria aqueles que são chamados a governar famílias, comunidades tanto religiosas como políticas, povos e nações. Nesta oração afigura-se aquela dimensão de humildade que é indispensável para não prevaricar sobre os outros e oprimi-los com a própria prepotência. A Deus agradou esta oração porque era um pedido dirigido não para o seu próprio bem-estar, mas para o bem-estar dos outros, isto é, para reconhecer e perseguir o bem comum de todos. É uma oração que manifesta o espírito com o qual quem tem responsabilidades deve enfrentá-las. E a resposta do Senhor - justamente por esta generosidade demonstrada por Salomão - vai muito além de quanto pedido. "Dar-te-ei - diz o Senhor a Salomão – mente sábia e inteligente, como ninguém teve antes de ti e ninguém terá depois. Dar-te-ei também o que não pediste: riqueza e fama, de modo que não haverá nenhum rei que te iguale, durante toda a tua vida". É a generosidade sem limites que o Senhor manifesta a quem se entrega a Ele. E vêm à cabeça as palavras de Jesus aos discípulos: "Buscai o Reino de Deus e a sua justiça, e Deus vos dará, em acréscimo, todas essas coisas" (Mt 6, 33). E acrescenta ainda: "E se andares nos meus caminhos e observares os meus estatutos e mandamentos, como fez o teu pai David, conceder-te-ei vida longa". Isto é, que a duração dos dias, ou se quisermos, a felicidade dos dias depende do facto de andarmos ou não no caminho do Senhor.


06/02/2016
Oração da vigília


Calendário da semana
DEZ
4
Domingo, 4 de Dezembro
Liturgia dominical
DEZ
5
Segunda-feira, 5 de Dezembro
Oração pelos doentes
DEZ
6
Terça-feira, 6 de Dezembro
Oração com Maria, Mãe do Senhor
DEZ
7
Quarta-feira, 7 de Dezembro
Oração com os santos
DEZ
8
Quinta-feira, 8 de Dezembro
Festa da Imaculada Conceição
DEZ
9
Sexta-feira, 9 de Dezembro
Oração da Santa Cruz
DEZ
10
Sábado, 10 de Dezembro
Oração da vigília
DEZ
11
Domingo, 11 de Dezembro
Liturgia dominical

Per Natale, regala il Natale! Aiutaci a preparare un vero pranzo in famiglia per i nostri amici più poveri